quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Profissão de Fé

  “Louvam-se ou criticam-se muitas coisas porque está na moda louvá-las ou criticá-las.” [Rochefoucauld]

  Aqui em Campinas está na moda falar mal do aumento dos salários dos vereadores e o aumento do número de vereadores.

Adquira Conhecimento:

  “A Constituição Federal estabelece limites para remuneração dos vereadores com base na população do município e no salário pago aos deputados estaduais.
  O valor varia de, no máximo, 20% do subsídio dos parlamentares da Assembleia para cidades com até 10 mil habitantes, até 75% em cidades com população maior do que 500 mil.”  [EPTV]

  Campinas tem mais de 500 mil habitantes, logo vereadores podem ganhar até 75% do que ganha um Deputado Estadual.

  Eu defendo que a política não deve ser uma “profissão de fé” aquela que exercemos sem interesse financeiro com a única intenção de ajudar o próximo.
  Um bom médico salva muitas vidas de certo deve gostar do que faz, porque faz algo que gosta e é útil a sociedade o bom médico deve fazer de graça ou ganhar pouco?
  Seu pagamento deve ser a satisfação em ajudar a comunidade!?

  Com o político é a mesma coisa, porque ele gosta de política e se responsabiliza pela qualidade de vida em sociedade de muitas pessoas ele tem que abrir mão de um bom salário, a satisfação de servir a comunidade deve bastar?
  O político deve se sacrificar nessa vida para ter uma “recompensa” [galardão] depois da morte?
  Política deve ser uma “profissão de Fé” em outra vida nos reinos do Céu?
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Imagine a seguinte situação:
  Você ganha 10 mil na função que exerce na Empresa, mas a diretoria estabelece que no seu cargo você pode ganhar até 20 mil, basta querer.
  Isso mesmo, basta você e todos que ocupam o mesmo cargo querer o salário de 20 mil e ele será pago.
  E não é só isso, a Diretoria permite que você aumente seu número de auxiliares de 25 para 30, basta você querer está no estatuto da empresa.
  Não se preocupe com dinheiro ou em quebrar a Empresa, se você não usar a regalia outro irá usar em seu lugar.

  Não sei quanto a vocês, mas eu não sou HIPÓCRITA, se tenho direito a 20 mil e mais 5 auxiliares VOU EXERCER O DIREITO CONCEDIDO.

  Posso contratar mais 5 auxiliares e o dinheiro nem sairá do meu bolso, porque não ajudar amigos e colaboradores?
  Ganhar 10 mil a mais dá para realizar um sonho ou engordar a poupança, ainda mais se tratando de cargo eletivo, não sei se serei reeleito.

  O que meus conterrâneos de Campinas não entendem é que essa possibilidades de ganho para os vereadores está previsto na CONSTITUIÇÃO FEDERAL.
  A discussão, o debate sobre isso não deve ocorrer no Município, mas lá em BRASÍLIA.

  Você votou em Deputado Federal, votou em Senador, votou no Presidente da República, são esses agentes políticos que tem poder para alterar a Constituição.
  Eu defendo que político deve ganhar muito bem, não entendo um técnico de futebol ganhar muito mais que o Presidente da República ou Governador.
  Nossas prioridades são estranhas!

  Não me parece que o problema esteja nos salários, o problema é não escolhermos pessoas competentes para votarmos, o problema é não punirmos exemplarmente quem desvia dinheiro.

  Exemplo:
  O povo de São Paulo mandou para representa-lo no Congresso Nacional o Tiririca, quem votou no Tiririca para representa-lo deve lembrar disso e você, lembra em quem votou para Deputado Federal, Deputado Estadual ou Senador?
  Anulou seu voto?

 “Ao menos os eleitores que anulam o voto, ficam com a consciência tranquila!” [Comentarista no G+]
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Não sei como!
  Se quem não vota se considera inteligente fica paradoxal.

  “Sou muito inteligente para votar então deixo que os idiotas elejam seus preferidos”.
  “Minha vida vai ser profundamente afetada pelo Governante eleito, mas o importante é minha consciência tranquila de que não votei em ninguém.”

  Quem me explica essa “lógica”?

    Mas você não está nem aí com essas coisas, a lógica não entra em sua mente, você reclama do que está na moda reclamar, elogia o que está na moda elogiar.
  A moda é reclamar dos salários, queremos que os vereadores abram mão do que nós no lugar deles não abriríamos... é muita hipocrisia.
  Desculpe-me se a realidade apresentada no texto não te agradou, não está na moda apontar a realidade observável, eu sou um cara fora de moda...azar o meu.


   "Estamos tão familiarizados com a hipocrisia que a sinceridade de alguém nos parece sarcasmo." [Helena]






anterior                       <>                                próximo

Postar um comentário