sábado, 30 de junho de 2012

Seja Otimista

“O pessimismo torna os homens cautelosos, enquanto, o otimismo torna os homens imprudentes.” [Confúcio]

  “Rodrigo ressalta que em alguns casos de doenças, as pessoas que acreditam em dias melhores apresentam um prognóstico melhor do que os pessimistas.
    Os indivíduos mal-humorados tendem a não aderir adequadamente ao tratamento da doença de que são portadores; fazem menos esforço para melhorar, têm vida social mais restrita, o que prejudica a qualidade de vida”, frisa.” [Arca Universal]

  Vocês reparam como há médicos sedentários?
  Eles tem conhecimento de tudo que melhora o rendimento do organismo, tudo que previne doenças, logo deveriam servir de exemplo para todos nós concordam?

  Vejam o caso dos Psicólogos, seus filhos deveriam ser sempre pessoas excelentes, seus casamentos não acabariam, o relacionamento com os pais deveria ser sempre muito bom, afinal eles são profundos conhecedores do cérebro humano, estão aptos para lidar satisfatoriamente com qualquer situação relacionada ao comportamento humano.

  “A mãe de Suzane tinha um consultório de psiquiatria, onde atendia pacientes vítimas de surtos psicóticos.
  Ironicamente, costumava dizer que tragédias como a que a vitimou chegam sem aviso prévio e podem acontecer em qualquer família, com qualquer um.
  Segundo informações de pessoas próximas, os dois nunca tiveram problemas com os filhos, até o começo do namoro entre Suzane e Daniel.
  O casal fazia oposição ao relacionamento e impedia a filha de sair com o namorado.” [Noticias Terra]

  Suzane não teve um surto psicótico, o crime foi “planejado” com mais duas pessoas, todos estavam em surto!?

  O que dizer de padres e pastores?
  Seria inimaginável cometerem algum tipo de crime, deveriam ser homens à beira da santidade.

  Certos “aconselhamentos” que leio me dão tédio porque eles apresentam soluções as quais você não tem acesso.

  É algo assim.
  Você adora jogar vôlei, tem 18 anos e mede 1,65 metros, algum “especialista” diz que para você ter um bom rendimento no vôlei é importante que tenha mais de 1,80 metros.
  Notem que é uma realidade que não tem como ser contestada, realmente ser alto facilita suas ações no vôlei.
  Acontece que ninguém cresce em altura apenas por otimismo ou força de vontade.
  Tudo é bem “simples” basta você serrar o fêmur e colocar 15 centímetros de titânio em cada um deles [que eu saiba isso não é possível] ou tirar osso de algum defunto qualquer...para fins puramente estéticos você não terá acesso:

  Quais pacientes podem precisar de um transplante ósseo?
  Aqueles que apresentem perdas ósseas decorrentes de tumores, trocas de próteses e traumatismo, além de pacientes portadores de deformidades congênitas e de coluna, problemas odontológicos, etc.

  Você sabe quantas pessoas podem ser beneficiadas em uma doação de ossos?
  Os ossos retirados de um doador, após seu falecimento, podem beneficiar aproximadamente 30 pessoas.

  Autorizada a doação, o cadáver ficará mutilado ou deformado?
 Não. O cadáver do doador passa por uma cuidadosa reconstrução. Retiram-se os ossos dos braços e das pernas e, em substituição, colocam-se outros de material sintético. Sendo assim, a aparência do doador permanece preservada. [Intosaude]
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
Todos temos acesso ao Otimismo?

  Sabemos que uma pessoa otimista consegue ser curada mais rápido, acontece que otimismo é uma característica da sua personalidade, não é tão simples alterar sua frequência, sua NATUREZA.
  Eu não gosto de sair de casa e fiquei sabendo de uma pesquisa onde quem sai mais de casa e frequenta bares, se mantém mais “empregável” e até ganha mais.
  O motivo é bem prosaico, você tem laços de amizade mais intensos como consequência disso um melhor “Networking”.
  Sabemos que as promoções nas empresas tem um forte componente emocional a MÉRITOCRACIA é deixada em segundo ou terceiro plano.
  O primeiro e segundo plano são ocupados pela simpatia da direção ou por indicação de alguém influente.
  Resumindo: rede de amigos, rede de contatos.

