domingo, 20 de maio de 2018

Filosofia Pragmática

   Se eu já tenho 3 Blogs e uma Comunidade porque abrir um novo grupo no Face?

   Esse é o resumo de uma pergunta recorrente que me fazem atualmente.
  Praticamente tudo que faço tem lógica.
  Eu participava de fóruns de discussões, houve o tempo que isso era febre.
  Não sei bem porque foram minguando.
  O último dos moicanos foi o Grupo de Discussão do Terra.
  Com seu fim fui meio que forçado a criar um Blog.

  Usei a plataforma de Blogs do Terra que depois de dois anos foi ficando difícil de trabalhar.
  Por vezes nem eu que era o administrador do Blog conseguia entrar.

  Procurei a plataforma de Blogs de uma grande empresa.
  A Google disponibilizava o Blogger.
  Assim surgiu o Terapia da Lógica.  

  Eu já não conseguia entrar no Filosofia Matemática, foi fácil deduzir que todo aquele conteúdo sumiria da Internet, tinha muitas e boas meditações.
  As pressas fui transferindo todos os textos para plataforma Blogger, agora está passando por uma revisão mais criteriosa.

  A Google começou a fazer convites para desenvolver comunidades no G+.
  Achei conveniente me apropriar do nome Livre Pensamento antes que outro fizesse.

  Eu guardava comentários para transformar em textos depois.
  Acontece que comentários eu faço dezenas por dia, meu ânimo para publicar textos não é o mesmo, dá trabalho filtra-los para torna-los mais “entendíveis”.
  Para comentários importantes não ficarem aguardando em fila que só fazia aumentar, criei um Blog para analises rápidas de alguma notícia do momento.

  Apesar de gostar muito do G+ observei que houve um esvaziamento.
  Não sei porque, essas coisas são difíceis de entender.
  O fato é que eu recebia tantas notificações do G+ que sobrava pouco ou nenhum tempo para o Face.
  Isso se inverteu.
  As notificações do G+ diminuíram bastante sobrando tempo para o Face.
  Com mais tempo no Face as notificações dessa Rede Social aumentaram exponencialmente.

  O problema no Face é que me excluem de todos os grupos que me inscrevo.
  Só sobra aquele grupo de conhecidos e familiares.

  Por incrível que pareça os grupos de filosofia são os que mais me excluem.

  Já perdi as contas de quantos me expulsaram.
  O último foi semana passada: “Filosofia Moderna”
  Até grupo de ateus e religiosos são mais tolerantes que os grupos de filosofia.
  Dá pra acreditar!

  Me senti obrigado a criar um grupo de filosofia no Face onde eu não fosse expulso. 😄

   Assim surgiu o grupo Filosofia Pragmática.

  Quem quiser participar será um prazer.

 “Pragmático é aquilo que contem considerações de ordem prática, realista, sem rodeios, com alvo bem definido, sem subterfúgios.
   Ser pragmático é ser prático é ter objetivos definidos, é fugir do improviso. O pragmático se baseia na lógica, no conceito de que as ideias e atos só são verdadeiros se servirem para a solução imediata de seus problemas.
 O pragmatismo é uma doutrina filosófica que se baseia na verdade do valor prático. Uma pessoa pragmática é aquela que busca resolver seus problemas de maneira ágil, prática, que visa mais as soluções do que os obstáculos.”








.