segunda-feira, 30 de abril de 2012

Ubermensch

  “Em 1943, no auge da movimentação no Campo de Parnamirim, havia um
soldado do estrangeiro para cada onze natalenses. 
  Entre 1941, quando os americanos chegaram, e 1945, passaram por Natal 42 000 militares. 
   Ali foi construída a primeira fábrica da Coca-Cola da América Latina, e um cinema ao ar livre, um casino e a visita freqüente de celebridades de Hollywood garantiam a diversão dos americanos. Enquanto seus companheiros na Europa e no Pacífico viviam os horrores da guerra, em Natal os soldados namoravam as moças potiguares, estas encantadas com o tipo físico exótico dos jovens branquelos. (Muylaert revela que, por algum motivo torpe, o governo brasileiro havia pedido que os Estados Unidos não enviassem negros a Parnamirim.)” [Veja] Clique Aqui
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  “Foi a época do Neocolonialismo, apoiado no poder econômico, militar, mas também nas teorias de superioridade do homem branco europeu, entendido como “cientifica” desde as teorias de Darwin, que foram usadas para sustentar a idéia de “missão civilizadora”. Era o “darwinismo social”.[Historianet]
                                                
  Eu não entendo muito bem uma pessoa se envergonhar de algo que ela não tem controle, como nascer pobre por exemplo.
  Até onde sabemos ninguém escolhe nascer pobre então não entendo porque devo me envergonhar de ser pobre.
  No caso da pobreza durante o decorrer da vida pode ser amenizada ou até enriquecermos, mas e coisas que não teremos como mudar?
  Você nasceu anão [esqueçamos o politicamente correto] quem em sã consciência gostaria de nascer anão? Você gostaria de ter um filho com Nanismo?
  Não seja hipócrita! Não estou dizendo que você não iria ama-lo estou perguntando se você gostaria de ter um filho com Nanismo. 
  Quem em sã consciência gostaria de ter um filho com Síndrome de Down?
                                                 ====================
  Sabem, eu tenho um certo desconforto diante daquele indivíduo que bebe e depois dirige, eu o acho um grande idiota
  Eu também não me dou muito bem com viciados de qualquer tipo. 
  Não é possível que alguém neste país não saiba que a droga pode viciar e não é possível que a pessoa logo no começo não identifique que a dependência esta ocorrendo em sua vida.
  O cara dirige bêbado e se provocar algum acidente que o mundo se dane!
  O cara percebe que esta ficando viciado, mas não esta nem aí, o mundo que se dane!
  Oras é natural que o cara cometendo algum delito eu também não esteja nem aí com ele, ele que se dane!
  Quero dizer que é LÓGICO eu ter um “pré conceito” de que bêbados e drogados sejam idiotas eles tiveram uma possibilidade de ESCOLHA. 
  Sei que estou simplificando a situação demais, mas é só para o texto não ficar muito longo.

  É ILÓGICO eu desprezar de qualquer maneira um anão ou um portador de Down, porque eles não tiveram escolha, são vitimas de uma circunstancia.

  Meditem muito bem sobre “possibilidade de escolha” essa é a chave deste texto.

  No caso dos negros a Filosofia Matemática fica até muito mais light, nem caminha para grande complexidade, vem comigo!
  Como a maioria dos humanos tem cerca de 1,65 metros o designe das coisas seguem este padrão, um anão para dirigir um automóvel [por exemplo] esse deverá ter algumas adaptações. 
  Ser anão provoca alguma desvantagem não por motivo intelectual, mas simplesmente por não ter uma medida padrão.
  Já uma pessoa com Down raramente tem um Q.I. maior que 80, eu também não gosto muito da metodologia empregada para medir o Q.I., mas é o que temos para o momento.
  Se os pais não colocarem esta criança desde cedo em um atendimento especializado ela terá grandes desvantagens na vida.
  Percebem que com relação aos negros fica difícil localizar qualquer desvantagem?
  Percebem que um negro não teve uma opção de escolha de tom da pele então não tem do que se envergonhar nem de que se orgulhar?
  De onde vem tanto enrosco então?

  Meu amigo Darwin disseminou a idéia de que somos apenas maquinas biológicas em evolução e a humanidade abraçou tão fortemente esta idéia que buscou acelerar essa evolução, buscar essa “purificação racial.”

  Darwin sugere que até aquele momento o ápice da evolução humana era o homem branco europeu, um ser humano mais evoluído até aparecerá, mas será uma evolução do homem europeu.
  Isto passou a justificar a escravidão dos negros africanos por que afinal eram um estagio mais primitivo da humanidade, para alguns não tinham nem alma [para aqueles que conciliavam ciência e religião].
  Houve uma corrida mundial dos Governos para “embranquecer” os povos.

  “O governo brasileiro havia pedido que os Estados Unidos não enviassem negros a Parnamirim.”

  Para homens como Hitler o ápice da evolução humana era a raça ARIANA.
  Muitos enxergam Hitler e o povo alemão daqueles tempos como monstros, mas possivelmente o que os movia era o desejo de EVOLUÇÃO rápida da humanidade, a busca do Ubermensch profetizado por Niet.
  Neste plano de pensamento fica fácil defender que os Nazistas lutavam para a paz na humanidade, o estabelecimento de um admirável mundo novo habitado por super-homens...
  Meditem sobre tudo isto, depois “talvez” eu continue este texto.
  Hã! Você quer alguma provocação maior? Tá bom.
  Se Darwin estivesse certo seria inevitável que Hitler ganhasse a guerra.
  Bem, Hitler não ganhou a guerra então o Darwinismo Social é insatisfatório?
  “Decifra-me ou te Devoro!”
                             
               

Era Vitoriana 
A Rainha Vitória ascendeu ao trono inglês em 1837 e governou até 1901, quando faleceu. Esse perído ficou conhecido na história como “Era Vitoriana”, e foi caracterizado pela ascensão da classe média, pela moral conservadora, pelo intenso nacionalismo e por grande popularidade da soberana - uma época ainda de florescimento cultural e político, em que se amplia a participação dos cidadãos no governo. 
Foi a época em que o imperialismo britânico se expandiu por todos os continentes, exercendo grande influência nos países americanos recém independentes da América – destacando-se a participação na organização da economia e da política externa do Brasil, como por ocasião da Guerra contra o Paraguai – da África à Oceania. Foi a época do Neocolonialismo, apoiado no poder econômico, militar, mas também nas teorias de superioridade do homem branco europeu, entendido como “cientifica” desde as teorias de Darwin, que foram usadas para sustentar a idéia de “missão civilizadora”. Era o “darwinismo social”. 
Foi a época da intensa repressão aos movimentos sociais de populações afro-asiáticas, como a Guerra do Ópio, a Guerra dos Cipaios, a Guerra dos Boxers e a Guerra dos Bôeres. As vitórias inglesas garantiram a ampliação dos mercados aos produtos e capitais britânicos, que promoveram o enriquecimento da burguesia e possibilitaram ao Estado estender parte de seus ganhos a setores sociais até então marginalizados, assim como garantir direitos políticos e sociais para todas as camadas. 
Essa situação de expansão econômica e de direitos se combinou com o discurso e comportamento puritanos da realeza, amparada pela Igreja Anglicana e assimilado pelo povo, que via positivamente o comportamento dos governantes, que deveriam ser tomados como modelo. 


