quarta-feira, 31 de julho de 2013

Melhor Resposta

“Minha preocupação não está em ser coerente com as minhas afirmações anteriores sobre determinado problema, mas em ser coerente com a verdade.”
[Gandhi]

  Lendo esse Blog é difícil encontrar alguma incoerência, mesmo buscando afirmações anteriores.
  As ideias expostas no Blog são a ponta de um iceberg de muitos anos de leituras, meditações, debates ... passaram por uma longa lapidação, refinamento.

  É evidente que muitas das minhas ideias quando eu tinha 18 anos entrariam em choque com o que penso hoje, mas as de hoje são bem mais sólidas/fundamentadas.

  Por exemplo, com 18 anos eu era muito fã das idéias de Ralph Waldo Emerson, sua base filosófica é a "Lei da Compensação" onde tudo de alguma maneira é compensado.
  [Colocava Emerson no mesmo nível de Sócrates]

  "Quem pratica o mal colhe o mal, quem pratica o bem colhe o bem."

  Isso já faz muito tempo, não tenho textos dessa fase porque não escrevia, só lia outros pensadores, meditava e fazia anotações.
  Se eu escrevesse textos nessa fase de certo eles teriam muitas contradições se comparados com os de hoje.
  Acho a teoria da Compensação de Emerson incrivelmente bonita, pena que não corresponde a uma REALIDADE OBSERVÁVEL.
  Allan Kardec e outros pensadores foram muito influenciados pela teoria da Compensação de Emerson.

 “O que hoje percas a favor de alguém, amanhã receberás sem prejuízo de ninguém.”
 - Joanna de Ângelis – Vida Feliz, cap. CXLIV.
  A Lei de Compensação é lei Divina, Universal e, consequentemente, telúrica, que abarca todos os seres que habitam a Terra, atuais e futuros.
  Sem exceção, todas as criaturas estão ligadas, por meio de poderosos vínculos, ao seu passado, onde estão as causas matrizes das ocorrências do seu momento presente, e que irão influenciar na construção do seu futuro.


  “Todo o excesso causa um defeito; todo defeito, um excesso.
   Todo doce tem seu amargor; todo mal, seu bem.
   Toda faculdade que é um receptáculo de prazer tem um castigo igual aplicado sobre abuso.
   É para responder por sua moderação com a vida.
   Para todo grão de bom senso existe um grão de insensatez.
   Por tudo que você perdeu, ganhou outra coisa e por tudo que ganha, perde alguma coisa.
   Se as riquezas aumentam, crescem para ser aproveitadas.
   Se o colhedor acumula demais, a natureza tira do homem o que coloca em seu cofre; desenvolve a propriedade, mas mata o proprietário.
   A Natureza odeia monopólios e limitações.
   As ondas do mar não procuram, mais rapidamente, um nível de sua encapeladura mais elevada, do que as diversidades de condição tendem a igualar a si mesmas.
   Há sempre alguma circunstância niveladora que coloca os autoritários, os fortes, os ricos, os felizes, substancialmente, na mesma posição dos outros.”
  [Emerson]

  É uma teoria bonita, observável em muitas coisas, “na natureza nada se cria tudo se transforma” já dizia Lavoisier.

  Acontece que uma coisa ruim pode ficar ainda pior ou uma coisa boa pode ficar ainda melhor.

  O que NÃO observo é o mal sempre ser compensado com o bem ou fazer o bem ser alguma proteção contra o mal.

  Eu poderia citar inúmeros exemplos, vejam o caso do latrocínio:

  Você está plantando o bem trabalhando, estudando, cuidando da sua família, indo ou vindo de um momento de lazer...até que um indivíduo rouba suas coisas e lhe dá um tiro.
  Não tenho como defender o argumento que levar um tiro seja algo bom.
  Se for eu a vítima não tenho um argumento para defender que minhas filhas e minha esposa ficarão melhor sem mim.
  Sou um cidadão produtivo, pagador de impostos, não tenho como argumentar que a Sociedade ficará melhor sem eu e com um marginal a solta.

  Notem que eu plantei o bem e colhi um mal terrível, minha família “em compensação” ficará com muita dor!!




  Isso não é só um exercício de retórica ainda não aconteceu comigo, mas acontece todos os dias com muitas pessoas.
  Sim, você pode ser a próxima vítima.

 “Norte e Nordeste vivem 'epidemia' de assassinatos.
  Regiões concentram treze das quinze cidades com mais de cem homicídios por 100.000 habitantes.”
  [Veja]


  Emerson falava de uma compensação em vida, tipo:

  "Aqui se faz aqui se paga."

  Eu não observava essa compensação em vida e como era Cristão na época pensava em uma compensação pós morte.

  Como todos sabem encontrei tantas incoerências na doutrina Cristã que preferi abandonar as "verdades" cristãs do pós morte e as "verdades" da compensação em vida de Emerson.

  Esse Blog não tem as melhores conclusões do passado ele tem as melhores conclusões do PRESENTE.

  A minha preocupação não está em ser coerente com as minhas respostas anteriores sobre determinado assunto, mas em ser coerente com a melhor resposta HOJE.



  Para eu ser religioso não trazia nenhum benefício só gastava meu tempo então desisti de qualquer religião.