  Se a mulher transa com o diretor ou o homem toma um chopinho com a chefia claro que as chances de promoção são muito aumentadas.
  Logo, para minha situação profissional ficar melhor seria muito importante que eu fosse mais “sociável”, saísse mais de casa, até bebesse umas cervejinhas, dependendo do nível até whisky, simples não?
  NÃO!
  Eu não gosto de sair de casa, por uns tempos fiquei receoso de desenvolver síndrome do pânico. 
  Me obrigar a ficar em uma mesa de bar falando futilidades seria um enorme sacrifício, eu acabaria sendo desagradável e chato.
  Precisaria anos de psicanálise para eu “ser curado” desse mal.
  O problema é que esse gostar de ficar em casa faz parte da minha natureza, William Robson é assim, tirar essa característica significa alterar minha assinatura pessoal, me obrigaria a ser uma outra pessoa, ficaria constantemente lutando contra eu mesmo.

  Voltando ao papo sobre trabalho; eu preciso trabalhar então consigo ser um bom profissional, não me sinto obrigado a gostar de trabalhar, se eu ganhasse na loteria daria uma churrascada para os companheiros, gosto muito de todos, mas...Tchau!
  Evidente que eu me ocuparia com alguma atividade do meu interesse.
  Do mesmo jeito que reconheço a necessidade de trabalhar, conheço os benefícios de ser otimista, sempre tento olhar os acontecimentos sem colocar mais drama do que a realidade me apresenta, consigo até rir de eu mesmo, mas conseguir ver um lado bom em tudo...está além da minha natureza, tem muitas coisas que são um pé no saco e não consigo me iludir que não são.
  Tenho um texto sobre Lavagem Cerebral e Manipulação, são várias técnicas que podem ser aplicadas simultaneamente.
  Elas sempre começam por te fragilizar, te fazer sentir culpado de alguma coisa como não conseguir ser otimista, por exemplo.

  Você tem que ser sempre alegre e otimista, ser FELIZ, se você não é feliz está doente e o manipulador te oferece a cura.

  Toda técnica começa por te fragilizar de alguma forma, vamos flutuar por este plano de pensamento MANIPULAÇÃO MENTAL.
  To be continued...


Não é desculpa é um fato.

A Força estava com Darth comigo só ficou a Preguiça...

Anterior          <>        Próximo 

sexta-feira, 29 de junho de 2012

UFOS na Mente

   “Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.” [Bíblia]

  Não temos que lutar contra carne e sangue e sim contra a maldade inclusive nos lugares celestiais!
  Eu e minha esposa fizemos sexo antes do casamento, um grande PECADO para maioria das religiões.
  Quando isso acontece dizem que o homem fez “mal” para a moça.
  Sei lá! Minha esposa nunca reclamou.
  Se fiz algum mal para ela juro que nunca percebi, ela até casou comigo, com o “agressor”.
  Percebem que muitas doutrinas lutam contra carne e sangue?

  “- O ato sexual em si é um grande mal (pecado) e contra ele devemos lutar, sexo só depois do casamento, só para procriação.”

  Meu problema é que não consigo identificar onde houve a maldade nesse caso.
  Se eu tivesse criminosamente estuprado minha esposa ou qualquer mulher concordo que seria um grande mal, eu prejudiquei alguém.
  Se eu irresponsavelmente tivesse gerado filhos e os tivesse abandonado, sem dúvida seria um grande mal, afinal eu coloquei crianças no mundo sem lhes dar um suporte adequado.
  Do jeito que aconteceu foi bom para mim, foi bom para ela, não aconteceu nenhum mal, então onde está o pecado?
  Foi só por infringir as normas de um Livro Sagrado?
                                       
  Tá, os puritanos irão dizer que pecado houve, mas foi reparado uma vez que me casei com minha esposa.
  E se não tivesse casado?
  De repente com uma maior convivência eu chegasse à conclusão que não queria casar com ela, eu deveria me obrigar a casar por conta de um relacionamento sexual?

  Será que é sensato reduzir o relacionamento homem mulher a algo tão medíocre “transou tem que casar”.

