quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Sexta Economia e Daí!?

 UFANISMO ► Comportamento de quem se vangloria de algo em demasia.
  Orgulho desmedido de seu próprio país - patriotismo em excesso.

  A maior loja virtual do mundo
  “O volume de transações do Alibaba (China) é cerca de 63 vezes o da brasileira B2W, responsáveis pelas lojas virtuais do Submarino, Americanas, Shoptime e outros menores.
  É o mesmo que a Amazon e o eBay movimentam juntas.
  Analistas preveem que até 2015, o e-commerce chinês superará o americano e especulam que é possível que nem demore tudo isso.”

  Humm ... cada humano é uma unidade de consumo e produção.
  Mesmo que o cara não produza nada ele consome alguma coisa.

  Para diminuir a exigência de recursos do planeta precisamos reduzir as unidades de consumo [população humana], isso é o que todo ecochato deveria entender, mas essa lógica não entra na mente deles.

  A maior população do planeta (China) deveria “naturalmente” ser a maior economia por ter mais unidades de consumo e produção (humanos).

  A China não está adiantada está “retardada”, quem a retardou foi o Comunismo.
  O mesmo acontece aqui no Brasil, como somos a quinta maior população do planeta, nosso lugar natural deveria sermos a quinta maior economia.

  Vira e mexe escuto ou leio um certo ufanismo por “estarmos” a 6ª Economia Mundial.
(2013)
  Em algum texto antigo meu não será difícil encontrar uma menção minha me referindo a esse acontecimento como algo louvável.
  Ainda não tinha meditado sobre esse tema, mas provocado por um comentário parei para pensar e me surpreendi com o que encontrei.

  Vamos audaciosamente onde nenhuma mente jamais esteve.

  Cada humano é [entre outras coisas] uma unidade de consumo e produção.
  De produção nem sempre somos, para sermos uma unidade de produção precisamos realizar algum trabalho que “agregue valor”.

  Se quiser entender melhor:

  “Na pratica nós inviabilizamos o homem de fazer parte da PEA até os 18 anos, com as mulheres somos menos cruéis uma vez que elas não ficam à disposição para o serviço militar... será que é mais um resgate de dividas históricas?”

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  A partir do momento que nascemos já somos uma unidade de consumo ou até antes.

  Uma mãe zelosa procura durante a gestação cuidados médicos, “consome” serviços médicos.
  Depois tem fraudas, carrinho, berço, cadeirinha para carro, papinha... nossa mãe [se trabalha] é impedida de produzir por 4 meses.

  Entender pelo menos que sempre somos uma unidade de consumo é a chave desse plano de pensamento.

  Em um Capitalismo de boa qualidade quanto maior a quantidade e qualidade das unidades de produção maior é o tamanho da economia.

  Pense carros.
  Um motor com 150 cavalos [150 unidades de produção] é “naturalmente”, “previsivelmente” mais potente que um motor de 100 cavalos.
  Entretanto essa sequência natural de eventos pode não acontecer se o motor de 150 cavalos tiver uma tecnologia menos EFICIENTE.
  Se os dois motores tem tecnologias igualmente eficientes e são colocados em carros com designe e estrutura eficientes o de 150 cavalos naturalmente será o mais potente.

  Vamos substituir na “equação filosófica”?

  Se o carro China com 1 Bilhão e 351 milhões de “cavalos” tem uma economia menos potente que o carro USA com 320 milhões de cavalo ... qual você deduz que tem um sistema de governo mais eficiente?

  Entenderam?
  Em economias igualmente eficientes, quanto maior as unidades de produção [tamanho da população economicamente ativa - PEA] maior o tamanho da economia.
  Logo, um país que é o 5º mais populoso e está em 6º na economia mundial está abaixo do que seria naturalmente esperado, qual o motivo para o ufanismo!?

  Tá, já estivemos pior, mas ainda estamos abaixo do previsível.
  Tem uma coisa que já questionei várias vezes, é um bom paralelo pessoal para esse texto.

  As pessoas dizem que eu devo agradecer a algum ser por ter nascido com saúde e não ser órfão.

  Acho muito estranho porque nascer com saúde e ter um pai e uma mãe é algo natural, previsível, uma sequência coerente de eventos.