  Me perguntaram como foi desistir de ter religião?

  Essa música começou tocar em minha mente:

Começar de novo e (SÓ) contar comigo
Vai valer a pena ter amanhecido
Ter me rebelado, ter me debatido
Ter me machucado, ter sobrevivido
Ter virado a mesa, TER ME CONHECIDO
Ter virado o barco, TER ME SOCORRIDO

Vai valer a pena ter amanhecido
SEM AS TUAS GARRAS, SEMPRE TÃO SEGURAS
SEM O TEU FANTASMA, SEM TUA MOLDURA
SEM TUAS ESCORAS, SEM O TEU DOMÍNIO
SEM TUAS ESPORAS, SEM O TEU FASCÍNIO

Começar de novo e contar comigo
Vai valer a pena já ter te esquecido





anterior                       <>                                próximo


---------------------------------------------------------------------

sábado, 27 de julho de 2013

A Verdade da Quantidade

  “A verdade não resulta do número dos que nela creem.”
 [Galileu]


    
 👩 “Quando é denúncia contra o PT nunca exigem fonte.”
[Comentarista no G+]          
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Eu exijo.
  Respondo pelo que EU escrevo, não por tudo que circula na Internet.
  Dizem que Lula é “bilionário”, mas nunca me apresentaram provas.
  Muitas pessoas não tem noção do que é 1 Bilhão de Reais.
  Esse dinheiro em uma grande estatal ou multinacional realmente fica diminuído diante de cifras astronômicas, mas como “fortuna pessoal” é difícil esconder.
  Você não verá nenhum texto meu “condenando” Lula ou qualquer político por algo que não tenha sido julgado pelo judiciário ou tenha evidências muito bem fundamentadas.

  Veja o que escrevi em outro texto:

  O que mais lemos sobre a riqueza de políticos é que se o indivíduo tem 100 milhões é tudo dinheiro desviado de roubos e falcatruas.

  O salário médio do Prefeito de uma grande cidade é cerca de 15 mil reais, se o cara não é esbanjador dá para poupar por mês uns 10 mil, no final de cada ano dependendo da cidade, dá para comprar um pequeno imóvel ou montar algum comércio.
  Como prefeito ou vereador é quase inevitável que tenha informações privilegiadas sobre investimentos que ocorrerão na cidade.
  Sabendo da chegada de algum empreendimento em um bairro desvalorizado, você pode comprar o terreno por um baixo preço sabendo que em pouco tempo ficará bem valorizado.
  Então, além do seu salário de político você tem um retorno alto de seus investimentos graças a informações privilegiadas.
  Sim, eticamente o cidadão eleito não deveria usar essas informações para proveito próprio, por isso é punível em nossa legislação.
  Se denunciado pode até ser preso.

  Mas não quero que esse texto priorize a análise do desvio ético a corrupção, vamos continuar no plano de pensamento em que o cidadão tem competência para juntar dinheiro...

  Vamos para provocação de Galileu.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  A verdade não resulta do número dos que nela creem?

  "Cientificamente" concordo, mas "sociologicamente" há complicadores como o próprio Galileu experimentou.

  Foi muito difícil convencer cientificamente as pessoas que a Terra é redonda, a “verdade social”, a crença é que ela era plana.

  Boa parte dos brasileiros acreditam que os Comunistas lutavam pela Democracia e isso se tornou uma poderosa "verdade social", maior que a verdade cientifica/histórica dos FATOS.


  Boa parte da humanidade acredita que existe o "terceiro sexo" e não importa que a ciência [por enquanto] diga que não.


  Boa parte da humanidade acredita que sua religião é a única verdadeira, se alguém de outra religião vive bem é obra de "espíritos enganadores malignos".

  Quero dizer que a “verdade social” não tem como ser ignorada.
  (A “verdade da quantidade”)

  Se a maioria acredita que o Estado deve suprir todas suas necessidades vai eleger “de verdade” políticos com essas promessas.
  A verdade social molda toda uma realidade ... de verdade.
  Cientificamente sabemos que o socialismo/comunismo não traz bons resultados ... se comparado com o Capitalismo.
  No entanto “a verdade marxista” se impõe pela quantidade de pessoas que acreditam nela.
  Complicado né?

  Mas não se importe, se você entender o final desse texto já será interessante.

  O motivo desse texto é observarmos um provocante paradoxo.

  Séries como CSI, Dr. House, Lei e Ordem... fizeram sucesso ressaltando a importância das EVIDÊNCIAS.
  Boa parte dos filmes que assistimos são de cientistas ou policiais fundamentando suas deduções em evidências.
  Sherlock Holmes ficou tão famoso que há pessoas que acreditam que ele realmente existiu.

   É intrigante que as pessoas se encantem tanto com evidências e deduções lógicas nos filmes e apliquem tão pouco na vida real.

  Por esses dias uma colega destilava seu ódio contra Edir Macedo.
  Estranhei porque ela também é evangélica!!
  Do jeito que algumas pessoas falam parece que a Igreja Universal [e outras semelhantes] pegam mentes de ótima qualidade e as transforma em amebas.
  Disse a minha colega que me desculpasse a sinceridade, mas qualquer mente que acredite que a Bíblia é 100% a palavra de um Deus “justo e bom” ... não é uma mente de boa qualidade ...