anterior                                           <>                                                próximo

domingo, 29 de abril de 2012

Chefe da Boca de Fumo

  “Contudo, é um exagero por uma criança numa escola de nível fundamental, antes dos seis anos.” [Nihil]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Depende!
  Como sabe eu acho aquela historia de “geração Índigo” algo não observável.
  Toda geração tem seus “gênios”.
  Em alguns países é possível você entrar mais cedo em uma faculdade.
  Eles identificam “super cérebros” já no jardim de infância e orientam os pais a levarem estas crianças para escolas especializadas.
  Crianças que nascem com um grande intelecto podem ser muito prejudicadas em contato forçado com mentes medianas. O tédio da sala de aula pode até fazer com que elas se desinteressem dos estudos.
  Aqui no Brasil nós pegamos como padrão de ensino os [digamos]  mais “lentos”.
  A escola pega como base aquele aluno com maior dificuldade de aprendizado, as crianças médias são obrigadas a aprender na velocidade baixa das mais lentas e as bem dotadas...danem-se.
  É mais uma vez o Marxismo na Escola, a “justiça intelectual” na escola nivelando todos por baixo.
  Não sei como estão os nomes hoje, mas eram primário, ginasial, colegial e faculdade.
  Eu defendo que primário e ginasial deveriam ser o básico do conhecimento humano.

  Todo colegial deveria ser técnico com o aluno já escolhendo um campo de atividade profissional, ele sairia do colegial técnico em alguma coisa.

  Mas terminando o ginasial ele já poderia tentar entrar na faculdade em igualdade de condições com os outros candidatos.
  Se o cara tiver QI suficiente e já sair do ginásio direto para a faculdade...TUDO BEM!
  Isto não acontece aqui porque nisto também a Psicologia ferrou nossa sociedade, fez uma tabelinha de idades mentais e todo mundo tem que se enquadrar nela, nivelando todos para baixo e os bem dotados intelectualmente... que se danem!
  Vejam o caso de um cara de 16 anos, pode matar, roubar, estuprar que a psicologia não o considera responsável por seus atos...
                                    ==========================
 Ao menor de 16 anos de idade é vedado qualquer trabalho, salvo na condição de aprendiz a partir de 14 anos.
A partir dos 14 anos é admissível o Contrato de Aprendizagem, o qual deve ser feito por escrito e por prazo determinado conforme artigo 428 da CLT.
Ao menor é devido, no mínimo, o salário mínimo federal, inclusive ao menor aprendiz é garantido o salário mínimo hora, uma vez que sua jornada de trabalho será de no máximo 6 horas diárias, ficando vedado prorrogação e compensação de jornada, podendo chegar ao limite de 8 horas diárias desde que o aprendiz tenha completado o ensino fundamental, e se nelas forem computadas as horas destinadas à aprendizagem teórica. [Guia Trabalhista]
                                    ===========================
  No caso dos homens, com 16 anos eles já estão próximos a época do alistamento militar, ou seja, há uma grande possibilidade de já aos 18 anos ficarem 1 ano afastados da empresa, porque o alistamento é OBRIGATÓRIO, é natural que as empresas, principalmente as pequenas não queiram correr este risco. Na pratica o garoto fica impedido de trabalhar “legalmente” até os 18 anos. [isso se não servir o exército]
  Como podem verificar contratar um menor aprendiz também tem muita burocracia, depois desta fase burocrática e depois de você investir tanto no menor nada o impede de ir trabalhar para o concorrente que já pega o funcionário pronto.
  Aqui em Campinas há duas entidades que empregam menores “Patrulheiros” e “Guardinhas”, sinceramente sempre achei estas entidades um estelionato dos menores, por sorte consegui um emprego antes de precisar delas, eu ganhava em uma metalúrgica [USIMEC]  o dobro do salário dos Guardinhas e olha que eu ganhava bem pouco.
  Hoje eu não conseguiria o emprego, pois entrei lá com 14 anos o que atualmente  é proibido.
  Enquanto criamos tantas barreiras para que as empresas empreguem menores o  mundo do crime, principalmente o trafico de drogas lhes oferece grandes oportunidades até de rápida ascensão na carreira.
  Se você começar como aviãozinho aos 10, 11 anos e conseguir não morrer, quando tiver 18 já pode ser até o chefe de uma boca de fumo...



anterior                                           <>                                                próximo

                                                                             

sábado, 28 de abril de 2012

Night and Day

  “O sol parou para Josué eliminar os exércitos amorreus e pode parar por sua causa e por minha causa, mais que isso, qualquer coisa pode acontecer (ainda que seja impossível ao homem) e acontecerá se for necessário, se for para um fim proveitoso.”
“A questão é bem simples.” [Sombra do Onipotente]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Lendo a parte “selecionada” e esquecendo tudo que aprendemos na escola, e esquecendo também tudo que LEMOS NA BÍBLIA parece bem simples, mas se meditarmos um pouco tudo fica muito complicado:

 1 - Já vimos que por conta de um censo realizado por Davi Deus matou 70 mil israelenses, matar para Deus é muito fácil. Observe agora que Deus com tanto poder poderia de alguma forma resolver a questão com o exército amorreu sem guerras, mas preferiu a carnificina como se fosse uma diversão para ele!


2 – Deus não conhece o Universo que criou!? Explico.

      O Sol não gira em torno da Terra, então neste sentido ele esta PARADO.

  O Sol gira em torno dele mesmo, o que chamamos de movimento de rotação.

