sábado, 31 de março de 2012

Crianças Reféns

  “No Face foi postado a foto de um garoto com um cartaz pedindo que o Governador acertasse com os professores...”
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$ 
  Sei que falar coisas que não agradam a uma classe trabalhista é enrosco, ainda mais se tratando de professores [na minha família tem 3] para eles professor é a profissão mais importante do mundo. Evidente que não estou os criticando por isto, cada um tem que gostar da profissão que escolheu e valoriza-la o máximo possível, mas neste texto vamos deixar aquela ponta do iceberg de nossa mente de fora, tente ler este texto sem "pré "conceito, tente meditar com ISENÇÃO.
  Como já tem tanta gente que me detesta a antipatia dos professores não fará grande diferença então vamos para o enrosco...
  Eu acho a arte de ensinar muito linda, admiro um professor talentoso; o complicado é que penso  a mesma coisa  do enfermeiro , médico, pedreiro, engenheiro, mecânico, bombeiro, padeiro...

  Para eu o professor é apenas mais um profissional, importante como todos os outros, não é uma profissão pra ser santificada diante das outras.

  Das profissões que nossa sociedade mais se utiliza não tem nenhuma que eu considere mais importante de todas, tudo depende do momento, da situação.
  Se eu estiver com dor de dente o dentista é o cara.
  Se o ar condicionado pifar o mecânico de refrigeração é o cara.
  Se o freio do carro esta ruim o mecânico de freios é o cara.
==========================
  Vamos dar um tempo no mecânico de freios.
  Se ele esta insatisfeito com seu salário tem o direito de não arrumar eficientemente o freio do meu carro me deixando sujeito a acidentes? 
  Acredito que ninguém concordaria com este direito.
  Mas os mecânicos de freio estão muito chateados com as condições de trabalho e salário, no entanto gostam da profissão e não querem mudar, ou não gostam tanto assim, mas sabem que também não estão no pior dos mundos, em outras categorias a pressão é bem maior e o salário também não é o desejado, os mecânicos optam por uma greve geral.
  Bom, para dirigir carro você tem que ser maior de 18 anos então esta greve afetaria pessoas “adultas”.
  Para efeito de calculo tenhamos estas pessoas “adultas” como indivíduos com plena capacidade para se defender, tipo, o freio esta ruim a pessoa evita usar o carro, vai de ônibus, pede carona a um amigo, enfim, busca alternativas para se proteger.

  Agora pense naquele professor que defende o "direito" de  ensinar com pouca vontade usando como justificativa não estar satisfeito com o salário, você concorda com este direito?

  Agora pense naqueles que ficam meses de greve pelo mesmo motivo.
  Medite bem porque já não estamos falando de freios e sim de CRIANÇAS que irão ter uma falha educacional que poderá afeta-las para o resto de suas vidas.
  Da minha parte é como os professores irem a guerra levando nossas crianças como reféns, usando a Educação como objeto de barganha, usando nossos filhos como escudo.
  Sei lá! Não é decepcionante?
  Será que só eu espero mais BOM SENSO  e INTELIGÊNCIA de pessoas que se propõe a transmitir conhecimentos para minhas filhas!?
  Sim, porque os caras fazem estas longas greves com motivos questionáveis e quando não estão em greve confessam que não se dedicam muito porque o salário é insatisfatório e toda sociedade a minha volta bate palmas!
  Meditem muito, muito mesmo sobre isto!
  Claro que este texto vai continuar, mas a meditação neste momento é extremamente necessária. Sei que a lógica não alcança a mente das pessoas então meditem com SENTIMENTO.
I’ll be back!



anterior                       <>                                próximo
                                              

sexta-feira, 30 de março de 2012

POLITIKOS

   “O homem sábio não deve abster-se de participar no governo do Estado, pois é um delito renunciar a ser útil aos necessitados e uma covardia ceder o passo aos indignos.”
 [Epíteto]

 Encontro muita gente falando mal de política e políticos e encontro  poucas pessoas que sabem que “Pólis” é o mesmo que cidade e “politikos” é o mesmo que cidadão, pessoa nascida na Pólis.

  O interessante é que “Burgos” também a grosso modo é cidade e burguês é quem mora na cidade, logo burgueses são indivíduos que moram nos Burgos.
  Já contei aqui porque os moradores das cidades foram demonizados pelas Monarquias, Teocracias e Comunismo enquanto os “camponeses” foram santificados.

   Se eu tivesse alguma oportunidade de exercer um cargo político tentaria honrar esta nobre arte e se você tem esta oportunidade ao invés de ficar reclamando deveria se candidatar e tentar fazer a diferença “positiva”,  de gente indigna eleita já estamos cheios, vamos falar da maravilhosa arte que é a POLÍTICA, vem comigo!
===============================
 No Face foi postado a foto de um garoto com um cartaz pedindo que o Governador acertasse com os professores porque a mãe dele não tinha dinheiro para pagar escola particular. [Não consegui trazer a foto]
  Foram tantos textos gritando que minha mente parecia que iria explodir, vamos audaciosamente ir onde poucas mentes chegam.

  Porque como o pequeno garoto temos esta ilusão de que o Governador tem algum dinheiro?

  Porque temos esta certeza de que se o Governador não acerta com os professores é apenas por falta de vontade, incompetência ou até desvio de dinheiro para seu próprio bolso?
  Se o Governador decidisse hoje dar 100% de aumento a todos os professores, o que você acharia disto?

  “Maravilhoso, os professores merecem, até que enfim um bom Governador, agora só falta dar 100% para os funcionários da saúde e segurança publica.”
  “Viva o Governador!”


  Vou contar uma coisa para vocês.
  O Governador tem um salário razoável e tem algum dinheiro, mas o dinheiro do Estado NÃO É DELE!
  Eu gosto do zelador aqui do prédio, é gente fina, desejo um ótimo salário para ele, mas se minha esposa tirasse 100 reais da minha carteira para dar para ele... eu iria ficar com a cabeça quente, iria cheirar chifre queimado...

  Da mesma forma o dinheiro que o Estado dispõe é de todos os cidadãos que pagam impostos, o Governador não pode ir metendo a mão na nossa carteira e gastar a bel prazer.

  Aqui em SP o Governador é o Geraldo e mesmo que eu não tivesse votado nele eu tenho comigo que elegemos um Governador acreditando que ele possa ser um bom administrador dos recursos públicos, um bom administrador do dinheiro arrecadado com impostos.
  Oras, antes de festejar este Governador maravilhoso que sai por aí dando aumentos de 100% para todo mundo, quero saber se há dinheiro para isto.
  Sim, porque a única intenção do Governador pode ser se candidatar a Presidência e por isto faz uma gestão populista e o futuro do Estado e o meu dinheiro que explodam!
  Gente, gente, gente... não somos mais garotos.
  Temos que nos interessar pelas finanças do Estado, fiscalizar como o dinheiro dos nossos impostos são gastos.
  Não é o Governador que paga os salários dos professores, ele só assina a papelada, ele só esta lá porque NÓS colocamos ele lá, para cuidar do nosso dinheiro, dos nosso interesses, em nenhum momento demos o Estado para o Geraldo.
  Quem acerta com os professores é toda sociedade, somos nós que decidimos quanto estamos dispostos ou podemos pagar aos professores.