     Estava conversando com um indivíduo e ele fez uma "defesa" muito estranha.

   "Todos os políticos roubam, os do PT só não souberam roubar".

  Caraca!
  No caso do mensalão há políticos de vários partidos não só do PT.
  A maioria dos políticos do PT são "fichas limpa"
  Hoje não votaria mais, mas já votei em Eduardo Suplicy para Senador e não há evidências que ele seja desonesto, logo o considero honesto.
    Hoje Eduardo Suplicy defende idéias que eu não concordo, como proteção a terroristas, é um direito dele, no entanto criminalmente não tenho nenhuma acusação a fazer contra ele.

  Corrupção deve ser sempre combatida, mas meu principal problema atualmente é IDEOLOGICO.
  Depois de muita meditação cheguei a dedução que o “pensamento de direita” é mais eficiente que o “pensamento de esquerda.”
  [Sem extremismos]
  Mesmo que todos os corruptos do PT fossem afastados, eu não votaria na ideologia que eles defendem.
  É uma “verdade da maioria” que não corresponde a “verdade cientifica.”

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
   A Máquina Estatal é muito grande, é humanamente impossível acompanhar e se responsabilizar por tudo que cada diretor, funcionário público ou terceirizado faz.

  Desvio de recursos acontecem até em pequenas empresas familiares, não conheço nenhum Presidente de empresa privada que queira ser roubado mesmo por seu filho.

  Claro que se o Governador se cerca de auxiliares desonestos ou incompetentes expõe uma falha como Líder e sua recondução ao cargo deve ser questionada.
  Se ele fica ciente de um desvio e não toma nenhuma providência é cúmplice.
  Mas condena-lo pelas ações de um subordinado que por vezes nem foi ele que escolheu ou critica-lo por punir ou demitir alguém...não faz sentido.
  O Prefeito/Governador/Presidente é uma pessoa, não uma entidade onisciente e onipresente.

  Para concluir o texto:

  Afirmar que todos os políticos de qualquer partido são corruptos e desonestos é uma "verdade social" não baseada em EVIDÊNCIAS.

  E se são ... o que dizer de seus eleitores!?

  "Toda pessoa é inocente até prova ao contrário".

  Esse é um dos pilares da Democracia, um pensamento que obviamente eu defendo.
  Todo político de qualquer partido é inocente até que seja provado o contrário.

  Nossa verdade social atual diz que:

  “Todo político é culpado e não pensemos mais nisso, apenas condenemos.”

  (É evidente que uma vez comprovado a culpa temos que punir.)

  Também não podemos premiar o marginal que soube esconder muito bem seus rastros embora todas as circunstancias apontem que ele cometeu o delito.
  É como o caso do goleiro Bruno, talvez nunca encontremos o corpo da mulher assassinada, mas todas as circunstancias apontam que ele foi o mandante do crime.
  No caso do Mensalão ouve a denúncia de um envolvido, Roberto Jefferson.
  Foi preso o Marcos Valério que disse como funcionava o esquema copiado do caso de Minas Gerais, foram rastreadas transferências de dinheiro inexplicáveis como a caso do Deputado João Paulo Cunha que a esposa foi pagar uma conta de TV a Cabo e saiu com 50 mil na bolsa...isso nunca aconteceu comigo... 


  Diante das evidências declaro o povo brasileiro culpado por eleger corruptos e ideologias fracassadas.
  Nossa pena é ficarmos acamados eternamente em berço esplendido.

  Território tão rico e maravilhoso em posse de um povo culturalmente subdesenvolvido.
😞



anterior                       <>                                próximo


----------------------------------------------------------------------------------------

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Mente Lógica

  “Bactérias são os organismos mais bem sucedidos do planeta em relação ao número de indivíduos.
  A quantidade de bactérias no intestino de uma pessoa é superior ao número total de células humanas no corpo dela.”
[Wikipédia]

  Ter uma mente lógica por vezes é bastante desconfortável.
  É preciso muita ADAPTAÇÃO não só em assuntos complexos, mas também nos triviais.
  Quando eu era criança acreditava que todas as mentes tendessem a lógica, mas descobri que essa era uma característica minha ... no geral as pessoas são mais movidas a emoção que a razão.

  Ter mente lógica em um mundo dominado pela emoção ... não dá para dizer que é um “dom”.
  (No sentido de presente)

  Vou começar com algo trivial.

  Foi difícil iniciar a comer com garfo.
  Fora de casa eu fazia o "sacrifício".
  [A Sociedade acha deselegante comer com colher]
  Em casa preferia comer com colher, se eu fosse usar garfo (para apoiar a carne), mesmo que ele aparentemente estivesse limpo, eu lavava novamente.

  Porquê!?
  Oras, pura Lógica.

  A colher tem uma superfície lisa, fácil de limpar, o garfo tem reentrâncias difíceis de higienizar entre os vãos.
  Não gosto de talheres com relevos onde bactérias possam fazer moradia.

  Minha relação com micróbios a princípio foi bastante conturbada, estudar Biologia aliviou bastante minhas neuroses... claro que antes as elevou ao limite do suportável.

  A biologia primeiro me fez descobrir a existência de microrganismos.
  Depois me convenceu que o corpo humano é bem preparado para viver nesse mundo cheio de vírus e bactérias.