  Segundo cálculos e observações os corpos celestes estão em um processo de expansão, se distanciando do “centro do Universo”.
  Logo o Sol e toda Galáxia estão neste movimento de “fuga” do centro.
  Pense em você estando dentro de um carro, como esta na mesma velocidade do carro, embora o carro esteja em movimento, dentro do carro você esta parado.
  Percebe que em relação a Terra e a Galáxia o Sol esta parado?
  Como Deus poderia parar algo que já esta parado!
  Tá, você acredita então que Deus parou a rotação do Sol.
  Oras, isto não aumentaria nem diminuiria o dia na Terra.
  Relembremos as aulas de Geografia:
  As estações do ano são definidas pelo giro da Terra em torno do Sol, este giro demora 360 dias, chamamos de translação.
  A Terra tem um movimento de rotação e como o Sol esta PARADO, cada hora uma parte da Terra esta mais voltada para o Sol, depois de 24 horas ela deu um giro completo definindo dia e noite.
  Quando no seu relógio marca meio dia é porque sua cidade esta de frente para o Sol, quando marca meia noite é porque sua cidade esta totalmente oposta ao Sol, esta em uma área de “sombra”.
  Oras, se Deus queria alongar o dia ele deveria parar a rotação da Terra.
  Deus tinha que parar A TERRA!
                                               ================
  Já li na Internet aquela famosa “ajeitadinha”, se Deus dissesse que pararia a Terra aquele povo não entenderia.
  Caraca! O que aquele povo entendia de astrofísica? Como eles poderiam contestar Deus!?
  Deus já sabia que a Bíblia chegaria até nossos tempos então porque mentir desta maneira?
  Ele não precisava dar nenhuma explicação, bastava dizer a verdade ou não dizer nada, apenas alongar o dia, porque optar por mentir?
  “Decifra-me ou te Devoro!”




anterior                       <>                                próximo
                                                                           

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Deus de Abraão

  “Não se pode amar quem não se conhece. Ainda que seja um conhecimento superficial, ainda que seja conhecer de longe, como acontece com pessoas que se encontram pela web, é necessário um mínimo de conhecimento para se manter qualquer tipo de relacionamento pessoal com alguém. Com Deus é a mesma coisa.” [Sombra do Onipotente]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Mas o conhecer não se transforma automaticamente em amor.
  Por vezes estamos encantados com uma pessoa em um conhecimento superficial, mas ao aprofundarmos esse conhecimento entendemos que é melhor apenas manter uma boa amizade sem perder o nosso senso critico.

  Para conhecer o “Deus de Abraão” um bom meio é ler a Bíblia, mas se só lermos aquelas partes de um Deus maravilhoso que o Pastor ou padre seleciona para nós temos um conhecimento superficial.

  É como paquerar ou ficar com alguém em uma festa,  e depois namorar de fato essa pessoa.
  O namoro é importante para conhecermos bem melhor a personalidade e sentirmos se um casamento será satisfatório.
  No caso das religiões as pessoas pulam a etapa do namoro, o pastor diz que Deus de Abraão a ama e ela se entrega de corpo e alma, cega pelo amor.
  Veja um exemplo: Quem é contra a escravidão...é contra a escravidão [O óbvio].
  Quero dizer que a escravidão como punição ou modo de governo é inaceitável para quem é contra a escravidão.
  Podemos dizer que Deus de Abraão é contra a escravidão?
  Claro que não, ele permitiu  que os judeus ficassem escravos no Egito.
  Dá para amar um Deus que acha a pratica da escravidão aceitável?
  Até dá, menos para quem acha a pratica da escravidão INACEITÁVEL.
                                       ==============================
  Eu já fui Católico e não lia muito a Bíblia, eu frequentava a missa o padre escolhia uma passagem bíblica que vinha impressa no roteiro que pegávamos ao adentrar a igreja.

  Na parte “selecionada” da Bíblia sempre aparecia um Deus muito preocupado e cuidador da humanidade. A vida sem duvida nenhuma era um grande presente do Criador

  Claro que quando eu era católico, presbiteriano ou Kardecista o aborto era um ato inaceitável em qualquer circunstancia.
  Quando eu fui para Igreja Presbiteriana não encontrei o roteiro do culto na entrada, todos carregavam uma Bíblia dispensando um roteiro na entrada.
 Ali no Culto ou na escola dominical não liamos qualquer texto, liamos o que o “pastor” selecionava para pregação, os textos de Paulo eram os preferidos. [ na Presbiteriana o único pastor é Cristo então não tem o termo pastor para quem dirige o Culto]
  Mas é claro que era sugerido estudar a Bíblia em casa pedindo a orientação do Espirito Santo, um irmão da igreja dizia que deveríamos abrir a Bíblia aleatoriamente e ver o que Deus tinha para nós, qualquer duvida era para falarmos com os presbíteros.
  Ao invés de ficar lendo aleatoriamente comecei pelo começo lá em Gênesis.
  Uma das minhas primeiras surpresas foi ver que Deus praticamente não puniu Caim por ter assassinado Abel... mas não vou flutuar por esta brecha.
  Vamos avançar e dizer que o aborto era inaceitável e depois de eu muito meditar o considero lamentável, mas aceitável em alguns casos.
  Eu mudei de opinião porque minha opinião pode ser mudada a de Deus não, ele [segundo os religiosos] é o mesmo ontem, hoje e sempre.
  Quero dizer que se a escravidão era aceitável para Deus... continua sendo.
                                       ====================
  Você esta Filosoficamente confuso? É porque você tem “certeza” da sua crença.
  Vou dar mais um exemplo daí você escolhe entre a Filosofia e sua crença.
  “Tome a pílula vermelha ou a azul.”
  Para você a pena de morte é inaceitável, você se acha um espírito muito iluminado.
  Então em hipótese alguma, em tempo nenhum você aplicará a pena de morte.
  Não importa o que um bandido faça, nem que mate seu filho, nem que te deixe tetraplégico, nem que estupre e mate sua esposa, não importa, a pena máxima que você aceita é a prisão perpetua, a pena de morte é inaceitável, a vida a Deus pertence e só ele pode tirar.
  Oras, ao permitir que o povo Judeu ficasse escravo no Egito ficou claro que para Deus a escravidão é aceitável, ontem, hoje e sempre.
  Quando eu li que Deus não interferiu quando as filhas de Ló o embebedaram e transaram com ele ficou claro para eu que o aceitável para o Deus de Abraão vai muito alem daquelas passagens selecionadas pelo padre ou pelo pastor.
  Bom, eu não quero que o Deus de Abraão seja meu inimigo, a licenciosidade dele não tem limite e pode ser usada tanto para o bem quanto para o mal. Devido o seu grande poder é melhor manter uma amizade.

  Mas confesso que eu espero que exista um Deus que vá alem dessas historias Bíblicas, um Deus que eu possa ao menos admirar e confiar, porque este Deus apresentado pela Bíblia é ASSUSTADOR...