  Nessa nossa sociedade feminista já devem estar me tomando como um cara monstruoso, insensível, filho do demo...
  Vamos usar a Dialética?
  E se minha esposa chegasse à conclusão que não queria casar comigo, me desse um chute no traseiro [acreditem, na vida real mulheres também fazem isso], com o tempo me achasse muito chato ou se apaixonasse por outro?
  Você colocaria em minha esposa as mesmas “algemas comportamentais”, “transou tem que casar”.
  Ou seja, a mulher caberia a “obrigação” de casar com o primeiro homem que a levasse para cama não importando nada mais, é isso mesmo que você está defendendo?
  Logo, a uma mulher “direita” só é concebível o sexo depois do casamento e caso por um deslize, uma fraqueza da “carne” ela ceda ao desejo nada mais lhe resta a não ser casar ou ficar desonrada.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Essa introdução foi apenas para preparar sua mente para algo bem complexo com aparência de muito simples.

  Perdemos tanto tempo lutando contra carne e sangue e nem percebemos que o foco de nossa luta deveria ser contra a maldade em nossa alma e a maldade nas situações.

  Se o sexo antes do casamento te ofende... NÃO FAÇA!

  Agora, se um casal quer fazer, faz com responsabilidade e não provoca nenhum mal, nenhuma maldade, porque você vai despender energia contra esse casal se tem tantos pais irresponsáveis e estupradores assassinos por aí?

  Se o homossexualismo te ofende... NÃO PRATIQUE!

  Agora, se os indivíduos vivem de comum acordo como cidadãos de bem porque lutar contra eles?
  Eu já fui chamado de homofóbico por questionar certos privilégios que querem conceder aos gays, como uma justiça toda especial só para eles, agressão é agressão, porque um hétero ser agredido é um crime normal e um homossexual ser agredido é um crime hediondo!?
  O gay ou qualquer outra minoria passa a ter tratamento especial pelo simples fato de ser minoria, não te parece uma “subversão da lógica”.
  Se um gay por um desentendimento qualquer me chamar de burro, ignorante... tudo bem!
  Se eu chamar ele de bicha louca... é crime!?
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Escrevi muito sobre o conceito de Yin/Yang, observamos que o certo/errado, bem/mal, positivo/negativo são muito relativos.
  A luz [pensamento] que mostra objetos não identificados em nossa mente, também pode nos cegar se for intensa. [Fanatismo]
  O Sol ilumina tudo, mas se olhamos diretamente para ele ficamos cegos.

  O importante é você perceber que [Segundo a Bíblia] nem em reinos celestiais você estará imune ao “Lado Escuro da Força”, a luz e a escuridão fazem parte da dinâmica da vida, nem sempre a escuridão é má e a luz é boa, isso seria uma linearidade e pensamentos lineares não servem para flutuarmos pelo Abismo.
  Pense na luz do dia e na escuridão da noite, você acha realmente que a vida na Terra seria mais agradável se não houvesse a noite?
 
  A noite é o reino da calma, reino da pausa, tempo de amar
  A noite é tanto prazer, tantos encontros, tanto se dar
  A noite é amiga dos homens, na mesa o jantar
  A noite é trégua no mundo, seu corpo despido e junto do meu
  A noite é manto sagrado e UFOS no céu... 

  [A Noite - Guilherme Arantes]

  Há muita maldade espiritual/mental nesse mundo é contra isso que nossa luta vale a pena, mas se você elege como inimigo o sangue e a carne só por ser sangue e carne... não importa se você está em uma situação de luz ou escuridão...permanecerá CEGO!



  A MAIÊUTICA socrática tem como significado “dar à luz”, “parir” o conhecimento.

  É um método ou técnica que pressupõe que a verdade está latente em todo ser humano, podendo aflorar aos poucos na medida em que se responde a uma série de perguntas simples, quase ingênuas, porém perspicazes.

  Sócrates conduzia este “parto” em duas etapas:

1 - Levava o interlocutor a duvidar de seu próprio saber sobre determinado assunto, revelando as contradições presentes em sua atual forma de pensar, normalmente baseadas em valores e preconceitos sociais.

2 - Levava o interlocutor a vislumbrar novos conceitos, novas opiniões sobre o assunto em pauta, estimulando-o a pensar por si mesmo.

  Ou seja: a maiêutica primeiro demole, depois ajuda a reconstruir conceitos, transitando do básico ao elaborado, “parindo” noções cada vez mais complexas.
 
   A autorreflexão, expressa no nosce te ipsum — "conhece-te a ti mesmo" — põe o Homem na procura das verdades universais que são o caminho para a prática do bem e da virtude.
  A maiêutica, criada por Sócrates no século IV a.C., tem seu nome inspirado na profissão de sua mãe, Fanerete, que era parteira.