  A probabilidade de um talher sujo provocar alguma doença é baixa ... a NEUROSE não compensava, não era LÓGICA.

  Fora o detalhe do tipo de talher há muitos alimentos que a Lógica impede que eu coma com todo prazer sem nenhuma preocupação.
  NÃO me imagino vegetariano por exemplo.

  Vamos audaciosamente onde nenhuma mente jamais esteve.
[Claro que essa frase é um exagero filosófico eu a uso porque gosto.]

  


  Comer saladas é mais “seguro” que comer carnes?

  Usando a lógica infelizmente tenho que dizer não.
  O consumo seguro de salada é uma questão de “sorte”.

  A irrigação das verduras não é feita com água tratada, a captação ocorre de rios e córregos com qualidade da água questionável...potável não é.
  Com o baixo índice de tratamento de esgoto em nosso país as "adoráveis verduras" são regadas com coliformes fecais.
  Pense nisso quando for comer aquela salada de alface.
  É como retirar sua folha de alface de dentro do vaso sanitário, dar uma lavada e colocar no seu prato ... bom apetite.
😄

  


  Recentemente, por 2 vezes, fiquei um bom tempo sem comer salada com verduras.

  A primeira vez estava lavando as folhas e encontrei uma lesma.
  Só de pensar que ela andou por todo o pé de alface me fez desistir da salada, não só naquele dia, mas por um bom tempo.

  Na outra vez a folhagem já estava em meu prato quando vi algo se mexendo, era uma estranha lagarta verde.
[Se não gosta de insetos não clique].
  Disfarcei, parei de comer, mas não comentei nada para não estragar o apetite de outros a minha volta.
  Não, não pensei mal do restaurante, essas coisas acontecem até em casa onde temos todo o cuidado, imagine em um restaurante onde quem faz o serviço dificilmente está feliz da vida por estar trabalhando, é algum auxiliar de cozinha ... aliás, por isso evito ao máximo comer fora de casa.
  Se por algum motivo tenho que comer fora, como sem problema, sem neurose.
  A não ser que eu veja algum ser estranho na comida.
😄 [Aí já é pedir demais]

  No meu entendimento, na minha mente lógica, fritura e cozimento são muito mais seguros.
  Um bife pode até não estar na melhor condição, nada que óleo em alta temperatura não de jeito.
  Em uma festa prefiro a churrasqueira que a mesa de frios.

  [Para não ficar com deficiência de fibras em meu organismo como aveia.]

  Até aquele habito que muitos gostam de comer a fruta direto do pé é algo que evito.
  A fruta fica ao relento com pássaros defecando e insetos pousando.
  Se não tiver algum lugar para lavar muito bem a fruta prefiro não comer.
  Frutas como goiabas e maçãs prefiro descascar apesar de apreciar o sabor das cascas.
  Se a fruta vem de fazendas produtoras ainda tem o problema dos defensivos agrícolas que se acumulam nas cascas.

  No entanto, embora desagradáveis, eu ME ADAPTO bem a essas situações do cotidiano.

  Quando não tem outro jeito eu ... tento esquecer que existe seres microscópicos e confio nas defesas naturais do meu corpo.

  Algo similar acontece no meu contato com as pessoas.

  Filosoficamente quando estou diante de uma situação ilógica a qual tenho que enfrentar eu me adapto.
  Confio nas minhas defesas naturais.

  A mente é bem preparada para viver nesse mundo onde a Lógica vem depois de crenças e ideologias...quando vem.

 Para não entrar em confronto copio o que as outras pessoas estão fazendo, “macaco vê macaco faz.”

  Medito que logo estarei de volta a minha casa, me sentindo seguro na companhia da LÓGICA.

   




     “O papel das bactérias na saúde, como agentes infecciosos, é bem conhecido: o tétano, a febre tifoide, a pneumonia, a sífilis, a cólera e tuberculose são apenas alguns exemplos.
  O modo de infecção inclui o contato direto com material infectado, pelo ar, comida, água e por insetos.
  A maior parte das infecções pode ser tratada com antibióticos e as medidas antissépticas podem evitar muitas infecções bacterianas, por exemplo, fervendo a água antes de tomar, lavar alimentos frescos ou passar álcool numa ferida.
  A esterilização dos instrumentos cirúrgicos ou dentários é feita para os livrar de qualquer agente patogénico.

   No entanto, muitas bactérias são simbiontes do organismo humano e de outros animais como, por exemplo, as que vivem no intestino ajudando na digestão e evitando a proliferação de micróbios patogénicos.”
   [Wikipédia]






Em casa tenho esses dois tipos de escovas.
São muito eficientes para lavar louças e talheres.




anterior                       <>                                próximo



-----------------------------------------------------------------------------------

domingo, 21 de julho de 2013

Espaço a Fronteira Final

“Enquanto os homens exercem seus podres poderes, morrer e matar de fome, de raiva e de sede são tantas vezes gestos naturais...”
[Caetano Veloso]


   Por esses dias precisei de um pedreiro e como de costume o trabalho demorou mais que o previsto para ser concluído.
  A previsão era de 3 dias, mas demorou bem mais que isso.
  O pedreiro pegou “serviços paralelos”, ele acordava e decidia em qual cliente iria trabalhar naquele dia!!