 Você esta Filosoficamente confuso? É porque você tem “certeza” da sua crença.
  Escolha entre a  Filosofia e sua Crença.
  Comece a pensar por você mesmo ou continue vendo apenas o que o pastor quer que você veja.
  “Tome a pílula vermelha ou a azul.”


anterior                                           <>                                                próximo
                                                                             

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Igreja de Cristo

  “Concordo com a tese de que o Jesus histórico não fundou uma nova religião nem uma igreja. Ele formou, sim, uma COMUNIDADE DE AMOR (o “cristianismo das origens”), ou seja, uma COMUNIDADE DE PESSOAS,” [Pinheiro]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  A igreja não é o prédio onde as pessoas se reúnem ela é justamente uma COMUNIDADE DE PESSOAS com a mesma crença.
  Jesus pregou por apenas 3 anos e utilizou sinagogas ou seja, se reuniu com pessoas em espaços fechados. Ele nasceu na religião Judaica e fundou uma nova religião o CRISTIANISMO. 
  Isso faz mas sentido que defender que Jesus era Espirita...
  Construir um Templo não era coisa muito fácil no tempo de Jesus, não é fácil nem hoje em dia. 
  Portanto dizer que se Jesus pregasse por 20 anos não iria construir um prédio para receber as pessoas que o procuravam é fazer um grande exercício de abstração.
  Veja o caso dos Espiritas:
  Um grupo começa se reunir em uma casa particular para conversas, estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo, orações...
  Quem vai convida um colega e logo a casa fica pequena e alugam uma outra maior apenas para servir de Centro Espirita, se as coisas correm bem há necessidade de construir um grande salão com cadeiras...olha a igreja física aí geennnte!
  A igreja espiritual já existia, pessoas com a mesma crença tentando se ligarem ao divino.
                                                       ======================
João 20:19 - Chegada, pois, a tarde, naquele dia, o primeiro da semana, e estando os discípulos reunidos com as portas cerradas por medo dos judeus, chegou Jesus, pôs-se no meio e disse-lhes: Paz seja convosco.

  Notem que neste local onde os apóstolos estavam reunidos não estavam Tomé e Judas.
  Notem também que o texto fala “discípulos” o que pode significar que havia mais gente que apenas os apóstolos.

  De qualquer forma estavam reunidos ao menos 10 homens naquele local!!!
  Não te dá a impressão que eles costumavam se reunir naquele local? Então a vida de Jesus e dos apóstolos não era só de andanças.
  Vejam que interessante, Judas foi um dos primeiros apóstolos a andar com Jesus, ele era um dos mais instruídos e por isto foi escolhido para ser o TESOUREIRO do grupo.
  Agora temos um local de reunião, um líder religioso que é o próprio Jesus, auxiliares diretos como Pedro e João e até um tesoureiro!
  Caraca gente! Se isto não for o inicio de uma igreja então temos que rasgar os dicionários.
  Já comentei aqui que Jesus era judeu, disse que não veio mudar as leis judaicas, mas na pratica foi o que fez.
  Não estou falando aqui de coisas prosaicas como não lavar as mãos antes de comer, estou falando de mudanças radicais como dizer: “Ninguém vem ao Pai senão por mim.”
  Os Judeus tinham uma tradição de falar com Deus através de profetas, mas não havia um único profeta, Jesus vem e diz que agora o único profeta era ele próprio e mais que isto era filho do próprio Deus.
  Senhoras e senhores isto é estabelecer uma NOVA CRENÇA, uma nova RELIGIÃO.
  Seria a mesma coisa que o RR dizer que ninguém vai a Jesus se não for por ele, é uma nova crença onde RR é a única ligação com Jesus que por sua vez é a única ligação com Deus.
  A Igreja deixada por Jesus tinha até um símbolo, era o desenho de um peixe, talvez influencia dos apóstolos pescadores e por ser um alimento muito consumido naquela região. É a famosa “Igreja do Primeiro Século” [“cristianismo das origens”] uma espécie de cidade perdida de Atlântida para os evangélicos.
  Qualquer Religião que você estudar observará que surgem varias ramificações e cada uma se dizendo mais “pura e verdadeira”.
  Judaísmo, Islamismo, Budismo, Hinduismo, Cristianismo...
  Concluindo: A Filosofia Matemática nos diz que Jesus fundou uma igreja e também fundou uma religião que hoje pode ser observada nas mais diferentes ramificações.
  Tem até o Kardecismo se dizendo o verdadeiro cristianismo ao mesmo tempo que discorda de que Cristo seja o único caminho.
  “Kardec não veio para mudar as leis” fundamentais do Cristianismo...
 [ eu já ouvi essa historia antes]
Catedral de Campinas


anterior                                           <>                                                próximo
                                                                                

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Poder de Sedução

  “A beleza é uma carta de recomendação a curto prazo.”
[Ninon de Lenclos]


  Porque a longo prazo você tem que ter “conteúdo”.
  Não existe formula magica para o sucesso, até o que a principio pode parecer uma grande vantagem competitiva pode ferrar nossa vida.
  Vamos supor que uma garota aos 14 anos seja extremamente bonita, ela pode atrair o olheiro de uma super agência de modelo, mas também pode atrair um maníaco do parque o que seria péssimo.
  Uma garota pouco interessante na adolescência não atrairá a atenção de muitos garotos e se dedicará mais aos estudos, já uma outra bonita será muito assediada, pode acabar se envolvendo com algum garoto e virar mãe solteira.
   Mas no geral ser bonito(a) abre muitas portas, há estudos comprovando que pessoas altas e de boa aparência tem maior facilidade para conseguir emprego.
  Muitas vezes uma pessoa negra não é bonita ou não esta na sua melhor forma então ela não recebe toda atenção que receberia sendo ou estando BONITA.
  Esta situação absolutamente normal, que acontece com todo mundo, por ser com uma pessoa negra é taxado de racismo.

  O “racismo” passou a ser uma explicação fácil para qualquer situação desagradável que aconteça com uma pessoa negra.

  Por favor, não pensem linearmente, não estou dizendo que não existe racismo, estou falando que nem sempre é racismo.
  Oras, uma morena ou loira baranga seria tratada com a mesma deficiência de atenção, porque?
  Porque nós somos assim, damos mais atenção ao que achamos belo.
  O carro, o cavalo, a flor, a roupa...as pessoas mais bonitas prendem mais nossa atenção.