  O que pedem para eu fazer é algo como ir a uma loja, comprar uma TV nova e agradecer ao vendedor ou fabricante a TV ter som e imagem!!
  Caraca!
  É natural que uma TV tenha som e imagem, o preocupante é quando não tem ou são de má qualidade.

  O Brasil é a 6ª Economia...E DAÍ?
  Quanto devemos nos achar maravilhosos por conta disso?




  No caso do Brasil nosso crescimento NÃO é sustentável.
  Vamos a uma ilustração mental.

  O que nosso Guido Mantega faz é uma grande expansão de crédito.
  Promove redução de impostos para empresas amigas e estimula linhas de crédito.

  A renúncia de impostos abaixa um pouco o preço das coisas (aumenta o consumo), mas sacrifica as contas públicas, causa rombo fiscal.

  Quanto a expansão do crédito ... uma hora ou outra as famílias terão que pagar.

  Imagine que você e sua esposa tinham um cartão de crédito cujo limite era de 5 mil.
  A renda conjunta de vocês é de 5 mil.
  O Governo/Operadora amplia o limite desse cartão para 20 mil.
  Vocês podem comprar mais, mas se a renda não subiu na mesma proporção o endividamento é certo.

  Brasileiro não é muito bom de matemática.
  Nosso governo ampliou as linhas de crédito e o povo está indo às compras.
  A parcela cabe no salario ... compra.
  O aumento do consumo, aumenta a movimentação econômica.
  Acontece que o Brasil tem legislação trabalhista arcaica, infraestrutura péssima, sistema tributário caótico ... é difícil produzir aqui e o governo não faz nada para mudar essa situação.

  Crescemos aumentando o consumo, mas não conseguimos produzir.
 
  Claro que mais cedo ou mais tarde essa geringonça vai explodir.

  Você e sua esposa vão as compras, os vizinhos olham admirados o seu progresso.
  Como a renda de vocês não subiu ... em pouco tempo os vizinhos olharão admirados a sua decadência.


  Como não adianta avisar ... oremos 😩


anterior                                           <>                                                próximo

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Mentiras e Convicções

   “As convicções são inimigas mais perigosas da verdade do que as mentiras.”
  [Friedrich Nietzsche]


 “Convicção é a ação de convencer, isto é, ter uma ideia ou opinião sobre algo de modo obstinado, crendo absolutamente naquilo que acredita e transmitindo isso para as outras pessoas.
 Ter convicção é o mesmo que ter a firme certeza sobre algo em que acredita, sendo esta segurança oriunda a partir de motivos ou provas de natureza particular.”




   Se eu acredito que o Capitalismo é o melhor sistema, mas defendo o Comunismo porquê de alguma maneira ele me beneficia eu estarei mentindo.
  Essa mentira pode ser descoberta como eu preferir comprar coisas em Nova York e ter um padrão de vida Capitalista.
 [Alguém lembrou de Lennon e Zé Dirceu]
  Uma vez desmascarado minha credibilidade cai a zero.
  [A não ser para admiradores fanáticos]

  Se eu estou convicto que o Comunismo é o melhor sistema e vivo como um Comunista, minha credibilidade será mantida mesmo que o Comunismo se mostre um sistema menos eficiente.
  As pessoas permanecem na “FÉ” que um dia ele será a “salvação”.

  A “verdade numérica/historia” é que o Capitalismo é muito mais eficiente para promover a “qualidade de vida”.

  Se a “mentira” que o Comunismo é o melhor para humanidade permanece de pé é graças aos CONVICTOS porque os mentirosos são desmascarados todos os dias.


▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
   Existe uma máquina interessante que chamamos vulgarmente de detector de mentiras.

  


  Na pratica o que ela detecta são alterações no funcionamento do nosso corpo.
  Respiração, batimento cardíaco, pressão... não sou especialista nisso.

  Um especialista disse que não fomos feitos para mentir e sempre que mentimos o corpo recusa a mentira.

  Não concordo com isso.
  Essa teoria é fundamentada naquele conceito Freudiano que nascemos puros/bons e somos corrompidos pelo meio.
 
  Qualquer um que conviveu mais demoradamente com crianças sabe que muitas conseguem mentir na maior cara de pau.
  Você sabe que a criança fez uma traquinagem, mas ela diz um “não fui eu” muito convincente.
  Por vezes a criança chora afirmando que “não sabe de nada”, alguém lembrou do Lula
  A criança “pura e boa” entende que a culpa pode recair sobre o irmão e ele ser punido, mas ela não está nem aí, algumas até se divertem com a situação se achando muito espertas.