  Antes da decepção minha esposa havia elogiado e admirado o cidadão por sua capacidade e deduziu que ele ganhava um dinheiro razoável.
  Eu concordei com ela que ele é um pedreiro habilidoso, mas no geral não via nada de tão admirável “no cidadão”.
  Ele gosta do trabalho que faz e faz bem, como temos carência desse tipo de profissional (bom pedreiro) no mercado ele consegue cobrar bem sem que lhe falte trabalho...lei da OFERTA E PROCURA.

  Eu, por exemplo, detesto serviços braçais e sou péssimo em todos eles, ainda bem que tem muita gente que gosta e é boa no que faz.

  Na conversa tentei mostrar a minha esposa que mesmo não sendo tão habilidoso quanto o pedreiro eu sou um “cidadão” muito mais "eficiente" [melhor adaptado] que ele.

  Não por ele ser pedreiro, isso precisa ficar bem claro, já encontrei pessoas que mexem com reformas e construções muito eficientes, com boa qualidade de vida e essa é a chave desse texto: QUALIDADE DE VIDA.


  O cidadão em questão (até onde soubemos) estava atendendo 3 clientes e todos estavam igualmente insatisfeitos com a demora do serviço, logo, posso concluir que o pedreiro NÃO era eficiente com relação a satisfazer os clientes.

  O cidadão é pedreiro, consegue ganhar dinheiro, já passou dos 50 anos e não construiu sua casa própria!?
  Não vejo eficiência em relação ao uso do dinheiro.
  Seu carro era bem usado, não chegava a ser um “seminovo”.
  Em resumo, sua qualidade de vida era bem aquém das suas habilidades profissionais.

  Não que fosse esse o objetivo da conversa, eu e minha esposa estávamos simplesmente conversando, mas sem dúvida nenhuma minha esposa tem uma vida bem melhor com um homem do meu tipo do que aquele que a princípio ela demonstrou tanta admiração.

  Sou muito limitado, não tenho habilidade para quase nada, mas faço um uso eficiente do que tenho.

  Vamos audaciosamente onde nenhuma mente jamais esteve, vamos ampliar nossos horizontes.

  Vejo na Internet muita reclamação contra os países mais eficientes, que fazem bom uso do pouco ou muito que tem, por exemplo:

  "Onde já se viu a NASA gastar bilhões em pesquisas espaciais enquanto tem gente passando fome nos países subdesenvolvidos".

  É algo como me criticarem por eu gastar muito com TV a Cabo e Banda Larga enquanto o pobre pedreiro não tem casa própria.
  Sei lá! Defendo que não tem nada a ver.

  Se eu for me limitar a ineficiência dos poucos adaptados só vou prejudicar a qualidade de vida minha e da minha família.

  Se o pedreiro não lida bem nem com seu próprio dinheiro como vai lidar bem com o meu, com o que eu lhe der por “solidariedade” !?

  Não consigo ensinar o pedreiro a ser eficiente no gasto do dinheiro assim como ele não consegue me ensinar a gostar de trabalhos braçais.
  Essa é uma questão sobre determinar prioridades, o pedreiro vive para o dia de hoje, eu vivo para o dia de hoje, mas também me preocupo em PLANEJAR o dia de amanhã.

  Vamos a grande provocação desse texto:

  Imagine que um grande meteoro está em rota de colisão com a Terra.

  A NASA manter os povos em desenvolvimento bem alimentados não vai evitar essa tragédia, todos morreremos.
  Por outro lado se a NASA desenvolver um sistema para desviar esse meteoro a vida continua para TODOS.
  Quando for criticar as pesquisas dos povos melhor adaptados...PENSE NISSO.
  Mais cedo ou mais tarde esse planeta será destruído e é pouco provável que seja por uma ação nossa, lembre-se que o Universo até onde podemos enxergar é desolação.
  Não existe vida em Marte ou Vênus e nós humanos nunca estivemos lá para “destruir”.

  Quero dizer que um dia precisaremos de uma nova casa ou evitar a destruição dessa, se você faz parte das mentes que só vivem o hoje...tudo bem, eu faço parte das mentes que planejam o amanhã, cada macaco no seu galho.
  Quem quiser um galho melhor busque CONHECIMENTO E SABEDORIA!

  



  Comece melhorando sua própria vida, sendo organizado, planejando o futuro.
  Cuide bem da sua família, do seu bairro, da sua cidade.
  Só assim seremos um PAÍS desenvolvido.
  Cada povo deve cuidar melhor de si mesmo e não esperar que os povos desenvolvidos sejam babás dos povos subdesenvolvidos.

  Lembrei desse debate:

👨  “Concordo parcialmente; num mundo onde a ¹água por exemplo deveria ser universalizada e não o será nas próximas décadas!    
  Porque deveríamos apoiar esta ²política capitalista devoradora?”
[Comentarista no G+]          
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
 1 - O que é “universalizar a água”?
  O Brasil tem grandes reservas hídricas, devemos captar essa água, trata-la e enviar de graça para outros povos arcando com todos os custos inclusive de transporte e distribuição!?