  Exemplos:
  Um nariz muito grande ou muito chato ou ainda com alguma deformação enfeia muito o rosto, um cabelo sem corte, mal tratado enfeia muito o rosto, roupas mal escolhidas enfeiam a aparência, um corpo com excesso de gordura ou excesso de magreza não é muito agradável aos olhos.
  Isto não são padrões definidos pelo Capitalismo, a maioria de nós gosta da simetria, nem excessos nem faltas.
  Vejam o caso da Carla Perez, ela arrumou o nariz, arrumou o cabelo e melhorou bastante, seria meio patético ela querer obrigar as pessoas a gostarem do seu antigo visual.
  Então uma pessoa negra que tem o nariz muito chato, tendo dinheiro dê uma afinada, não adianta obrigar as pessoas a gostarem de nariz chato, isto não vai rolar.
  Se não tem dinheiro aprenda a fazer maquiagens que afinem o nariz.
  Se gosta de nariz chato e esta satisfeita com ele então tudo bem, há muitas pessoas que acham o nariz chato bonito, agora, esqueça sua pretensão de agradar a maioria.
  Eu, e acredito que a maioria das pessoas acham feio esta mania de muitos jovens andarem com metade do traseiro de fora, mostrando a cueca, esta forma de se vestir não agrada a maioria, se o jovem gosta desse estilo, que se vista assim, mas não dá para obrigar as pessoas a terem o mesmo gosto.
  A Carla fez exercícios, aplicou silicone, porque a maioria de nós gostamos de cintura fina e seios fartos.
  A maioria de nós gostamos de cabelos lisos e de bom comprimento, hoje qualquer mulher pode ter cabelos assim, que agradam a maioria, se alguém nasce com o cabelo muito crespo e esta satisfeita assim... tudo bem.
  Mas se quiser ter um poder de sedução maior terá que dar um trato no cabelo.
  Algumas coisas não tem como mudar então você terá que SE ACEITAR .
  Você é um homem de 1,60 metros, não tem como ficar imponente como um homem de 1,80.
  O homem mais alto a principio naturalmente imporá mais respeito.
  Se você não acha isto justo...reclame para Deus! Se você é ateu não adianta reclamar para o acaso porque ele não é uma entidade é um acontecimento.

  A vida não é justa, tem gente que come pra caramba e não engorda, outros até o cheiro da comida já faz engordar.
  Claro que homens e mulheres com um bom corpo em geral agradam mais que pessoas esqueléticas ou gordas.
  Bem, encerrando o texto e o amarrando no anterior eu digo que não importa sua cor de pele temos certos padrões de beleza que se possível e você tiver interesse tem que ser perseguidos, claro que você não é obrigado(a) a isto.
  Uma mulher negra ou loira com 60 quilos pode chamar uma agradável atenção, qualquer uma delas que engordar 30 quilos já terá  a atenção bem diminuída.
  Infelizmente não é todo mundo que nasce bonito, mais uma vez independente da cor ou nacionalidade, quando você for na praia observe que para cada pessoa bonita tem umas 30 que apresentam graves defeitos de simetria, o que melhora quando estão bem vestidas, maquiadas com o cabelo bem tratado, perfumadas...
  Mas alguns querem impor a força que gostemos de cabelos black power e se dizemos que não gostamos somos taxados de racistas!!!
  Uma negra ou negro que alisa o cabelo é tido como traidor da raça!! [ainda bem que hoje em dia isto já esta restrito a alguns movimentos mais radicais].
  Sei lá, as mudanças de gostos são lentas, talvez o gosto da maioria mude daqui uns 50 anos, mas hoje gostamos de um corpo bem torneado, peles e cabelos bem tratados, corpos limpos e perfumados.
  A Carla não teve o privilegio de nascer com uma boa aparência, correu atrás, fez algumas intervenções e passou a ser uma mulher muito desejada.
  Vejam o caso daquele grupo Destiny's Child, são negras que mantinham um padrão de beleza bem aceito pela maioria, ter um corpo torneado, pele e cabelos bem tratados não são exclusividade de pessoas loiras.
  Aliás a Beyoncé clareou os cabelos e continuou muito bonita.

  Espero que todos tenham entendido que  a beleza exige certos sacrifícios e BOM SENSO para a maioria de nós; tem um preço a pagar.

  Tenham a certeza que uma Beyoncé ou Ivete Sangalo penam muito para se manterem em boa forma.
  Este texto vai ter que continuar porque ele tomou caminhos que eu não planejei, eu queria falar mais sobre “humilhação” e pela brecha que eu segui não deu para encaixar, fica para um outro texto.
  Ontem eu assisti uma cena legal em um filme e tem a ver com o bom senso exigido pela beleza.

  “Acordar a noite e assaltar a geladeira é bem gostoso, mas acredite, permanecer magro é ainda melhor.”




anterior                                           <>                                                próximo
                                                

terça-feira, 24 de abril de 2012

Panicats

   “Babi Rossi, a única panicat remanescente da Rede TV!, foi o alvo do Pânico na Band do último domingo (23). Ela foi obrigada a raspar o cabelo, ao vivo, enquanto o programa estava no ar.” [R7]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Eu gostaria de saber como é o contrato dessas garotas, elas parecem escravas sexuais no programa.

  Não, não estou dando uma de “feminista” nem as acho coitadinhas, são maiores, vacinadas, se acham que vale a pena fazer qualquer coisa para aparecerem na televisão, se o salário compensa...tudo bem, estão exercendo seu livre arbítrio.
  Eu fiquei igualmente chateado quando o Maurício Meireles foi “obrigado” a cortar o cabelo quando entrou no CQC.
  Uma coisa é eu aceitar fazer parte de uma aposta, de uma brincadeira, outra coisa é eu ser obrigado a isto por um contrato.
  O Maurício VISIVELMENTE não queria ter seu cabelo raspado, eu até mudei de canal porque achei uma terrível sacanagem com ele.
  No caso do Rafael Cortês que também teve o cabelo cortado foi diferente, ele próprio sugeriu a aposta.

  No caso do Meireles ele cedeu para não perder o emprego o que eu acho constrangedor, humilhante. 

  Não esperava que o Meireles tivesse agido diferente, eu mesmo “possivelmente” teria cedido para não perder a boa oportunidade de emprego, afinal é só cabelo, cresce outra vez, mas imaginem que tipo de “convites obrigatórios” eu teria que me sujeitar depois?
  Eu esperava que o Tass ou a produção do CQC ao perceberem que o rapaz não queria cortar o cabelo, cancelassem o constrangimento, mas para minha desagradável surpresa foram até o final.
==============================