  Se você prefere gastar dinheiro com Copa, Olimpíadas, Trem Bala, Comissão da Verdade, elegendo políticos que você já sabe  que são corruptos ou não tem competência para o cargo... explique isto para o garotinho que segura o cartaz porque eu NÃO CONSIGO!



anterior                                           <>                                                próximo
                                                                             

quinta-feira, 29 de março de 2012

Inspiração Materialista

  “Para Marx não existe o indivíduo formado fora das relações sociais, como o querem Hegel, Feuerbach, Schopenhauer, Kierkegaard e outros tantos. Para ele “A essência humana é o conjunto das relações sociais” [Fragmentos de Filosofia]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Eu já contei esta historia aqui, mas vale a pena repetir.
  Minha esposa é destas mães modernas que interagem muito com seus bebes então logo cedo já surgem aquelas birrinhas e medição de forças.
  A criança já aprendeu a andar e corre da mãe, a mãe chama, ela não vem e corre mais longe, enfim, aquela cena tão comum que todos conhecemos.
  Em uma dessas medições de força minha filha Aléxia ficou com birrinha com minha esposa, eu perguntei se a mamãe estava sendo má com meu bebe eu poderia bater na mamãe.
  Você quer que eu bata na mamãe?
  Ela agiu como eu esperava que agisse, ela disse que não.
  Então se a mamãe é legal, obedece a mamãe e para de birrinha.
  O tempo passou e quando minha filha mais nova Ellen atingiu os mesmos 2 ou 3 anos uma situação semelhante se repetiu.
  Eu disse: Você quer que papai bata na mamãe má?
  Ela acenou com a cabeça dizendo que sim!
  Eu pensei que ela não tinha entendido a pergunta, repeti a mesma pergunta e ela disse quero!
  Minha esposa ficou p da vida...HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!
  O interessante é que horas depois de ocorrido este fato minha filha Ellen me procurou para saber se eu já havia batido na mamãe.
  Eu a peguei no colo e lhe disse que não devemos bater nas pessoas.
  Papai não bate em você porque papai iria bater na mamãe? Você não gosta da mamãe?
  “Gosto muito, eu amo a mamãe!”
  Então porque você quer que eu bata na mamãe?
  “Humm... não quero mais não!”
==============================
  Minha filha Ellen completou 9 anos e garanto que é muito amorosa, carinhosa mesmo, tão ou mais amorosa que a filha Aléxia.
  Mas não é interessante que duas crianças com criação praticamente idênticas em uma fase de suas vidas tenham reações tão opostas  em se tratando de um ato de violência?

  Por tudo que já observei na vida Freud e Marx estão equivocados, não nascemos uma folha em branco.

  Espero que não, mas desconfio que para filha E casar com um homem mais agressivo seria aceitável já para filha A não seria.
  Não vou entrar em detalhes, mas no meu contato com a E uso meus conhecimentos para tentar influencia-la em não admitir ser agredia por um homem, tudo é muito sutil, a manipulação exige maestria.
  É o meio tentando influenciar a essência, espero que eu consiga.
  Nestas horas eu até gostaria que as teorias de Freud e Marx estivessem certas, seria tudo muito mais fácil.
  Filhos criados por pais honestos e pacíficos em uma comunidade honesta e pacifica seriam honestos e pacíficos.
  Qualquer comunidade que não obedecesse um padrão pré determinado de conduta seria ocupada pelo exército que imporia regras rígidas de disciplina principalmente direcionada as crianças.
  É sobre a inspiração do Materialismo Dialético que Comunistas quando chegam ao poder querem alterar os livros de historia, o objetivo é que a “folha em branco” [a criança] conheça a “verdadeira” historia da pátria, e claro, totalmente idolatrando qualquer movimento marxista.
  Vejam o caso de Cesare Battisti, a “comissão da verdade de Lula” decidiu que Cesare é um perseguido político, esta é a verdadeira historia e não se fala mais nisto. 
  Se o PT puder escrever um livro de Historia sobre Cesare ele será alguém que lutou pela Liberdade e Democracia na Itália. 
  Em breve terá direito a algum tipo de aposentadoria, ainda mais com padrinhos políticos tão poderosos, e todos nós garantiremos uma vida pacata e tranquila ao nosso grande herói multinacional.
  Já aqueles boxeadores Cubanos que pediram asilo no Brasil foram despachados rapidamente de volta para Cuba porque...eu não sei porque, tenho que ler a historia verdadeira que um dias os marxistas irão escrever.
  O interessante no caso dos boxeadores é que apesar de desde criança eles serem bombardeados com ideais Marxistas e como esportistas gozarem de uma vida um pouco melhorzinha em Cuba não hesitaram em fugir do regime na primeira real oportunidade que tiveram o que nos faz andar em círculos voltando sempre no mesma base de sustentação:

  Claro que somos influenciados pelo meio, mas nossa essência já nasce com nós.

  Se ela é fruto de um acaso genético ou planejada por espíritos fica para outro texto.
  Apenas defendo que em uma queda de braço é o conjunto de essências que moldam o meio
  O grau médio de BOM SENSO e INTELIGÊNCIA de um povo é o que define o estado de civilidade ou barbárie que ele vive.



anterior                                           <>                                                próximo
                                                                         

quarta-feira, 28 de março de 2012

Materialismo Dialético

  “Para Marx não existe o indivíduo formado fora das relações sociais, como o querem Hegel, Feuerbach, Schopenhauer, Kierkegaard e outros tantos. Para ele “A essência humana é o conjunto das relações sociais”. [Fragmentos de Filosofia]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  “A essência humana é o conjunto de relações sociais.”
  Quando leio certas reportagens cientificas fico em duvida se nossa essência esta em nosso cérebro biológico.
   Me preocupa que educadores baseados nestas pesquisas comecem olhar nossas crianças apenas como maquinas biológicas e desenvolver sistemas educacionais baseados nestas teorias.
  Em uma dessas reportagens apresentadas na Veja é dito que depois de ressonâncias magnéticas analisando o funcionamento do cérebro das crianças chegaram a conclusão que até os 8 anos elas só aprendem com elogios e não registram broncas.
  Olha, podem me chamar de petulante e imbecil, mas não sei como os caras gastaram tanto tempo e recursos para chegar a conclusões tão NÃO observáveis.
  É como se depois de muitos estudos e pesquisas os caras chegassem a conclusão que a Terra é quadrada!
  Me usando como cobaia digo que minhas memórias mais antigas  são duas e eu tinha por volta de 2 anos.
  A primeira foi que minha mãe colocou água na bacia para me dar banho, mas ficou conversando com meu pai. 
  Eu não sabia desabotoar a camisa então entrei na bacia com roupa e tudo, minha mãe não ficou brava e também não me elogiou, só deu aquele olhar de “olha a bagunça que você fez.”
  A outra memória antiga foi quando prendi o pé na roda da bicicleta do meu tio Jorge, vixe, como faz tempo! Tô véio mesmo.
  Quando eu tinha 2 anos não levava bronca por motivos óbvios, eu era muito fofinho...HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!
  Só um débil mental ou espiritual toma uma atitude mais enérgica com uma criança de 2 anos.
  Mas eu percebia tristeza, decepção, alegria, brigas, brincadeiras, enfim, tinha uma boa percepção principalmente de sentimentos por desconhecer o significado de muitas palavras.
  Depois mais grandinho eu já entendia as broncas bem antes dos 8 anos, minha mãe batia muito fácil na gente. 
  Meu pai batia menos que minha mãe não porque fosse mais calmo, mas porque sua agressão era muito mais dolorida então tínhamos muito, medo era melhor não provocar o homem.
==============================
  O tempo passou, sou pai e convivo intensamente com minhas filhas desde que nasceram, já tiveram crises de choro por ouvir alguma coisa que não gostaram.
  Certa vez minha filha estava com uns 2 anos e a chamei de zé breguela.
  “Vem cá arrumar esta calça zé breguela.”
  Ela nem sabia o que era isto [que afinal não é nada mesmo], mas ela intuiu que não era uma coisa boa e naquela voz bem infantil resmungou, me deu carcada!
  “Num xô zébeguela não!