2 - O Capitalismo não nos obriga a procriarmos feito ratos.
  Eu só tenho duas filhas porque é a taxa de reposição.
  Esse planeta suporta com folga 5 bilhões de habitantes, quanto mais humanos maior o consumo.
  Hoje em dia ecologista de verdade não tem mais que 2 filhos.
  Sei que não gostam da realidade, mas se a água ficar escassa não tenham dúvidas que as regiões mais pobres e áridas é que irão perecer, esses povos mais que ninguém deveriam se preocupar com o PLANEJAMENTO FAMILIAR.

   Como a água que eu não uso em Campinas pode chegar ao Nordeste ou ao Oriente Médio?


-------------------------------------------------------------------------
  Comece melhorando sua própria vida, sendo organizado, planejando o futuro.
  Cuide bem da sua família, do seu bairro, da sua cidade.
  Só assim seremos um PAÍS desenvolvido.

  CADA POVO DEVE CUIDAR MELHOR DE SI MESMO E NÃO ESPERAR QUE OS POVOS DESENVOLVIDOS SEJAM BABÁS DOS POVOS SUBDESENVOLVIDOS.


__________________



anterior                       <>                                próximo

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Amor Unilateral

    “A sabedoria nos chega quando já não nos serve de nada.”
[Gabriel García Márquez]


  Percebo essa ocorrência a minha volta, porém não é algo que eu vivo ou vivi.
  Desde que me conheço por gente busco sabedoria, muitas coisas tive que ganhar experiência, mas a meditação sempre esteve à frente.

  O que mudou nos últimos tempos é que antigamente a Fé tinha um peso muito grande e hoje praticamente não tem nenhum.

  Vejo pessoas complicando suas vidas porque não buscam sabedoria e quando acordam para realidade já perderam muito tempo...nem sempre dá para "recuperar".
  Os exemplos são muitos, mas vou amarrar esse texto ao texto anterior.

 A garota está apaixonada por um rapaz que só está com ela por amizade ou diversão.

  A moça sabe o que é receber um "olhar apaixonado" ou receber um "comportamento apaixonado" e isso definitivamente ela não está recebendo do rapaz.
  Nessa situação a pessoa apaixonada tem basicamente duas opções:

  1 - Viver aqueles bons momentos antes que acabem, eles podem nem acabar, ocorrerá um casamento de "segunda opção".

  2 - Se antecipar e se afastar caso note que seu amor só está aumentando e fatalmente não será correspondida.

  No entanto o que mais acontece é a pessoa se deixar consumir por esse amor unilateral, a garota se ilude com coisas do tipo "Pensamento Positivo".

  “Eu amo tanto aquela pessoa, penso tanto nela que alguma força do destino fará com que ela me ame e só pense em mim.”

  


  Uma das coisas que turvam a chegada da sabedoria é essa crença que merecemos e conseguiremos tudo que desejarmos bastante!

  Você quer tanto um emprego bom, deseja tanto isso que alguma força do destino tem "obrigação" de fazer acontecer, ainda mais depois de tudo que você correu atrás de tudo que fez e faz por MERECER.

  Você quer tanto uma casa própria que ela tem que acontecer nem que seja para o Governo/Sociedade dar uma para você.
  Ou “Deus” (a seu tempo) lhe dará a casa.

  Você quer tanto um carro que ele tem que magicamente acontecer, esse "magicamente" não é tão magico uma vez que você só olha para parcelas que consegue pagar mensalmente e se esquece o quanto irá pagar a mais pelo carro.

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Uma boa pratica para que a sabedoria chegue a tempo de solucionar (ou pelo menos amenizar) seus problemas é se convencer que:

  Você pode sonhar com tudo, pode desejar ter tudo, mas nada, absolutamente nada tem obrigação de acontecer mesmo que você faça por merecer.

  Todos os times se esforçam para ser campeão do Brasileirão, mas só poderá haver um.

  Todos os corredores se esforçam para ganhar, cruzar a linha de chegada em primeiro, mas só pode haver um.

  Muitos querem ser o Presidente da Empresa, mas só pode haver um.

  Muitos querem casar com aquela moça interessante, mas ela só casará com um.
(Pelo menos de cada vez que se casar)

  Ao desejar um grande amor é sábio entender que ele pode não ir além de bons momentos, por vezes nem isso, não há de quem cobrar, não dá para exigir que alguém se apaixone por você.

  A sabedoria sempre chega no tempo certo quando entendemos que podemos querer tudo, mas não podemos ter tudo.

  Por vezes é melhor se contentar com o que aparece e fazer o melhor com o que tem.

  Se você faz o melhor uso do que tem...olha a Sabedoria aí gente!

   



  “A vida é esse imenso jogo de sorte, oportunidades, talento, lutas ... azar, dificuldades, limitações, derrotas.
  O jogo começou quando você nasceu e só sairá dele MORTO.
  Enquanto a morte não vem ... bom jogo!
  BOA SORTE!”






anterior                       <>                                próximo

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Olhar de Amor

  “Só porque alguém não te ama como tu queres, não significa que não te ama com todas as forças.”
[Gabriel García Márquez]

 “Só uma palavra me devora
  Aquela que meu coração não diz (Te amo)
  Só o que me cega, o que me faz infeliz
  É o brilho do olhar (de amor) que não sofri.”


  Noto que muitas pessoas não casam apaixonadas.