Eu esperava que o Emílio ou a produção do Pânico ao perceberem que a moça não queria ter seu cabelo raspado não a submetessem a tal constrangimento, eu não curto muito o Pânico, estava só zapeando na TV, então nem continuei a assistir o programa, hoje ao ver a cena grotesca na  Internet só me fez ficar mais decepcionado com a produção do programa.
  Porque estou comentando isto?
  Assim que li a noticia este texto gritou para sair antes da continuação do texto anterior sobre o Poder da Beleza.
  Na maioria das vezes para você ser humilhado tem que “se permitir ser humilhado”.
  Tenho certeza que muitas moças no processo de seleção para ser Panicat desistem por não estarem dispostas a se sujeitarem a qualquer absurdo.
  Eu confesso que se fosse minha filha no lugar daquela moça eu ficaria muito chateado com minha filha, ninguém mais. (Clique Aqui)
  Conversaria com minha filha se todo aquele sacrifício valia a pena e se ela dissesse que sim eu aceitaria, mas não ficaria muito confortável com a situação.
  Todos sabem que não sou moralista e podem até me chamar de gay, mas o que menos gosto no Pânico é o tratamento chulo que dão as Panicats.
  Não me venham com aquele papo da mídia perversa, eu tenho colegas que adoram o Pânico justamente por causa das Panicats e o tratamento dado a elas, então há publico para o tipo de humor que eles fazem, no dia que rasparam o cabelo da moça deu um bom Ibope.
  Eu zapeio por ali porque gosto daquele jornal apresentado pelo imitador do Boris Casoy.
  No caso do Meireles foi só um corte de cabelo então eu até suportaria, mas o tratamento chulo as mulheres no Pânico é uma constante, se eu fosse mulher não aceitaria o serviço.
  Eu por conta própria já desisti de entrevista de emprego por notar um excesso de grosseria do líder com os subordinados, o cara pode ser o dono de uma empresa com 1000 funcionários, tem que pensar 10 vezes antes de gritar comigo ou me tratar com grosseria porque será tratado da mesma forma.

  Bem, chegamos a conclusão que para você se permitir ser humilhado tem que se sentir inferior ou por um motivo de interesse maior se sujeitar a isto.

  Lembre-se que ter ORGULHO é se sentir superior, ter um amor próprio exagerado.
  Para não ser humilhado não precisa ser orgulhoso ou ter um amor próprio exagerado, isto irá fazer você se sentir no direito de humilhar os outros.
  Para não se deixar ser humilhado basta que não se sinta inferior e goste de si mesmo ao menos a ponto de se defender de agressões, todos nós temos naturalmente um instinto de sobrevivência.
  Se deixar ser humilhado  por motivo de um interesse maior que seja compensador então você esta sendo “oportunista” ou "pragmático" que são outra situação.
  Medite sobre o que foi exposto e já estaremos prontos para a continuação do texto anterior.




anterior                                           <>                                                próximo
                                                                            

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Poder da Beleza

  “Se você tem orgulho de ter amigos negros compartilhe.”
[FACE]


   Orgulho: 
    Elevado conceito que alguém faz de si próprio.
    Amor-próprio exagerado.
    Brio. 
    Altivez, soberba. 
    Ufania.



  Idolatria e orgulho são dois conceitos com os quais tenho grandes dificuldades de lidar.
  Não consigo idolatrar nada e nem me orgulhar de nada que me lembre.
  Não consigo pensar em nada que me faça ter um alto conceito de eu mesmo.
  Vou caminhar com vocês pela estrutura de pensamento ORGULHO, mas não esperem grande coisa é mais uma força que desconheço, não tanto quanto a idolatria, mas chega próximo.
  Dos povos que já estudei, das nações sobre as quais eu li se eu pudesse escolher queria ter nascido na Noruega ou Holanda.[ou países semelhantes]
  Porque? O jeito como eles pensam me é muito familiar, parece que lá há mais espíritos que vibram na minha “frequencia”, a lógica parece penetrar melhor naquelas mentes.
  No exército me foi dito que eu tinha que ter “orgulho” de ser brasileiro, eu ficava mentalmente igual aquela musica do Tim Maia, “me dê motivos”... 

  Não me lembro de ter pedido para nascer aqui, mas sei que meus pais pagavam impostos e eu pago altos impostos para morar aqui.

  Como ou porque posso me sentir “superior” sendo brasileiro, o que justifica eu ter orgulho de ser brasileiro!? 

  Tá, vamos supor que eu tivesse nascido na Holanda, por conviver com espíritos mais afins ao meu provavelmente minha vida seria mais satisfatória, mas lá também eu pagaria impostos, alem de ter nascido lá por uma vontade de Deus ou ao Acaso, logo me orgulhar de que?
  Há muitos ocidentais que admiram a vida na Índia, lá tem espíritos mais afins a eles, e de certo a vida deles seria mais satisfatória na Índia que na Holanda, como podem perceber é uma questão de GOSTO, “frequência vibratória”, não se trata de superioridade ou inferioridade.

  O que me faria ter orgulho de ter um amigo negro, em que isto me tornaria superior?

  Porque ter um amigo negro é melhor que ter um amigo branco?
  Para um cara igual eu que vê as pessoas como mentes ou espíritos [como preferirem] como posso classificar alguém pela cor da pele... não sei, não consigo.
  Humm... eu tenho que ter orgulho de ser uma pessoa que não faz esse tipo de distinção... mas eu não escolhi ser assim, esta atitude me é natural, me parece LÓGICA, então do que eu deveria me orgulhar, de ser como eu sou !?
  Tenho que ter orgulho de ter uma casa legal, tenho que me sentir superior por ter uma casa legal?
  Mas este pensamento me confunde, então quem tem uma casa melhor que a minha é superior a mim, tenho que me sentir inferior diante de quem tem uma casa de maior valor?
                                                 


  Agora vamos para uma Filosofia muito complexa, respire fundo, limpe sua mente.
  Eu gostaria de ser Holandês, mas sou brasileiro, não há nada que eu possa fazer quanto a isso.
  Tá eu poderia me mudar para a Holanda, mas isto não mudaria meu local de nascimento nem toda cultura brasileira que eu já assimilei.
  Algumas mentes nesta situação ficariam com “raiva” dos holandeses por eles serem uma coisa que elas próprias gostariam de ser, como se os holandeses tivessem alguma “culpa” de ter nascido na Holanda.
  Outras se sentiriam inferiores aos Holandeses pelo mesmo motivo, “eles são algo que elas gostariam de ser”.
  Como eu não tenho orgulho de ser Brasileiro eu não ligo se um Holandês disser que nós votamos muito em corruptos, nós votamos mesmo e isto é péssimo.
  Dizer que o território holandês é mais bonito que o território brasileiro eu já não concordaria, toda região da Terra tem “a sua beleza”.
  Se os Holandeses tentassem nos invadir militarmente eu lutaria para defender o Brasil.
  Vamos para parte que interessa:
  Se um negro é ladrão, um negro é ladrão, como qualquer outro cidadão deve ser punido.
  Se um negro é trabalhador e honesto, é trabalhador e honesto e deve ser tratado como um bom cidadão.
  Se um ladrão branco não é punido com a mesma eficiência, nós devemos lutar para que o ladrão branco seja igualmente punido e não aliviar a barra do negro só porque ele é negro, temos que combater o crime não a cor da pele.