  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAH!
  Sei lá, será que eu e minhas filhas somos algum tipo de aberração cientifica?
  E você que conviveu ou convive com crianças menores de 8 anos.
  Tem “FÉ” nestas conclusões cientificas?
  “Decifra-me ou te Devoro!”


anterior                                           <>                                                próximo

                                                          

terça-feira, 27 de março de 2012

É só Água

  “A leitura após certa idade distrai excessivamente o espírito humano das suas reflexões criadoras. Todo o homem que lê demais e usa o cérebro de menos adquire a preguiça de pensar.” [Einstein]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Este habito das pessoas entrarem no mundo do escritor sem em nenhum momento olha-lo de fora confesso que algumas vezes me divirto com isso nas outras me pergunto como é que pode!?
  É evidente que se você vai ler um conto, um romance, ser transportado para o mundo que o autor esta propondo é indispensável para sua diversão, é preciso sentir a historia.
  Em se tratando de livros que pretendem passar uma mensagem ou discutir um assunto, uma situação, nem que seja uma ponta do iceberg de nossa mente deve ficar de fora.

  Minha diversão vem justamente do indivíduo em nenhum momento analisar a proposta do autor com isenção.

  O indivíduo vem com todo aquele discurso pronto, que na realidade ele não pensou, apenas como um papagaio esta repetindo o pensamento do autor, eu coloco uma pequenina pedra no caminho e o castelo desmorona, a cara de pastel da pessoa é hilária...HAHAHAHAHAHAHA!
  Eu tenho dezenas de casos para contar, deixa ver o primeiro que vem em minha mente...
  Estava em um grupo de pessoas esperando por um treinamento que iria acontecer.
  Um colega que leu um livro de auto ajuda estava falando que só valorizamos uma coisa quando lutamos para obte-la.
  Eu estava quieto no meu canto, mas como ele sabia que gosto de Filosofia resolveu me cutucar: “Não é verdade William?”

  Sei Lá! Eu gosto e valorizo as coisas fáceis, quem não valoriza o fácil deve ter algum problema mental e deveria se empenhar em corrigi-lo.
  Você precisa de um carro, ganha em um sorteio, vai ficar triste com isto? Não irá valorizar? 
  Porque precisa financiar o veiculo em 36 meses e pagar juros para valorizar o automóvel?
  Eu observo que há muitas pessoas que valorizam o difícil, sentem um certo prazer no sofrimento. 
  Porque isto lhes da prazer o culto ao sofrimento se transforma  em acerto?

  Meu colega ficou lá com cara de pastel sem conseguir dizer nada, o que ele decorou no livro não tinha respostas para meus questionamentos.
  Então apenas repetiu o pensamento do autor que para valorizarmos as coisas temos que conquista-las, este procedimento é o mais "certo". 
 Temos sempre que lutar para conquistar as coisas e até pessoas.
========================
  Eu não vou ficar  aqui determinando o que é mais certo ou menos certo, mais errado ou menos errado, vou falar do que acho ESTRANHO.
  Se eu me caso é desejável que consiga uma casa e ela pode ser conseguida com um financiamento bem longo, com muito trabalho, nesta situação claro que vou valorizar minha casa, meu lar conseguido com tanto esforço.
  Suponhamos que o pai de minha noiva é um homem de posses e resolve nos dar uma casa de presente, de qualquer forma estarei em meu lar, porque não devo valoriza-lo?
  Acho estranho não valorizar meu lar porque ele veio fácil, sem luta, “apenas” foi um presente de amor de um pai para sua filha que espera que eu a faça muito feliz, resolveu até nos dar uma forcinha.

  Percebem que é um momento de tanto amor, tanta ternura, tanto afeto que não sei como alguém pode ver algum problema nisto! 

  Se eu não valorizar um gesto deste, filosoficamente o problema esta em mim!
  Aquela parte da minha mente que olha o mundo do autor do lado de fora não entende porque o sofrimento tem que necessariamente fazer parte da equação.

  Entendo que pensar possa dar alguma preguiça, mas já que esta tão disposto para sofrer porque não usar esta disposição para pensar?

   Lutar dá muito trabalho, pensar me parece um negócio melhor, sobra mais tempo para o ócio, já falei de como sou preguiçoso.
  Sei que a mente de muitas pessoas esta confusa, então vou continuar um pouco mais com este texto que por mim poderia terminar aqui.
===========================
  Para entender as situações aqui no Abismo é indispensável que sua mente se desdobre em 3D, comece a observar PLANOS DE PENSAMENTO  e não se limitar a LINHAS DE PENSAMENTO.
 No pensamento linear do autor do livro de auto ajuda e que meu colega repetiu como papagaio ele caminhou pela linha de raciocínio da “oferta e procura”, onde quanto mais difícil de conseguir um produto e quanto mais alta a sua procura mais ele é valorizado “monetariamente”.
  Em um texto anterior eu disse que o “capital” em certos planos de pensamento é sua “evolução mental”, sua capacidade de viver civilizadamente, de se harmonizar com o todo, vamos voltar por alguns momentos a este plano de pensamento, saiamos da linha de raciocínio oferta e procura e vamos para o plano de pensamento “valor das coisas”, esqueça dinheiro, linha de produção, raridade do objeto...
  Moramos em um país com abundância de água então muitas pessoas a desperdiçam, por ser “fácil”, não dão um grande valor.

  Para alguém com uma boa evolução mental, alguém civilizado, a água tem um valor em si, é o liquido mais precioso do planeta para nossa forma de vida.