 [Wikipédia]


Anterior          <>        Próximo 

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Impossível Morrer

“Sucedeu que, quando o SENHOR estava para elevar a Elias num redemoinho ao céu, Elias partiu de Gilgal com Eliseu.” [2 Reis 2:1]

  “E sucedeu que, indo eles (Elias e Eliseu) andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho.
   Eliseu, clamou:
  - Meu pai, meu pai, carros de Israel, e seus cavaleiros!
  E nunca mais o viu.
   Eliseu pegou a capa de Elias, que dele caíra; e, voltando-se, parou à margem do Rio Jordão.
   Encostou a capa nas aguas do rio e disse:
  -Onde está o SENHOR Deus de Elias?
  Ao fazer isso as aguas do rio se dividiram e Eliseu passou.
  Vendo-o, pois, os filhos dos profetas que estavam defronte em Jericó, disseram:
  -O espírito de Elias repousa sobre Eliseu.
  E vieram-lhe ao encontro, e se prostraram diante dele em terra.” [2Reis 2:10-16]
 [Tirei os excessos do texto para torna-lo mais compreensível]

  Antes de mais nada observem que Eliseu teve imediatamente sua autoridade reconhecida pelo povo de Israel, sendo desnecessária a morte de 42 crianças:

 “Então subiu (Eliseu) dali a Betel; e, subindo ele pelo caminho, uns meninos saíram da cidade, e zombavam dele, e diziam-lhe: Sobe, calvo; sobe, calvo!
  E, virando-se ele para trás, os viu, e os amaldiçoou no nome do SENHOR; então duas ursas saíram do bosque, e despedaçaram quarenta e dois daqueles meninos. [2 Reis 2:23-25]

  Mas não é sobre isso que voltaremos a falar, vamos meditar sobre a “morte” de Elias.

  Pensadores Cristãos enchem a boca para falar que Elias não morreu, foi “arrebatado”.

  Se ele não morreu fisicamente temos que admitir que ele vive em carne e osso no reino Celestial.
 Isso é uma contradição pois é dito na Bíblia que carne e sangue não herdarão o reino do Céu.
  Deve ser difícil para Elias continuar vivendo na carne negligenciando todas as suas necessidades.
  Elias seria mais especial até que Jesus uma vez que Jesus morreu fisicamente.
  Os pensadores cristãos argumentam que se Deus pode tudo, pode criar essa exceção...
  Essa linha de raciocínio é uma faca de dois gumes, uma linha muito frágil e perigosa Filosoficamente.
  Ela sugere que as regras são variáveis, muito flexíveis, logo, deveriam descartar todo e qualquer livro sagrado uma vez que tudo que estiver nele pode ser alterado a qualquer momento unilateralmente, a “supremacia da administração” divina usada a bel prazer.
  Exemplo: “Jesus é o único caminho.”
  Mas Deus pode criar exceções, logo, Jesus pode não ser o único caminho.

  Claro que as “exceções” trazem consequências.                                                
  Imaginem a situação desconfortável de Elias, ele é o único com um corpo biológico limitado em um mundo de corpos espirituais...isto é um prêmio ou um castigo?
  Imagine que você fosse arrebatado para morar em um lugar maravilhoso com um detalhe, é no fundo do mar.
  Como seus pulmões não seriam alterados você teria que usar constantemente traje de mergulho ou ficar em recintos pressurizados, sua vida seria muito limitado em relação aos outros habitantes.
  Percebem que a idéia de que Elias está vivendo em osso, carne e sangue em um mundo espiritual é RIDÍCULA!

  Considerando que o arrebatamento aconteceu é mais lógico teorizar que Elias foi direto para um reino celestial, sem necessidade de dormir, passar por purgatório ou audiência de juízo.
  No entanto é evidente que sua morte física ocorreu, seu corpo biológico foi decomposto, desintegrado para que ele vivesse em um corpo espiritual.
  Isto não é nada difícil para Deus, nós mesmos conseguimos fazer esta proeza, em uma explosão nuclear o calor gerado é tão grande que se você estiver próximo vira cinzas instantaneamente.