  Mas vamos flutuar por brechas mais light.

  Nós naturalmente tratamos com mais cuidado e carinho o que "nos parece" mais belo.

  A maioria aqui deve trabalhar ou estudar onde tem muitas mulheres então se transporte para este ambiente com muitas mulheres.
  Pense naquela negra ou mulata gostosona e perceba que elas são tratadas com uma atenção especial principalmente pelos homens, já aquela loira ou morena um tanto feinhas são um pouco deixadas de lado em se tratando de cantadas e atenção.
  Para fins Filosóficos desconsidere a existência do amor, se você apontar uma negra, mulata, morena, loira, japonesa, india... todas bonitas e perguntar para um homem com qual ele faria sexo, ele dirá todas...😆
  E todas estas moças bonitas são igualmente bem tratadas.
  Tá, tem gente que realmente não gosta de pele escura, mas também tem muita gente que não gosta de pele clara. Gosto, senhoras e senhores, mais uma vez o GOSTO.

   A conclusão que eu “espero” que você tenha chegado é que independente da cor da pele, ser bonito é uma grande vantagem competitiva.





  Uma loira que não tem uma aparência muito agradável dificilmente será tratada com a mesma atenção que uma negra bonita.

  Por enquanto meditem sobre isto, o poder da beleza, depois continuamos...



anterior                       <>                                próximo
                                                                 

domingo, 22 de abril de 2012

Alfabetização Precoce

  “Matricular crianças com menos de seis anos na escola é uma violência, afirmam especialistas.[R7]

  “Se a criança entrar na escola antes do tempo, também terá que fazer o vestibular antes e, consequentemente, precisará decidir seu futuro ainda no ápice da adolescência. Isso pode resultar em adultos despreparados, que foram colocados muito cedo em uma dinâmica competitiva.” [Andréa Rapoport]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Eu defendo que toda criança deveria ser matriculada com 6 anos no ensino fundamental já para ser alfabetizada e nas creches a partir dos 4 anos já deveriam ter um grande contato com números e letras, desenhando, colorindo, brincadeiras que estimulassem o calculo matemático mais rudimentar.
  Pelo que observo a grande maioria esta apta a isso.
  Penso o contrario dos especialistas.
  Pouquíssimas crianças não estão prontas para serem alfabetizadas já aos 6 anos e muitas com 4 anos já tem um bom discernimento das coisas.
  E as que não tiverem? Bom, quanto mais cedo descobrirmos estas crianças [digamos] “imaturas” melhor poderemos ajuda-las.
  A Andréa defende que poucas crianças estão aptas e a grande maioria  são imaturas, terão graves conseqüências psicológicas caso tenham contato muito cedo com números e letras..
  A Andréa já defendeu sua opinião então agora defenderei a minha, vem comigo!
                                                     ==================
  Aqui no condomínio onde moro os casais tem poucos filhos, média de 2, na rua onde eu morava era muito raro um casal ter apenas 2 filhos, minha mãe teve 7 e 2 morreram.
  Não havia tantos carros nas ruas periféricas sendo comum eu jogar futebol com os colegas no meio da rua, hoje em dia isto seria bem difícil porque na rua onde eu morava a cada 5 minutos passa um carro, sem contar os que ficam estacionados.
  Alem de mais espaço para brincadeiras havia muito, mas muito mais crianças, era muito fácil reunir 22 garotos para jogar bola, por vezes apareciam tantos garotos que tínhamos que montar um terceiro time para muitos não ficarem de fora.
  Hoje em dia um garoto para montar um time de futebol de salão na sua rua terá muita dificuldade, faltam garotos.

  Esta baixa da natalidade não tem volta, os especialistas como a Andréa trabalham com uma realidade de 1950/1960/1970, pararam por aí.

  Em 2012 se uma criança quiser ter contato com muitas outras crianças e não quiser depender da Internet a melhor opção é a ESCOLA.
  Lembrei que quando meu pai e minha mãe nos levavam Domingo na casa da minha vó Timira só o que tinha de primos e primas dava para fazer 4 times de vôlei e colocávamos a rede na rua Cândido Mota, isto mesmo crianças mais ou menos da mesma idade, todos parentes, brincando no meio da rua.
  Hoje em dia se eu levar minhas meninas na casa da minha vó Tidi, as crianças da mesma idade que elas seriam só as 2 filhas de uma de minhas irmãs [meu irmão também tem uma filha, mas é bebe ainda], mesmo na vizinhança seria difícil elas reunirem amiguinhas.
  Resumindo: é bom que crianças tenham contato com outras crianças porque em casa o contato é só com adultos, pai, mãe, tios, avós.
  Depois de muito meditar resolvi logo cedo colocar minha primeira filha em uma escolinha porque era  a melhor maneira dela ter contato com crianças da mesma idade dela e garanto que não me arrependi e até recomendo a outros pais.
  Ela vinha toda animadinha mostrando suas atividades, falando das amiguinhas, mostrando desenhos, planejando passeios...
  Eu tenho duas garotas, mas se fossem meninos eu não sei como eles poderiam jogar futebol se não fosse fazendo parte de uma escolinha. Hoje em dia só nestes lugares podemos encontrar crianças em numero suficiente para montar times de futebol.
  Quero dizer o ÓBVIO que estamos em 2012 e a dinâmica da infância mudou, temos que nadar com a corrente e não contra a corrente.
  Se quisermos que nossas crianças tenham contato com outras crianças temos que matricula-las em escolinhas de todo tipo, de acordo com nossa disponibilidade financeira e o INTERESSE DA CRIANÇA.
  Minhas filhas conhecem o teclado de um computador desde muito cedo, isto fez com que letras e números ficassem muito familiares a elas, depois de 4 anos em escolinhas a alfabetização foi rápida, elas lêem muito bem.
  No mês passado a Ellen veio toda alegre me mostrar que já estava na pagina 157 de um livro, ela tem 9 anos, ela concluiu a leitura 3 dias depois um total de 217 paginas...nada mal!
  A primeira filha [Aléxia] minha esposa conseguiu matricular com 6 anos no ensino fundamental mas a segunda teve que esperar até os 7, foi até meio triste, minha filha louca para começar no ensino fundamental e teve que ficar mais um ano no infantil.
=============================
  Para o texto não ficar muito longo quero lembrar aos senhores que a carga horária aqui no Brasil é baixíssima, sobra ainda muitas horas para a criança brincar fora da escola, mas hoje em dia inevitavelmente este tempo fora da sala de aula acaba sendo usado com a TV ou o Computador, nada contra, apenas acho que mais tempo na sala de aula em contato “pessoal” com outras crianças deveria ser estimulado.
  Até algumas décadas atrás grande parte da população era analfabeta, hoje em dia é raro uma criança que tenha pais que não sabem ao menos ler e escrever, quero dizer que mesmo a criança que não tem computador em casa, tem TV e pais alfabetizados, elas tem muito contato com LETRAS e NÚMEROS.