  Se elas pudessem escolher, prefeririam casar com outra pessoa, mas como quem elas realmente queriam (por algum motivo) ficou inacessível casaram-se com a segunda opção.

  Essa música cantada por Simone nos fala de duas situações.

1 - Alguém gosta muito da gente e não conseguimos retribuir o amor na mesma intensidade.
  Aquele “eu te amo” que não sai ou sai com dificuldade, enrosca na garganta.
  (Estou excluindo aquelas pessoas que que falam “amor” para tudo ... usam a palavra totalmente desconectada do sentimento.)

2 - Queremos muito uma pessoa, até conseguimos namorar, passar bons momentos com ela, mas aquele "olhar de amor"...não é para nós.
  Ela queria outro, somos a segunda opção.




  Observem que até em nossa capacidade de amar somos profundamente desiguais.
  Há indivíduos que andam por aí atraindo naturalmente corações e outros que é raro conseguir um olhar de paixão.
  (Nos próximos textos baterei muito nessa tecla das nossa limitações individuais.)

  Todos gostaríamos de ter nascido o máximo, bonitos, saudáveis, inteligentes, ricos, charmosos...reis e rainhas.

  Mas nascemos DESIGUAIS, alguns extremamente limitados.

  A princípio não parece justo que uma moça fique alta, com corpo escultural e outra baixinha e gordinha.
  Deveríamos todos nascer em igualdade de condições, físicas, mentais e sociais.
  Acontece que é uma "injustiça" que devemos creditar ao Acaso e não temos como punir o Acaso.



  Como para maioria das pessoas Deus é inimputável de qualquer injustiça, a baixinha gordinha mesmo que seja religiosa e não acredite no Acaso fica na mesma situação de quem acredita.

  Nossos problemas "sociais" ocorrem das pessoas buscarem insistentemente algum culpado, alguém para responsabilizar pelo seu INFORTÚNIO por situações que foram geradas ao Acaso ou foi a “vontade de Deus”.

  No caso da estética o vilão escolhido é um "padrão de beleza" imposto por alguém, uma "elite dominante", um "Sistema".

  “Quem consegue defender que gostar de loiras gostosas é um padrão imposto a nós pelo capitalismo ao mesmo tempo que defende que um sujeito levantar bem cedo para levar seu cão lindinho para defecar é a coisa mais natural do mundo?”


  Há uma exigência da pessoa baixinha gordinha para que todos valorizem a beleza interior sem se importar muito com a beleza exterior.
  Exigir de quem?
  Da Sociedade.
  Deus e o Acaso são inimputáveis.
  Vamos entrar por essa brecha onde as pessoas se recusam a se ADAPTAR ao mundo e querem que o mundo se adapte a elas.

  Vamos separar os indivíduos entre mais ADAPTADOS e  MENOS ADAPTADOS.

  To be continued ...

 






anterior                       <>                                próximo


----------------------------------------------------------------------------

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Abertura dos Portos

     “Perder uma ilusão torna-nos mais sábios do que encontrar uma verdade.”
[Ludwig Borne]

  Geralmente é mais fácil identificar uma ilusão que uma verdade, vejam um caso fascinante:

👨 “Tu (William) não conhece nada, eu vivi a era FHC, foi uma das piores da história.
    Na era Lula é a mesma coisa que estar no céu.”
[Comentarista no G+]          
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Muitas vezes as pessoas misturam problemas pessoais com problemas de Governo.

  Economicamente o Governo FHC trouxe estabilidade e programas sociais importantes, a história bem registrada mostra isso.

  Evidente que se você durante o governo FHC trabalhava em um dos inúmeros bancos que foram fechados como o Nacional ou Bamerindus sua vida piorou.

  Em Setembro de 2004 começou uma fase terrível em minha vida, a empresa que eu trabalhava há anos passou por uma “fusão”, eu fui fritado.
  Minha vida piorou demais no governo Lula, mas é óbvio que foi um “azar pessoal”

  Lembrei de uma conversa que tive com meu grande colega Donísio. (O nome é esse mesmo)
  Era por volta de 1998, estávamos indo para fábrica de óculos em Indaiatuba.
  Donísio falava bem dos governos Sarney e Collor e muito mal do governo Fernando Henrique.
  Até do confisco da poupança feita por Collor ele falou bem uma vez que conseguiu resgatar e segundo ele o "dinheiro veio em boa hora".   
 [Caraca! Mas o dinheiro já era dele!]

  Nesse ponto eu o interrompi dizendo que o confisco do dinheiro foi no Governo Collor, mas a devolução não.

  O confisco gerou uma batalha judicial reivindicando os reajustes devidos, o rombo criado ficou para o Itamar e FHC pagarem.
  [Quando Lula chegou ao poder essa questão já estava resolvida embora exista processos até hoje.]

  Donísio gostou de Collor pelo confisco e não gostava de Itamar e FHC pela devolução!?
 [Inteligente, nesse ponto ele “parece” ter percebido sua ilusão/contradição.]

  Você deve estar resmungando:

  “Itamar Franco e Fernando Henrique não fizeram nada mais que a obrigação ao devolver o dinheiro confiscado por Collor.”
 
  Mas estamos falando de HISTÓRIA certo?
  Historicamente nem sempre obrigações de governos são cumpridas.
  Relembremos um caso...