  Me parece que na maioria dos casos quem passa “ética, moral e bons costumes” para as crianças são as pessoas mais velhas a sua volta.

  Não está convencido?
  Você está convicto que nascemos puros e bons?

  Relembre o tempo de escola.
  Apelidos, “bullying”, abuso da força, cola, preguiça de fazer o dever de casa, se a mãe não faz pressão a criança falta fácil da escola.

  Fica claro que disciplina, ética ... são meio que impostos pela sociedade a nossa volta.
  Minha mãe dizia que quando criança eu só andava peladão.
  Hoje eu não consigo ficar pelado nem sozinho em casa, pelo menos de shorts eu fico.

  Se a ideia que nascemos puros e bons é uma mentira, como eu explico o funcionamento do detector de mentiras?

  Tudo é uma questão de consumo de energia.
  O corpo é uma máquina biológica, se o gasto de energia aumenta pode ser detectado.
  Até dormindo isso acontece.
  Se você está apenas dormindo, eletrodos captam baixa atividade cerebral.
  Basta começar algum sonho que o gráfico fica alterado.
  Se tiver algum pesadelo ... o gasto de energia é tão intenso quanto se tivesse acordado, em alguns casos braços e pernas se movem.

  Vamos a uma ilustração.

  Se você sabe onde encontrar a resposta o gasto de energia é mínimo.

Exemplo:

Situação 1 - VOCÊ SABE QUE A CHAVE DO CARRO ESTÁ NA GAVETA DA CRISTALEIRA, seu gasto de energia é o mínimo necessário, você precisa da chave, vai até a gaveta da cristaleira, atinge seu objetivo; é um processo automático.

Situação 2 -  VOCÊ NÃO SABE ONDE A CHAVE ESTÁ, o gasto de energia é muito maior, tanto maior quanto mais você tiver que procurar.

Situação 3 – VOCÊ NÃO TEM CARRO.
 O gasto de energia é mínimo, não tem chave para procurar.

 Observe essa outra situação:

Situação 4 -  VOCÊ SABE ONDE ESTÁ A CHAVE, MAS POR ALGUM MOTIVO TEM QUE FINGIR QUE NÃO SABE.
  Inclusive simula ajudar a procurar...imagine o gasto de energia.
  Sua esposa pede a chave, você não quer que ela use o carro e fingi que não sabe onde colocou a chave.

  A esse gasto muito maior de energia cada corpo responde de um jeito, mas quase sempre responde.

  Como há de tudo na vida, há mentes com uma enorme capacidade de mentir sem provocar alteração física.
  Imagine aquela pessoa que tem boa capacidade respiratória e sobe um lance de escada sem muita alteração enquanto outra fica muito ofegante.
  O mesmo acontece quanto a capacidade de mentir.

  Na CONVICÇÃO o indivíduo realmente acredita no que está dizendo, na sua mente aquilo é verdade.

  No caso da chave na gaveta, é algo físico, algo palpável/concreto.
  O indivíduo abre a gaveta da cristaleira e observa se tem ou não tem chave.
  Se tenho certeza que coloquei a chave na gaveta eu passo por um detector de mentiras mesmo que a chave não esteja ali.
 [Posso ter colocado e alguém tirado]

  Acontece que no “mundo dos sentimentos” não temos essa materialidade.
  Você não abre uma gaveta e encontra sua Fé lá.
  Você não abre uma gaveta e quantifica quanto sua namorada te ama.

  Logo, se você acredita em duendes, “senti” que existe duendes, e diz que eles só aparecem quando eles querem e para quem eles querem... o fato de você nunca ter visto duendes não abala sua crença/convicção.

  Se você abrir a “gaveta” e os duendes não estiverem lá eles simplesmente não querem ser vistos não é que não existam.
  Ou você ainda não está “preparado” para vê-los.

  Se você acredita que um dia o Cristianismo irá dominar o mundo eu não tenho como dizer que não vai, não tenho bola de cristal, não tem uma “gaveta” para eu abrir e te mostrar o futuro.

 Se você acredita que um dia o Ateísmo irá dominar o mundo eu não tenho como dizer que não vai, não tenho bola de cristal, não tem uma “gaveta” para eu abrir e te mostrar o futuro.