  Já escrevi varias vezes, que as pessoas riem ou me acham maluco quando me pedem para falar sobre algo lindo e eu digo: “Abrir a torneira e ver água potável sair.”
  É uma tecnologia humana magnifica e um liquido de valor incalculável. O ouro e o diamante são também magníficos, mas não me causam o mesmo encantamento.
  Eu não desperdiço a água e embora eu tenha acesso fácil a ela, não tem liquido que eu valorize mais. 
  Um Filosofo que não valoriza o fácil e abundante só porque é fácil e abundante... é ESTRANHO!


anterior                                           <>                                                próximo
                                                                          



segunda-feira, 26 de março de 2012

Filhos e Pais

  “Nas desgraças há que se lembrar do estado de conformidade com que olhamos as alheias.” [Epíteto]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  No GD Religião li um “conto da carochinha” onde influenciado por opiniões alheias um homem mata uma raposa que havia acabado de salvar seu filho do ataque de uma cobra.

  A moral da historia é que devemos confiar em uma pessoa independente do que falam dela.

  Este é um conselho que um Filosofo não deve seguir, a moral de um conto da carochinha não é confiável e ignorar informações e observações não é próprio de um filosofo.
  No mesmo dia passeando no Face colocaram lá uma historinha em quadrinhos onde uma garotinha que dança Funk e a mãe não a proíbe acaba ficando gravida na adolescência.
  A moral da historia é que a mãe que não controla o tipo de dança ou roupa que a garota usa é culpada da gravidez na adolescência, ou pelo menos não pode reclamar quando isso acontecer.
  Afinal crianças são folhas em branco e qualquer coisa desagradável que aconteça na adolescência é diretamente culpa dos pais, a historia em quadrinhos não mente...HAHAHAHAHAHAHAHAHAAH!
  Lá no GD Religião eu comentei que se pessoas me informam que um colega é caloteiro se eu emprestar dinheiro para o cara será bem pouco para não correr grande risco, já vi  muita gente ter o nome no SERASA porque foi ser legal com amigos e parentes que  já se sabia que não eram bons pagadores.
  No Face eu postei a noticia de um pastor que estuprou uma menina que possivelmente nunca tinha dançado Funck. 
  A desgraça da menina e sua família foi olhada com certa conformidade [nenhum comentário], já a historia em quadrinhos foi uma “curtição” com comentários de apoio, “é isto mesmo, a mãe é culpada.”
=========================
  O que quero dizer é que não entendo porque historinhas inventadas por vezes tem mais peso que FATOS  reais!
  As pessoas, por exemplo, deixam parábolas guiarem suas vidas ignorando toda realidade que se apresenta a sua volta.
  Lembrei do sucesso que fez o Axé Music há uns tempos atrás, conheci inúmeras garotas que se divertiram dançando “na boquinha da garrafa” e nem por isto deixaram de ser moças ajuizadas.
  Tá, não sei se existe uma pesquisa, mas provavelmente o índice de gravidez na adolescência deve ser bem maior no meio Funck que no Evangélico.
  O complicado é que já vi pais bem rigorosos não terem força para impedir suas filhas e filhos de irem para balada, não conseguiram escrever o que queriam na “folha em branco”.
  Tem muito evangélico por aí que acabando o culto dá uma fugidinha para casas noturnas.
  Já vi filhos de família católica virarem protestantes fervorosos.
  Para citar o caso de alguém conhecido lembrei do Silvio Santos que é Judeu e sua esposa e algumas filhas são evangélicas.

  Crianças não são folhas em branco, se sua filha tem um espirito "festivo" não sei até que ponto força-la a uma vida recatada será bom para seu relacionamento com ela.

  Da mesma forma se ela é recatada não adianta ficar a arrastando para festas.
  Isto não é conto da carochinha, não é historia em quadrinhos, é a vida como ela é.
  Todos devem conhecer historias de filhos que se afastam muito de seus pais devido uma “total” incompatibilidade de gênios o que eu observo é que muitas vezes esta tal incompatibilidade nem é tão grande assim, acontece que um acha que tem o PODER de mudar a personalidade do outro.
  Atualmente sei de uma amiga que sofre muito com a distancia de sua filha que decidiu ir morar com o pai, o que aconteceu?
  Ela tentou exercer o seu poder de mãe querendo moldar a personalidade de sua filha, sua filha tinha para onde escapar e...escapou. 
  Torço para que tudo fique bem, tenho dado conselhos a minha amiga e sei que ela entende, o difícil é conseguir colocar em pratica...
  Já os filhos incorporaram as teorias Freudianas/Marxistas, porque é muito confortável encontrar alguém para por a culpa caso as coisas não saiam como sonhamos.

  “Você culpa seus pais por tudo, isso é absurdo. São crianças como você. O que você vai ser quando você crescer?”

  Sim senhoras e senhores, é preciso amar as pessoas hoje porque o amanhã pode não acontecer, mas precisamos crescer.
   Adultos aprendem que até o amor deve ser conduzido pela razão, a vida fica bem melhor assim.


anterior                                           <>                                                próximo
                                                                             

domingo, 25 de março de 2012

Todos Iguais

 “É impossível para um homem aprender aquilo que ele acha que já sabe.” [Epíteto]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Eu não sei como é o Céu, vamos divagar sobre isso usando como base o que esta na Bíblia.
  Na Bíblia tem diferentes tipos de anjos, tanto que alguns caíram.
  Na aparição para Maria vemos um Gabriel magnifico, já na historia de Sodoma e Gomorra vemos anjos tão frágeis que poderiam ter sido sodomizados se Ló não tivesse oferecido suas filhas no lugar deles.
  Temos o Pai, o Filho e o Espirito Santo e se existe uma unidade na ação na decisão isso não acontece, observamos uma hierarquia.
  O Espirito Santo parece ser um pouco abaixo de Jesus e este um pouco abaixo de Deus.
  E acabamos de ler sobre o galardão diferenciando as almas humanas no Céu.
  Me veio a mente agora um causo contado em vários sermões em vários cultos que participei como ouvinte, acredito que todos já ouviram em algum momento.
~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~--
  Um homem importante aqui na Terra morreu e como era um bom homem foi recebido no Céu.
  Um anjo foi o conduzindo pelo Céu e aquele homem viu edificações maravilhosas, estava encantado e ficava imaginando qual seria a dele.
  Viu seu jardineiro que havia morrido há alguns anos e ele estava em uma mansão esplendorosa no que ele logo pensou:
  “Se meu jardineiro esta em uma residência fantástica desta mal posso esperar para chegar na minha.”
  O anjo o deixou de frente a uma casa mal acabada com muita coisa por fazer.
  Surpreso o homem perguntou ao anjo se não estava ocorrendo algum engano ao que o anjo respondeu:
  “Aqui no Céu não há enganos, cada boa obra feita de bom coração na Terra um tijolinho da casa surge aqui no céu, seu jardineiro fez muitas boas obras deu para construir aquela enorme mansão, já você não nos mandou muitos tijolos.”
-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~---
  Os ouvintes saem maravilhados com o sermão e seguros da necessidade de praticar boas obras com “bom coração”, não PENSAM melhor sobre a historia contada, não meditam sobre ela e suas implicações.
  Como aqui não estamos em um culto façamos o que os crentes não fazem...meditemos sobre o causo contado.
  Se no Céu há uma diferenciação então há uma competição para morar em um lugar melhor e se esta melhora não for possível ocorrerá uma frustração em relação a quem mora em um lugar melhor, o homem do conto ficou decepcionado.
  Assim como aconteceu com os anjos que se rebelaram, esta massa de homens frustrados mais cedo ou mais tarde se rebelará também.
  A não ser que Deus lhes apresente alguma forma, algum trabalho que possam realizar a fim de conseguirem uma situação melhor, talvez ajudando alguém espiritualmente aqui na Terra como pregam muitas religiões, mas não vamos entrar por esta brecha...