 Quando os pensadores Cristãos enchem a boca para falar que Elias não morreu deveriam usar a Dialética e admitir que ninguém nunca morreu... é IMPOSSÍVEL MORRER explico:
 Pelo Protestantismo minha vida iniciou com minha fecundação a partir deste momento “espiritualmente” estou VIVO.
  Quando meu coração parar de bater, eu tiver morte cerebral, espiritualmente eu continuarei vivo, ficarei adormecido até o dia do juízo final.
  No juízo final acordarei e serei lançado ao Inferno ou encaminhado para um reino celestial.
  Nos dois lugares continuarei VIVO eternamente, sofrendo no caso do Inferno ou regozijando no caso de um reino celestial.
  Logo, depois que nascemos [segundo o Catolicismo e o Protestantismo] é impossível morrermos a única diferença entre nós e Elias é que passaremos um tempo adormecidos e teremos um dia do juízo.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Transfiguração:

  Seis dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro, e a Tiago, e a João, seu irmão, e os conduziu em particular a um alto monte,
  E transfigurou-se diante deles; e o seu rosto resplandeceu como o sol, e as suas vestes se tornaram brancas como a luz.
  E eis que lhes apareceram Moisés e Elias, falando com ele.
  E Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: Senhor, bom é estarmos aqui; se queres, façamos aqui três tabernáculos, um para ti, um para Moisés, e um para Elias.
  E, estando ele ainda a falar, eis que uma nuvem luminosa os cobriu. E da nuvem saiu uma voz que dizia: Este é o meu amado Filho, em quem me comprazo; escutai-o.
  E os discípulos, ouvindo isto, caíram sobre os seus rostos, e tiveram grande medo.
  E, aproximando-se Jesus, tocou-lhes, e disse: Levantai-vos, e não tenhais medo.
  E, erguendo eles os olhos, ninguém viram senão unicamente a Jesus.
  E, descendo eles do monte, Jesus lhes ordenou, dizendo: A ninguém conteis a visão, até que o Filho do homem seja ressuscitado dentre os mortos.
  E os seus discípulos o interrogaram, dizendo: Por que dizem então os escribas que é mister que Elias venha primeiro?
  E Jesus, respondendo, disse-lhes: Em verdade Elias virá primeiro, e restaurará todas as coisas;
  Mas digo-vos que Elias já veio, e não o conheceram, mas fizeram-lhe tudo o que quiseram. Assim farão eles também padecer o Filho do homem.
  Então entenderam os discípulos que lhes falara de João o Batista.
  [Mateus 17:1-13]

  Jesus disse que os apóstolos viram Elias, mas não o reconheceram, me parece “possível” dizer que o espirito de Elias estava reencarnado no corpo de João Batista.

  Elias foi arrebatado, ficou um tempo em algum reino celestial e reencarnou na figura de João Batista.

  A outra hipótese é insatisfatória: Elias estava vivo em carne e osso vivendo entre os apóstolos!
  Elias estaria vivendo até os dia de hoje como um Highlander?
  Então seu arrebatamento foi uma mentira, ele não subiu ao reino dos Céus?

  Oras, quando Jesus falou com Elias ele não estava encarnado, ao menos desencarnou por aqueles dias, e oras vejam só, João Batista não tinha desencarnado por aqueles dias?

  Percebem que Filosoficamente é muito mais aceitável, satisfatório, admitir que João Batista foi a reencarnação de Elias?

  Por favor, vocês que que não acreditam em reencarnação e aceitam a Bíblia como 100% a palavra de Deus não se sintam ofendidos comigo.
  Confiram os versículos, leiam a Bíblia.
  Jesus realizou seu ministério por apenas 3 anos se nesse curto período o Espirito Santo de Deus [o autor da Bíblia] achou por bem deixar registrado que Jesus falou com dois “desencarnados” ... reclame com ele!

  Se a reencarnação é mais uma das “exceções” bíblicas quem pode afirmar com certeza que a exceção não virou regra.
  A salvação dos gentios era uma exceção e virou regra.
  To be continued...


Anterior          <>        Próximo 


quarta-feira, 27 de junho de 2012

Regime Militar

  “O uísque é o melhor amigo do homem. É o cachorro engarrafado.” [Vinícius de Moraes]

  Eu aprendo muito escrevendo textos.

  Quando começo a escrever tenho apenas o esboço do pensamento uma “provocação”, outros pensamentos são trazidos do que lembro da leitura de grandes pensadores e do conhecimento acumulado.
  Tem também o que chamo de “pensamentos selvagens” eles me protegem da loucura, da total imersão no abismo, me levam a produzir pensamentos ao invés de ficar apenas meditando sobre pensamentos dos outros.