  No Governo Sarney houve uma cobrança de compulsórios nos combustíveis que nunca foi devolvida.

    “No dia 23 de julho de 1986, através decreto nº 2288, o então Presidente José Sarney, criou um “empréstimo compulsório” para absorção temporária de excesso do poder aquisitivo, como medida complementar ao Programa de Estabilização Econômica.
   Empréstimo este exigido dos consumidores de gasolina ou álcool para veículos automotores, bem como dos adquirentes de automóveis de passeio e utilitários.
  Desta forma, qualquer consumidor que se dirigisse aos postos para abastecer, era obrigado a pagar o encargo de 28% a mais, sobre o preço destes combustíveis, recebia um comprovante e o valor pago a maior era recolhido aos cofres públicos, pelos donos dos postos.”


“Empréstimo compulsório” para absorção temporária de EXCESSO DO PODER AQUISITIVO.”  

  Cada coisa que a gente lê ... e é oficial.

  Mas voltemos ao caso Donísio...

  Meu colega havia entrado na empresa lá por 1993.
  (O Governo FHC começou em 1995 e terminou em 2002.)
  Era uma empresa pequena que não pagava bons salários porque não tinha como.
  Antes ele trabalhava em uma fábrica média de óculos, como tinha muitos anos na empresa e um cargo importante seu salário era bom.
  Acontece que foi demitido.

  Ele nunca entrou em detalhes sobre sua demissão, mas foram desentendimentos com o dono da empresa, a relação depois de anos ficou desgastada, até porque sua grande amizade era com o fundador da Empresa e quem estava no poder agora era o filho.

  Somado a isso tem aquela situação que acontece muito, seu salário ficou maior do que a Empresa estava disposta a pagar.
  Essa situação é repetitiva, você trabalha anos em uma Empresa, se dedica, faz por merecer um salário diferenciado aí vem um diretor sugerindo corte de custos e tudo que você já fez vira nada...

  De qualquer forma, eu disse ao meu colega que a demissão dele da antiga empresa não tinha absolutamente nada a ver com alguma coisa que a administração Itamar/FHC fez.
  A empresa que ele trabalhava continuava firme e forte...simplesmente o havia demitido.

  A redução de salário e benefícios foi brutal.

  “Nossa esperança” naquela empresa pequena de Indaiatuba era que ela crescesse e nossa conta bancaria crescesse junto.
  Ou seja a vida do meu colega piorou, ficou mais difícil, porque seus rendimentos diminuíram muito, mas para ele a piora foi culpa do Governo FHC!

   Sei lá!
  Vamos ver a dificuldade que podemos atribuir ao Governo.

  Eu acredito que o principal motivo da empresa que eu trabalhava não ter deslanchado foi o excesso de pirataria.
  Até o Governo Collor, importar era bem difícil [caro e complicado].
  O Governo militar e depois o de Sarney eram muito protecionistas da indústria nacional.
  Collor fez bem em facilitar as importações, "reabrir nossos portos", mas falhou no combate ao CONTRABANDO.

  Itamar, FHC e Lula também não foram eficientes nesse combate.

  Possivelmente, se os últimos Governos fossem mais eficientes no combate à pirataria, minha vida financeira "poderia" estar melhor...tudo é muito subjetivo.

  Temos fronteiras enormes e tantos outros problemas que combater a pirataria foi relegada a segundo ou terceiro plano para os governos.

  Por parte da empresa (já na pré –fusão) houve uma falha administrativa, por um tempo aproveitamos a facilidade de importação para comprar insumos no exterior, isso barateava a produção e nos mantinha competitivos, mas algum “gênio” decidiu fabricar componentes na própria empresa ou comprar de fabricantes nacionais, isso mesmo, a diretoria da “Tecnol” se convenceu que poderíamos competir com coreanos e chineses em pé de igualdade.

  Eu avisei da loucura, mas já estávamos em processo de fusão, minha opinião que já valia pouco foi reduzida a quase nada.
  Quem era eu para questionar os caras com MBA?
  Com duas filhas pequenas e prestações do apartamento para pagar minha única opção lógica era embarcar na loucura e tentar fazer ela dar certo...

  No geral fica difícil creditar diretamente a algum Governo minha falta de sorte.

  Eu e meu colega estávamos em uma época boa, de grande crescimento mundial, mas no ramo/empresa errado ... azar o nosso.

   



     “O contrabando de CDs é conhecido.
   O de componentes de informática também já fez fama no mercado.   
   Os piratas, agora, estão se aventurando em outros mares: o comércio de óculos.
   Segundo cálculos da Associação Brasileira de Produtos e Equipamentos Ópticos (Abiótica), um terço do faturamento do setor no ano passado foi abocanhado pelo comércio ilegal.
   Neste ano a situação ficou ainda pior.
   Entre janeiro e maio, segundo levantamento da entidade, 67% das armações de grau e de sol vendidas no Brasil eram de origem duvidosa, em torno de R$ 100 milhões.
   Nesse mesmo período, a Receita Federal deixou de arrecadar R$ 200 milhões e 2.700 trabalhadores foram mandados embora por causa do encolhimento do setor.






anterior                       <>                                próximo



-------------------------------------------------------------