  O importante é que chegamos a este plano de pensamento onde nem no Céu a vida é estática, sem novidades, nem lá SOMOS TODOS IGUAIS.

  Lá as regras devem ser melhor definidas, a lógica é mais observada, o “capital” é uma espécie de “evolução mental” e não uma capacidade financeira como ocorre aqui na Terra.
  Me parece que aqui na Terra [entre outras coisas] somos treinados para respeitar as DIFERENÇAS, tentarmos viver bem apesar delas e não elimina-las, pois isto aparentemente é impossível.
  Sei, sei, você deve estar pensando que é ilógico harmonizar desiguais, para ocorrer a harmonia todos temos que ser iguais.
  Este é um pensamento linear, nossa mente foi criada para funcionar em 3D.
  Pense no carro ou no corpo humano, são peças desiguais trabalhando em harmonia só assim  o sistema pode FUNCIONAR.


  Um ótimo Domingo a todos! Sei que você é e pensa diferente de mim, mas acredite, te desejo muita paz, muita HARMONIA!


  Vida longa e próspera assim na Terra como no Céu... AMÉM?



anterior                                           <>                                                próximo
                                                                   

sábado, 24 de março de 2012

O Galardão

  “É impossível para um homem aprender aquilo que ele acha que já sabe.” [Epíteto]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Dá mesma forma é impossível um homem aprender aquilo que ele acha que não tem condições de entender e portanto nem pensa sobre o enigma em questão.
 Eu estava debatendo no Blog Sombra do Onipotente e fui lembrado que cada um receberá seu galardão de acordo com sua Fé ou obra. 
  Lá não deu para prosseguir o debate porque ela disse a frase magica que me faz desistir de debater com qualquer crente.
  “Nossa inteligência não tem capacidade para entender os mistérios de Deus.”
  Enquanto o crente vai conseguindo defender o que esta escrito no livro sagrado, nem que seja dando uma “ajeitadinha”, ele fala e escreve com aquele ar professoral. 
  Quando já não consegue mais defender o que esta escrito no livro nos convida a parar de pensar junto com ele.
  Isso de parar de pensar por si só já é ruim, mas fica pior porque ele sugere que esqueçamos até as conclusões que já havíamos chegado. Passar uma borracha e apagar tudo.

   Ora, o que planta e o que rega são um; mas cada um receberá o seu galardão segundo o seu trabalho. 1 Cor 3:8

  Quem recebe um profeta em qualidade de profeta, receberá galardão de profeta; e quem recebe um justo na qualidade de justo, receberá galardão de justo. Mateus 10:41

  Guardai-vos de fazer a vossa esmola diante dos homens, para serdes vistos por eles; aliás, não tereis galardão junto de vosso Pai, que está nos céus. Mateus 6:1

  A historia do galardão nos diz que no Céu há uma diferenciação entre as pessoas, esta conclusão é obvia, não é um mistério de Deus.
  Se cada um recebe no Céu benefícios segundo suas obras então é óbvio que alguns se encontrarão em situação melhor, não há porque passar a borracha nesta conclusão.
  A partir desta conclusão podemos caminhar por muitas brechas, vou seguir pela primeira que vem em minha mente, vamos flutuar pelo Abismo!
=========================
  Lembrei de um texto muito antigo onde eu dizia que para o Comunismo dar certo as pessoas não poderiam ser muito diferentes na capacidade de fazer coisas e sentir.
  Todos deveríamos ser caridosos e fraternos em uma medida muito próxima.
  Todos deveríamos ter uma consciência social muito desenvolvida, todos deveriam serem capazes de aprender bem qualquer profissão que a sociedade precisasse.
  Quero dizer que com estudo e dedicação eu poderia ser um médico, engenheiro, advogado, padeiro.... fazer tudo com igual qualidade. 
  Isto é baseado no “materialismo dialético” de Marx onde [assim como também pregava Freud] o homem é fruto do meio social em que vive e pode ser moldado por ele, depois escrevo um texto sobre isto...
  O respeito a justiça,  o respeito a vida, a  honestidade deveria ser “comum a todos.”
  Para o Comunismo funcionar uma boa evolução espiritual ou mental [como preferirem] deve ser comum aos habitantes de um país ou região.
  Todos devem ser iguais ou muito próximos no bom caráter.
  Não tendo esta fraternidade em comum fica muito difícil o Comunismo dar certo, sempre um grupo [O partidão] acumulará privilégios ditatoriais.
  Não gosto de usar certas palavras em meus textos, mas aqui na Terra, todo povo de um país nascer bom e permanecer assim, vivendo em função do bem da coletividade é IMPOSSÍVEL.
  Lá no Céu, depois de uma seleção rigorosa só chegariam excelentes almas, logo no céu o Comunismo seria possível, até porque o Líder Supremo seria o bom  e perfeito Deus.
  Eu dizia que na Terra só é possível funcionar o Capitalismo devido a diversidade de personalidades. 
  Pela igualdade e qualidade das almas que irão para o Céu ali o Comunismo existiria e funcionaria.
  Mas com esta historia do galardão entendo que no Céu não seremos todos iguais, estaremos divididos por classes, logo o Comunismo não é possível nem no céu!!!
  Meu amigo Spock diria fascinante!
  To be continued...



anterior                                           <>                                                próximo
                                                      
                                                
                                        

sexta-feira, 23 de março de 2012

Crença X Medo da Morte

   “Se um milagre nos desse a vida eterna a civilização tal qual a conhecemos estaria irremediavelmente destruída.
  Grande parte do que fazemos é com base na esperança de vencer a morte.
   O que faríamos se não fosse mais preciso rezar, criar arte nem fazer pesquisas cientifica?”
  [Sthepen Cave / Veja]

  Caraca! Se fossemos eternos nossa civilização seria diferente?
  Se o cara não fala... 
  Porque deixaríamos de criar arte ou fazer pesquisas cientificas? Com o fim da morte não iríamos mais apreciar uma bela pintura ou não desenvolveríamos maquinas para tornar a vida mais fácil!?
   Mas vamos focar no “rezar”, inúmeros pensadores defendem que criamos Deus em nossa mente devido ao medo da morte.
  Eu defendo que nossa crença em espíritos vem de observarmos a subversão da lógica, parece haver INTERFERÊNCIAS alterando uma seqüência natural de eventos.
  Mas o que eu penso qualquer um que frequenta este Blog esta careca de saber, vamos meditar sobre o que os outros pensadores sugerem.