  Já aconteceu começar escrever o texto com uma intenção e quando vejo ele toma vida própria me levando para uma outra direção como no caso das sacolinhas de supermercado.

  Aconteceu uma mudança de posicionamento enquanto debatia sobre o regime militar no Brasil, eu tinha uma idéia a respeito do regime militar que foi muito mudada a favor dos militares.
  Claro que eles fizeram coisas condenáveis, mas nos livraram de uma turma bem pior que eles.
  Sabiam que para não parecer pró regime militar eu deixei de publicar um texto?
  É, mas ele está gritando para ser publicado então vamos lá!
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  “O compositor, malvisto pelo governo militar, havia acabado de ser expulso do serviço diplomático, depois de 26 anos de carreira.
  A acusação, diga-se, não foi de subversão.
  Vinicius foi afastado por “conduta irregular”, ou seja, era artista e bebia.
(Há uma versão bem fundamentada de que a ordem de sua aposentadoria compulsória veio diretamente do presidente militar de plantão, marechal Arthur da Costa e Silva, nos seguintes termos: "Demitam esse vagabundo”). [Veja]


  Como a maioria dos brasileiros que nasceram durante o regime militar eu não vivi intelectualmente/conscientemente esse período, era criança.

  Na adolescência meus pensamentos sobre o regime militar eram os piores possíveis.

  Eu gosto muito das músicas de Tom Jobim e Vinícius de Moraes quando me disseram que Vinícius era diplomata e foi demitido devido perseguição política que o fez ficar com depressão... foi mais um motivo para eu detestar tudo que o regime militar “representou” para o Brasil.
  Eu que meditei sobre inúmeros temas não havia parado para pensar detidamente no que aconteceu de 1964 a 1984.

  Minhas impressões sobre o regime militar eram baseadas no que me foi passado pelos professores na escola e pela imprensa.

  Eu entendo a bronca da Imprensa contra o Regime Militar, afinal os caras tinham um forte aparato de censura e isso não permite uma Imprensa de boa qualidade, mas se olharmos para países onde os Comunistas chegaram ao poder podemos dizer tranquilamente que nossa censura foi mínima perto do que ocorreu em Cuba, China ou URSS.

  O que observei é que imprensa e professores endeusaram de tal forma o Comunismo e amaldiçoaram tanto o Regime Militar que até minha razão/bom senso sobre o assunto foi comprometida.

  Vejam um caso:

  Assistindo o programa Provocações, durante uma entrevista Abujamra disse que em passagem pela Europa precisou falar com o consulado brasileiro, foi animado, pois sabia que Vinícius de Moraes era o diplomata em questão.
  Chegando lá de manhã, conversando amigavelmente com o recepcionista disse que queria falar com o Diplomata Vinícius de Moraes do qual era muito fã ao que o recepcionista respondeu que de manhã Vinícius não dava expediente porque dormia até tarde por conta de seus hábitos noturnos, nos bares.
  Abujamra disse que procuraria por ele à tarde no que o
recepcionista disse que as tardes Vinícius raramente ia trabalhar!
  Abujamra e seu convidado riram... “esse Vinícius”... “ah, Poetinha!”

  Eu pensei; não é nada engraçado!
  Ele vivia na boêmia, trabalhava quando queria e ganhava um bom salário pago pelo povo brasileiro.
  Do quê Abujamra e seu convidado achavam graça?
  Por ele ser artista tudo era permitido!?
  Coincidentemente lembrei desta entrevista quando estava debatendo sobre a ditadura.

  A demissão de Vinícius não foi perseguição política, foi algo muito justo.

  Eu lamentavelmente passei anos recriminando o regime militar pelo que tinha feito a Vinícius de Moraes.
  Vinícius foi um grande artista, continuo admirando sua arte, ele até me serviu de amostra em um texto em que defendi que algumas mentes funcionam melhor quando expostas ao álcool, Vinícius bebia além da conta, não duvido que muitas vezes foi trabalhar embriagado...quando foi trabalhar.
  Por tudo que li conclui que Vinícius não era um bom funcionário público, mereceu ser demitido, aliás ganhou aposentadoria compulsória, sua punição foi passar as tardes em Itapuã!?


Um velho calção de banho
Um dia prá vadiar
O mar que não tem tamanho
E um arco-íris no ar

Depois, na Praça Caymmi
Sentir preguiça no corpo
E numa esteira de vime
Beber uma água de côco
É bom!