  Atrasar a alfabetização das crianças é uma das maiores insanidades psicológicas de nosso tempo.

  Poucas crianças terão dificuldade na alfabetização aos 6 anos e as que tiverem será muito útil identifica-las bem cedo para que mais cedo possamos AJUDA-LAS.
  Aí esta minha opinião e parte dos meus ARGUMENTOS; meditem sobre isto...

  

PS: A Andréa vê um grande problema em prestar vestibular muito cedo e optar por uma faculdade muito cedo, eu vejo isto como uma grande vantagem, explico:
        Independente de idade é muito raro alguém ter certeza de que profissão quer seguir na vida, por vezes você escolhe uma todo animado, mas no segundo ano já começa a perceber que não foi uma boa escolha, se você é bem jovem, é menos complicado desistir e já começar outra ou concluir o curso atual e depois fazer outra faculdade, geralmente ainda mora com os pais. 
      Depois de uma certa idade já com esposa e filhos as mudanças de rumo não são tão fáceis.
      A vida não é exata, mas matematicamente podemos dizer que fazer uma outra faculdade com 24 anos é bem mais fácil que com 34. Em um curso de 4 anos na primeira hipótese você terminaria com 28 e na segunda com 38 anos.
  Geralmente com 24 você esta solteiro, com 34 esta casado e com filhos.
  Agora, se você optou pelo curso certo já na primeira tentativa terá mais tempo para fazer pós graduação e cursos de especialização... 
  Como podem perceber a alfabetização precoce é bastante vantajosa em todos os sentidos.



anterior                                           <>                                                próximo
                                                                             

sábado, 21 de abril de 2012

Sobre Loiras

   "Suspeitos de integrar gangue das loiras devem prestar novos depoimentos nesta sexta- feira."


  PARABÉNS A POLICIA!

  Belo trabalho de investigação.
  Ser ou estar loira [tinturas] realmente confere algum poder, podemos dizer que é uma vantagem competitiva.
  Um dia conversando com minha esposa [na época namorada] sobre isso ela disse que era exagero, propus uma experiência.
  Estávamos andando no Shopping Galeria pedi que ela se afastasse de mim, entrei em uma loja com um certo movimento e fiquei esperando ser atendido, minha esposa entrou mais ou menos 2 minutos depois e foi prontamente atendida.
  Ela disse a vendedora que eu havia chegado primeiro e a vendedora me atendeu para não ficar chato...

  Se você quiser atrair a antipatia das pessoas basta não tratar com reverencia os cãozinhos.
  Não precisa nem falar mal, basta não idolatra-los que você será considerado como um ser desprezível.
  Claro que minha mente não consegue entender esta adoração por cachorros, eu simplesmente ACEITO.
  Durante minhas caminhadas vejo aquele adulto com seu cão passeando pelas ruas e calçadas, de vez em quando o cão urina em um poste e o cidadão lá, admirando o cachorro urinando.
  O triste/hilário é quando o cão resolve defecar [claro que não fico olhando para o cachorro, sou um pouco nojento]. 
  Eu fico olhando discretamente para o rosto do indivíduo olhando o cão fazer as necessidades e fico pensando como é que pode?!
  É hilário porque a coleira esta no pescoço do cão, mas Filosoficamente não dá para definir ao certo quem esta dominando quem ali...


                                                       
  No entanto não é sobre cães e seus “donos” que quero falar.
  Você pode não acreditar, mas este texto é para falar de Loiras gostosas.
  Você duvida que eu consiga? Então observe.
  Vejo muitas pessoas gritando contra o “padrão” de beleza imposto pela “sociedade capitalista consumista”.

  
  Quem consegue defender que gostar de loiras gostosas é um padrão imposto a nós pelo capitalismo ao mesmo tempo que defende que um sujeito levantar bem cedo para levar seu cão lindinho para defecar é a coisa mais natural do mundo?


    Alguns cães “lindinhos” estão sempre com a língua para fora babando descontroladamente, outros tem olhos todo esbugalhados, há magrinhos raquíticos, outros tem pelos fartos irregularmente distribuídos que obrigam o dono a gastar uma boa grana com shampo e tosa, eu particularmente acho a maioria dos cães bem feinhos, mas são lindos aos olhos de seus donos.
  Eu até acho alguns cães bonitinhos, engraçadinhos, mas lindo , maravilhoso, um deleite para os olhos... ainda não encontrei nenhum que me provocasse tal sensação.
[o mesmo não posso dizer das loiras gostosonas...😀]

  Porque achamos que o padrão loira/ magra/peituda nos foi imposto?


  Porque achamos natural e ACEITÁVEL boa parte da população gostar intensamente de cachorros ao mesmo tempo que defendemos que é artificial e INACEITÁVEL que boa parte da população goste da loira/magra/peituda [ também mulheres de qualquer tom de pele, gostosonas em geral].

  Há mulheres bonitas de todos os tons de pele, assim como há mulheres feias de todos os tons de pele, há até a situação onde uma pessoa feia para um é muito bonita para outra. Uma mulher é pouco interessante para um homem e maravilhosa para outro.
  Acredito que a maioria já percebeu onde pretendo chegar.
  Esta coisa de que o Capitalismo e o Consumismo impuseram um padrão de beleza as pessoas é PATÉTICO.
  É como tentar defender que o amor daquele indivíduo  por seu cãozinho é fruto da imposição dos Petshops, fruto da ganância do comércio e industria que produzem artigos para animais.

  
Nós somos mentes totalmente ingênuas e indefesas a mercê de empresários alienígenas que invadiram nosso planeta!!!

  O comércio de produtos para cães é CONSEQÜÊNCIA do amor das pessoas pelos animais e não o amor conseqüência deste tipo de comércio.

  Da mesma forma se mulheres gostosonas são mais utilizadas em propagandas é porque elas chamam mais a atenção dos homens.
  Se homens bonitos são usados em propagandas é porque cativam mais a atenção das mulheres.
  Se cãozinhos são utilizados nos mais diferentes tipos de propaganda é porque a maioria da população é muito simpática a esta espécie, há caso de chacinas onde toda família é assassinada, mas o cãozinho é poupado; há homens que abandonam seus filhos, mas não deixam faltar comida ao cachorro...

   Se loiras/magras/peitudas são o desejo sexual de muitos homens porque isto não pode ser NATURAL, tem que ser algo imposto pela “sociedade capitalista burguesa”?

 “Decifra-me ou te Devoro!”




anterior                                           <>                                                próximo