    Se você tivesse neste momento absoluta certeza que a morte é o fim, que você é apenas uma máquina biológica e que espíritos e suas extensões não existem o que mudaria em sua vida?

  Pense um pouco sobre isto antes de prosseguir o texto.




  Seu medo da morte deixaria de existir ou você desejaria morrer? 
  Acredito que seu medo de morrer continuaria, não iria cometer suicídio, não faz sentido se desesperar e diminuir seu tempo de vida.
  Deixaria de gostar dos seus amigos? Penso que não.
  Sairia por aí matando e roubando? Se você não tem esta índole de fazer mal as pessoas acredito que iria respeitar a vida e trabalhar como faz hoje.
  Olhe bem para dentro de você  busque o que esta sentindo.
  Estou respondendo o que aconteceria comigo e penso que com você não seria muito diferente.
  Se tivéssemos certeza que não existe nada depois da morte nossa vida não mudaria grande coisa.
  Quem vai muito a igreja deixaria de orar para alguém que não existe, não iria mais a igreja e o que ela faria?
  Faria mais coisas que ela já faz quando não esta na igreja, usaria este tempo para ouvir musica, assistir TV, conversar com amigos, arrumar a casa...
  Percebem que não seria o fim do mundo?


  Não consta que nenhum outro animal na Terra além do homem seja religioso e no entanto todos eles seguem suas vidas até morrer.

  A falta de religiosidade não seria o fim da vida em sociedade porque inúmeros mamíferos vivem deste jeito, organizados em grupos, com o homem não seria diferente, já vivíamos em grupo antes de sermos religiosos.
  Eu convivo e convivi com inúmeras pessoas que não frequentam igrejas, até falam que acreditam em Deus, mas raramente fazem uma oração, são boas pessoas, cumpridoras de suas funções, são tão decentes quanto qualquer crente fanático.
  Tive contato com ateus e também não tenho como dizer que são pessoas desprezíveis, são até bastante agradáveis porque não são tão moralistas, não tem assunto proibido.
  Então esta historia que criamos a crença em espíritos por medo da morte não é observável, não se sustenta.
  Quero dizer que a humanidade não tem e não tinha necessidade de se pendurar em um apoio mental chamado Deus, mas se o apoio apareceu ela fez proveito.

  
  Eu sempre digo que os Sapiens não inventaram a existência de espíritos, foram apenas inteligentes o bastante para os perceberem.


   Neste contato obtiveram alguns resultados como proteção e instrução.
  Uma mentira, uma ilusão não alcançaria a tantos por tanto tempo, matematicamente é improvável.
  Eu acreditar que posso voar não me fará voar, se eu pular pela janela irei me esborrachar no chão.
  Eu acreditar que um espirito me protege não me fará ser protegido caso espíritos não existam.
  Mais uma vez ficamos diante daquela situação que eu comento tanto.
  Os religiosos seriam muito inferiores aos não religiosos.
  Imagine dois exércitos um tem a ilusão que esta com um colete a prova de balas e se arrisca muito mais.
  O outro exército sabe que não tem proteção nenhuma então corre menos riscos.
  A ousadia pode fazer o imprudente exército religioso ganhar uma ou outra batalha, mas o exército ateu muito mais prudente, muito mais ciente de suas limitações ganharia a maioria das batalhas, venceria facilmente a batalha ideológica.



União Soviética

  A URSS desde 1922 tornou-se um Estado ateísta.
  Em 1934, 28% das igrejas ortodoxas cristãs, 42% das mesquitas muçulmanas e 52% das sinagogas judaicas foram fechadas na URSS.
  O ateísmo na URSS era baseado na ideologia marxista-leninista.
  Tal como o fundador do Estado soviético, Lenin falou o seguinte sobre a URSS e as religiões:

 “A religião é o ópio do povo
  Este ditado de Marx é a pedra angular de toda a ideologia do marxismo sobre religião.
  Todas as modernas religiões e igrejas, todos (…) os tipos de organizações religiosas são sempre considerados pelo marxismo como órgãos de reação burguesa, usados para a proteção da exploração e o assombro da classe trabalhadora. “

   O Marxismo-leninismo tem defendido firmemente o controle, repressão, e, em última análise, a eliminação das crenças religiosas.
  Dentro de cerca de um ano da revolução do estado expropriou todos os bens da Igreja, incluindo as próprias igrejas, e no período de 1922 a 1926, 28 bispos Ortodoxos Russos e mais de 1.200 sacerdotes foram mortos (um número muito maior foi objeto de perseguição).

 [Wikipédia]


  Percebem que na história da humanidade, antes do Sapiens passamos a maior parte de nossa existência sem reconhecer a existência de espíritos e mesmo a percepção de espíritos pelos Sapiens é algo “aparentemente” recente e coincidiu com uma grande explosão tecnológica?
  Na história moderna as nações que pretendiam o ateísmo deveriam ser hoje o ápice da evolução mental e tecnológica humana e mais uma vez isto não ocorreu.


  Para eu fica bem claro que nossa crença em espíritos não é fruto de uma ilusão, mas de uma PERCEPÇÃO.



anterior                                           <>                                                próximo
                                                                       

quinta-feira, 22 de março de 2012

Peça a Nota Fiscal

    “O pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, disse que a briga entre Macedo e Valdemiro expõe “ao ridículo os pastores e as igrejas evangélicas”.
  Ele estranhou Macedo ter-se utilizado de “reportagens tendenciosas” para denegrir Valdemiro, em um expediente do qual o próprio líder da Universal já tinha sido vítima nos anos 90 por parte da Rede Globo.
  Para Malafaia, os dois pastores são “farinha do mesmo saco”.
 "[É] o sujo falando do mal lavado”.
  [Blog Paulo Lopes]



  Por estes dias estava no Blog do Paulo Lopes e um participante insinuou que um cientista que não é ético não deveria ser chamado de cientista.
  Nos anos 50 com autorização de alguns padres foram retirados os testículos de alguns garotos com o objetivo de evitar o comportamento homossexual
  Foi uma experiência cientifica terrível, mas foi uma experiência cientifica, até onde sabemos ela não atingiu o resultado pretendido e deixou de ser feita.
  Não é sobre isto que quero falar então não irei me estender, usei só para traçar um paralelo.

  Uma experiência cientifica pode ser ética ou não ética, isto não muda o fato dela ser uma experimentação.

  Limpe sua mente vamos para uma Filosofia Complexa.
  Um pastor que não é ético deixa de ser pastor, não deveria ser chamado de pastor?
  Na igreja Católica uma vez que o indivíduo foi ordenado padre ele sempre será padre mesmo que por alguma falta seja impedido de celebrar missas.
  Se o Valdemiro atingiu a situação de pastor então esta situação não será mudada, quanto a ele deixar de dirigir um culto ele é a autoridade máxima em sua igreja não é de se esperar que ele irá se impor esta sanção.
  Se houver qualquer infração legal dele ou de seus subordinados a justiça deve ser acionada, se não há uma infração legal não há motivos para acionar o poder Judiciário. A situação de pastor não surge por um ordenamento jurídico.