Passar uma tarde em Itapuã
Ao sol que arde em Itapuã
Ouvindo o mar de Itapuã
Falar de amor em Itapuã   

  Em mais essa situação reconheço que fui infantilmente injusto com o regime Militar.

  Sejam tolerantes com minha Insanidade Virtual, “eu prefiro ser esta metamorfose ambulante do que ter aquela mesma velha opinião formada sobre tudo.”
                                                           Virtual Insanity



Anterior          <>        Próximo 

terça-feira, 26 de junho de 2012

Crime Administrativo

  "A corrupção não é uma invenção brasileira, mas a impunidade é uma coisa muito nossa." [Jô Soares]

  "A EBC foi criada em outubro de 2007 como um grande projeto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para criar uma TV Pública.
  O ministro Franklin Martins é quem comanda o setor.
  A relação entre EBC e a Tecnet desperta a atenção não só pelo fato de o filho do ministro trabalhar na empresa contratada pela pasta comandada pelo pai.
  O processo de concorrência é nebuloso." [Estadão]
                                                 
  Protegido pela lei o Estado pode literalmente acabar com sua empresa ou leva-la a ser líder de mercado, veja o caso da construtora Delta e tantas outras.
  Porque você acha que os proprietários das Empresas terceirizadas não dizem nada quando ocorre atraso nos repasses de pagamento?
  Eles não podem dizer a verdade e não tem mentiras que consolem os funcionários que não receberam seus salários acredito que em alguns casos eles de maneira discreta até incentivem a greve para pressionar o Governo a lhes pagar.
  A verdade é que a empresa contratada pelo Estado depois de algum tempo não tem mais de onde tirar dinheiro.
  Brigar com o Estado na justiça é uma péssima estratégia a pendenga vai demorar anos e anos, o Estado pode esperar você não.
  Se você ficar quietinho na sua e pagar algum por fora a pessoa certa tudo ficará bem.
  O problema é que você sacrificou sua margem de lucro para ganhar a licitação, pagando propina o contrato passa a não ser satisfatório, é muito trabalho para baixa lucratividade, você até sente saudades do tempo que seu maior contrato era com uma pequena Empresa Privada.
                                                 
    Claro que o administrador público “certo” entende sua situação afinal foi ele que a criou.
  Ele pode colocar aditivos no contrato aumentando sua margem de lucro, mas sabe como é, uma mão lava a outra.

  Para você não ter grandes problemas ao prestar serviços para o Governo tem que ter muita SORTE para se relacionar com um administrador de bom caráter e ciente de suas responsabilidades.

  Caso contrário terá que ter muito, muito, muito capital de reserva.
  Isso é mais que injusto, é perverso, porque vira coisa para cachorro grande, ricos empresários que até pagam campanhas dos políticos invertendo a supremacia da relação, “você me arruma bons contratos ou não financio mais sua eleição”.

  Você cidadão que teoricamente deveria competir em igualdade de condições e ter os contratos sendo respeitados se verá obrigado a ficar mais sujo que pau de galinheiro.
  Se as coisa derem errado e um Tribunal de Contas resolver levar a sério suas atribuições de fiscalização não tenha dúvidas que o grande prejudicado será você.
  O Marcos Valério está preso e os políticos que ficaram com o grosso do dinheiro estão todos soltos.

  No caso da Delta agimos emocionalmente demonizando seus proprietários, mas se fossemos um pouquinho lógicos tentaríamos uma revisão urgente destes processos de licitação pública.

  A Supremacia da Administração não deveria servir para extorquir empresários que se veem obrigados a se corromperem caso queiram ter algum sucesso na relação comercial com o Governo.

  O não pagamento em dia do Governo a um fornecedor só deveria ser admitido em situação de grande tragédia, uma grande impossibilidade, algo excepcional.

  Sem uma boa justificativa deveria ser CRIME administrativo, o responsável deveria ser destituído do cargo ao mesmo tempo que o Estado seria obrigado a efetuar o pagamento.
  Por isto tome cuidado quando jogar toda a culpa nas costas de um “empresário corrupto”.
  Ele é peixe pequeno, o grande tubarão é o Governo e o Governo é responsabilidade nossa.
  Mas tudo isso que escrevi não é importante, o importante mesmo é que vamos sediar a Copa! [Escrito em 25/06/2012]
  Isquindô, isquindô, 200 milhões em ação pra frente Brasil SALVE A SELEÇÃO!




Anterior          <>        Próximo