  Para continuar este plano de pensamento temos que admitir com certeza que Deus existe e que a Bíblia é seu livro sagrado, vamos nessa.

  Quem unge um pastor é o Espirito Santo e ele não tem como se enganar.
  Temos inúmeros relatos de milagres atribuídos as orações de Valdemiro e mesmo que você seja cético com respeito a milagres um fato não pode negar, ele atrai multidões.
  Porque Deus escolheu Valdemiro par ser pastor? Não sei.
  É o Diabo que esta agindo na Igreja de Valdemiro? Não sei.
  Para nós Livre Pensadores isto não tem muita importância a não ser para debates Filosóficos.
  Valdemiro convida as pessoas a participarem de sua igreja, elas vão, se sentem bem a ponto de pagar pelo culto, não sei porque devemos impedir estas pessoas de viverem seu prazer!
  A imprensa traz informações as quais todos tem acesso, não dá para tratar os fiéis de Valdemiro como crianças que eu ou você temos que tomar conta.

  Valdemiro trabalha muito, literalmente sua a camisa e gasta a garganta.
  Oferece uma boa muleta mental para quem precisa de muletas, como capitalista não entendo porque Valdemiro não pode ganhar bem!?

  Então você vai me perguntar o que esta pegando?
  Eu não entendo porque as Igrejas tem isenção de impostos, isto que esta pegando.
  Exemplo: Muitas pessoas gostam de futebol, torcer por um time é uma terapia, um prazer para elas.
  Oras, é justo que os dirigentes do Flamengo, seus jogadores e funcionários sejam remunerados e que quanto maior o numero de pessoas consigam atrair para os jogos melhor sejam remunerados, eles não estão recebendo dinheiro de graça, existe uma demanda por jogos de futebol e eles estão ofertando um produto.

  A pergunta é a mesma, porque o Flamengo, Palmeiras ou qualquer outro time merece ou precisa ter isenção de impostos?

  Já me disseram que seria complicado cobrar das igrejas, se é complicado então devemos desistir de cobrar, desistir de pensar nisto, não devemos nem tentar?
  Veja uma idéia:   Eu tenho certeza que os fiéis não gostam de se sentir lesados, eles podiam ser obrigados a fazer doações apenas através de um carne emitido pela prefeitura, não acredito que eles se oporiam a esta idéia.  Seria proibido pedir doações em espécie nos cultos religiosos, tudo seria através deste carnê municipal.
  O município fiscalizaria as doações, pegaria sua parte de impostos e a direção da igreja que fizesse o que desejar com sua parte do dinheiro, seus fiéis que se organizem para cobrar alguma prestação de contas da instituição.
  Para nós Livre Pensadores a igreja passaria a ser uma Associação de pessoas sem direito a isenção de impostos.
  Perdemos muito tempo condenando a Fé das pessoas, ou questionando as pessoas que Deus escolhe para divulgar sua Bíblia Sagrada. Isto existe a tanto tempo e não vejo indícios que deixará de existir, como no caso das drogas deveríamos usar o BOM SENSO e INTELIGÊNCIA.
  Devemos focar em defender nossos interesses, a cobrança de impostos e a aplicação dos recursos no Município
  Os fiéis que se preocupem com suas igrejas e lideres, são maiores de idade e vacinados.
  A nós basta exigir a cobrança de impostos e fiscalizar a aplicação dos recursos no Município para o bem da coletividade, a Igreja que não pedisse doações através de carnês perderia o alvará de funcionamento, seria algo como vender um produto sem nota fiscal.
  Antes de terminar o texto Jesus quer nos dizer alguma coisa:

  “Dai a César o que é de César.”

  Se Jesus esta dizendo...


anterior                                           <>                                                próximo
                                                                         

quarta-feira, 21 de março de 2012

Personalidade Atraente

  “Só os tolos assumem para si o respeito que é dado ao cargo que ocupam.” [Esopo]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Sei que é muito difícil distinguir cargo de personalidade, na vida adulta eles se misturam.
  Então voltemos aos tempos de escola pense naquele aluno “carismático” que era o centro de algumas atenções, por vezes o cara é até folgado não dá nada em troca do que recebe, é daquele tipo pidão.
  Quem gira em torno dele não consegue poder, dinheiro, se for do mesmo sexo e não for homossexual não existe nem uma situação de amor ou atração física, afinal são crianças.

  Eu considero carismática essas pessoas que conseguem grande “fidelidade”, “idolatria”, sem a principio oferecer grande coisa em troca.

  Por hora tire da sua mente pessoas como Gianecchini ou Angelina Jolie, não dá para saber se eles são carismáticos ou atraem mais pela boa aparência.
  Pense em Hugo Chavez, Lula, a aparência deles não é das melhores e a oratória não tem nada de espetacular é até bastante tosca.
  Leia um pouco sobre Jânio Quadros e entenderá melhor o que estou dizendo o cara era um mala sem alça e esteticamente eu não vejo atributos. As coisas vão dando certo e o cara vai ficando autoconfiante, mas qualquer pressão mais forte o cara espana... sem perder a idolatria de muitos
===============================
  Antes vamos ver o significado de carisma: 1 - Nome dado a certos dons espirituais extraordinários, que, de acordo com a religião católica, podem ser outorgados pelo Espírito Santo a grupos ou a indivíduos, em favor do bem comum da igreja cristã.
2 - Fanatismo dos reformadores sociais que se julgam iluminados pela graça divina.
3 - Conjunto de qualidades de liderança política tidas como excepcionais ou sobrenaturais e que, por isso, levam ao fanatismo popular.”

  Como a definição de Carisma é algo muito forte, vamos baixar a bola, vamos chamar este aluno ou adulto carismático de “personalidade atraente”
  Esta criança com este tipo de personalidade na fase adulta pode ocupar um bom cargo, ter poder e dinheiro, mas estas coisas são conseqüências dela ser atraente de algumas ou muitas atenções, atrair facilmente “satélites”. [pessoas girando ao redor dela]
  É evidente que não são só os carismáticos que conseguem progredir na vida, na cadeia esta cheio de garotos carismáticos que “abusaram da sorte.”
  Esopo esta nos falando daquela pessoa [digamos] “normal” que na vida só foi orbita e agora conseguiu um bom cargo e é o centro de muitas atenções.
  Bill Clinton é um cara carismático independente de ter sido Presidente.
  O Lula desde cedo foi um cara que atraiu muitas atenções independente do cargo que ocupava.
  A Dilma me parece uma pessoa “normal” que sempre girou na orbita de alguém.
  As pessoas que estão a sua volta giram na orbita do cargo Presidência e não da pessoa Dilma.
  Eu William sou uma pessoa normal... tá bom...um pouco abaixo do normal...HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAH!

  Se eu fosse diretor de uma grande empresa as pessoas girariam na orbita do meu cargo e não da pessoa William.

  Pelo meu histórico de vida, no tempo que comandava pessoas nunca fui tolo de confundir as coisas, sabia que giravam em torno do cargo e não da minha pessoa.
  Então quando acabou o cargo eu William permaneci praticamente inteiro, claro foram muitos anos uma parte de mim ficou ali, muitas historias, a vida não é exata.
  Tem indivíduos que se confundem com o cargo que ocupam, que não conseguem mais sobreviver íntegros depois dele, a vida praticamente acaba.
  Se conseguem chegar até a aposentadoria ocorre um mal menor, mas se são abatidos em pleno vôo as conseqüências são terríveis, depressão profunda, entrega a vícios e até suicídio.
  Conheça a si mesmo, você tem uma boa vida social alem do seu cargo?
  Medite sobre isto enquanto é tempo, a vida consegue ser muito cruel com os tolos.



 PS : Esse texto foi escrito em 10 minutos e tinha que ser colocado na frente de outros. A frase de Esopo veio a minha mente quanto estava publicando o texto anterior que já estava escrito a mais de uma semana.
  Veio também a frase do meu amigo Einstein:
  “Uma pessoa inteligente resolve problemas, uma pessoa sabia os previne.”
  Se alguém que lê este blog se sentiu agindo como tolo, esta na hora de sentir e agir como um sábio...

  Boa Sorte!


anterior                                           <>                                                próximo
                                                      





terça-feira, 20 de março de 2012

Força que Desconheço

  “A farda modela o corpo e atrofia a mente.” [Guevara]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Se eu recebo uma ordem ou pedido de alguém posso até cumprir, mas não consigo deixar de pensar e verificar se concordo ou não concordo.

  Meu superior me dá uma ordem eu posso cumprir pelo interesse que tenho em manter o emprego, mas não pura e simplesmente porque meu superior mandou, sempre penso no porque da ordem e qual a sua eficiência.

  Bem, agora vai ficar muito complexo, sigam-me os bons...
  Se Deus me desse a ordem para exterminar pessoas de uma aldeia por conta de um desafeto com seus antepassados há 400 anos atrás, como fez com Saul, ele teria que de alguma forma alterar minha mente porque eu preferiria morrer que cumprir tal ordem.
  Já aconteceu de eu pagar dia de funcionário do meu próprio bolso por não concordar com a decisão do dono da Empresa, enfim, não consigo cumprir ordens cegamente.
  Hoje em dia não ocupo nenhum cargo de chefia e acredito que não seria muito difícil com minhas habilidades e conhecimento construir este caminho. 
  Acontece que sei que isto me traria enormes problemas, eu não “melhorei” com o tempo, cumprir ordens que eu não acho eficientes, que não vejo lógica chegam literalmente a doer em mim.
  Quando você  não tem subordinados a sua responsabilidade é só por você e seu trabalho, mas quando você é chefe tudo fica muito amplificado.
  Assisti um filme muito bom, “Beleza Americana” onde o protagonista surpreendeu a todos largando seu posto de gerência e indo trabalhar como atendente de lanchonete.
  Sim, ele continuava a receber ordens, mas as ordens quando eram ineficientes não atrapalhavam tanto a vida das pessoas como em seu serviço anterior.
  Lembrei que meu amigo Sócrates também optou por uma vida bem singela, e foi por contrariar ordens que foi condenado a morte, entendo completamente meu amigo Sócrates, ter algum poder é bom, é gostoso, mas sempre vivi bons momentos simplesmente observando os tons de verde, as flores, me encantando com a diversidade da vida, tendo um genuíno amor pela sabedoria. 
  Não que o poder seja incompatível com a sabedoria, muito pelo contrario, é desejável que os dois caminhem juntos, acontece que muitas pessoas que chegam ao poder não tem amor a sabedoria se contentam com o dinheiro e o prestigio, nada mais desgastante para um Filosofo que cumprir as ordens de um vaidoso... vamos sair da complexidade, o texto precisa ficar inteligível.
============================
  Não gosto de sair de casa, quando minha esposa me pede para sair, acabo saindo para não contraria-la, mas não que o fato dela ter me pedido provoque alguma vontade de eu sair.
  Vamos dizer que Che fosse um “homem Alfa”, ele era o centro de muitas atenções, muitas pessoas giravam em sua orbita.
  Oras, Fidel também é um homem Alfa, Che naturalmente não ficava muito confortável girando em torno dele.
  Talvez se fosse Lenin, mas Fidel não tinha tanto desta “força de atração que desconheço” para manter Che girando em sua orbita.
  Logo esta Força tem graduações diferentes? Sim, é o que parece.
  Che, Fidel, pessoas que são centro e pessoas que giram em torno de alguém devem entender esta força que desconheço.
  Meu amigo Sócrates era o centro de muitas atenções, muitas pessoas giravam em sua orbita. Sócrates nunca falou sobre esta força que desconheço porque ela era natural a ele.

  Eu nunca me mantive na orbita de ninguém vivo ou morto, então não sei o que é ter a mente atrofiada por quem esta no comando.

  Por outro lado não sou carismático, ninguém gira em minha orbita, até minha esposa me respeita mais como companheiro que concorda com as coisa que escrevo.
  Minha família então nem me fale, só não me acham um caso perdido porque acreditam em milagres.
  Colegas, amigos... não, não. O que falo ou escrevo sempre é recebido com muita reserva, ninguém fala nada diante de mim, a não ser para discordar.
  Também não sei explicar por que não desejo ter pessoas em minha orbita. 
  Não me venha aplicar a tosca psicologia como se eu não quisesse admitir alguma coisa, se eu desejasse falaria, já disse coisas bem mais intimas.
  Acho o excesso de discordantes intrigante, mas me abomina alguém concordar comigo sem pensar. 
  O que mais me atraiu na Internet foram justamente os Fóruns e Grupos de Discussão, eu queria argumentos das pessoas, entender o porque dos meus pensamentos serem considerados tão “indecentes”, algo que eu não devesse nunca exteriorizar e até pedir perdão a Deus e até a cientistas por colocar em xeque teorias consagradas. 
  Me expor ao ridículo não me incomodava tanto quanto não poder dar vazão a tudo que explodia em minha mente, como aquela minha colega que dizia ver pessoas mortas, pior que ver pessoas mortas é não poder dizer que vê pessoas mortas...
  O que leva uma pessoa seguir a outra sem pensar?
  Sou Lula até morrer, sou Serra até morrer, sou Nazista até morrer, sou Freudiano até morrer, sou Marxista até morrer, sou Capitalista até morrer...
  Porque as pessoas se acorrentam a uma única ideologia se podem ser livres para buscar uma situação melhor, que lhes traga uma resposta melhor?
  Que força leva um homem a idolatrar outro homem?
  Este enigma não sou capaz de decifrar nem por aproximação.
  A idolatria é uma FORÇA QUE DESCONHEÇO.


anterior                                           <>                                                próximo