  Se você acredita que um dia o Comunismo/Socialismo irá dominar o mundo eu não tenho como dizer que não vai, não tenho bola de cristal, não tem uma “gaveta” para eu abrir e te mostrar o futuro.

  Não perco muito tempo confrontando convicções.
  Acho mais eficiente perseguir a verdade.
  Quem tiver olhos que veja, quem tiver ouvidos que ouça...

  “Não posso ensinar nada a ninguém só posso fazê-lo pensar.”

   Tento levar a sua mente até o limite do entendimento, apresento fatos, apresento argumentos.

  Os melhores resultados encontramos em nações com liberdade religiosa, capitalistas e democráticas ... essa é a verdade que se apresenta.

  Com os debates nas redes sociais mais e mais pessoas terão suas convicções abaladas “quem sabe” se não encontrarmos a verdade ao menos poderemos viver com menos ilusões...

    


   As CONVICÇÕES são inimigas mais perigosas da verdade do que as mentiras porque criam ILUSÕES poderosas.

Ilusão
1 - Engano dos sentidos ou pensamento.
2 - O que se nos afigura ser o que não é.
3 - Quimera.
4 - Esperança irrealizável.

Mentir
1 - Dizer o que não é verdade.
2 - Dizer o que não se pensa.
3 - Enganar.
4 - Não cumprir o prometido ou o que era de esperar.



anterior                                           <>                                                próximo





quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Repo Men

Justiça determinou que governo deve pagar pelo aparelho e pela cirurgia.
  Menino de 10 anos sofre de insuficiência respiratória desde que nasceu.
  A secretaria afirma que a estimativa do custo da cirurgia é de aproximadamente R$ 800 mil.
  “Esperamos que o juiz possa arbitrar o valor dos honorários médicos, já que só há um especialista no Brasil”.




  Já fiz vários textos sobre bons filmes que assisti.
  Jornada nas Estrelas, Star Wars, Exterminador do Futuro, Matrix, Naufrago... entre outros.
  Como bons roteiros estão cada vez mais raros vou comentar filmes que não gostei também, filmes que não passaram no teste dos 30 minutos.
  Assisto o filme por meia hora se não se mostrou interessante desisto de assistir, não vou desperdiçar meu tempo.

  REPO MEN fala de uma indústria que consegue produzir órgãos artificiais, mecânicos.

  Seu coração está pifando?
  Eles lhe vendem um coração mecânico mais eficiente que o seu biológico.
  Rim, pulmão, fígado?  Sem problemas.
  Bem, não é exatamente sem problemas, depende da sua conta bancaria.
  Digamos que um coração custe 500 mil reais.
  Quantos de nós tem essa quantia em dinheiro disponível?
  O filme gira em torno dos homens que são pagos para recuperar o produto caso o cliente se torne inadimplente.

  Os filmes em geral tem uma pregação “anticapitalista”.

👩 “Não é justo uma pessoa morrer só porque não tem 500 mil!”

  Caraca!
  Se a indústria não tivesse desenvolvido o produto você iria morrer e agora ela não pode cobrar por essa maravilhosa tecnologia?
  Procure um chazinho indígena se for ateu ou alguma cura espiritual se for religioso.

  Se você é anticapitalista o coerente é NÃO usar produtos desenvolvidos nesse sistema “demoníaco”.
  As pessoas hipocritamente são contra o sistema não contra os produtos que ele desenvolve!

  O problema é que faz parte do sistema a competição, meritocracia e LUCRO.
  A indústria farmacêutica e seus pesquisadores desenvolvem novas drogas na esperança de ganhar dinheiro com elas.
  Por isso elas competem entre si, buscam os cientistas com maior mérito e querem obter lucro depois de tanto TRABALHO.


  Parei de assistir o filme Repo Men porque estava torcendo pela empresa e claro que ela seria derrotada no final.
  É como assistir um jogo que você sabe que seu time irá perder.

  As empresas (e empresários) geralmente são as grandes vilãs nos filmes de Hollywood.
  [É uma lavagem cerebral a qual somos submetidos desde cedo]

  Em Repo Men pessoas financiavam o órgão mecânico e se não conseguiam pagar as parcelas o órgão era recuperado, claro que a pessoa tinha pouco ou nenhum tempo de vida.

Então temos todos nossos vilões:

a) Cientistas “brincando de Deus”.
b) A Industria e seus empresários exploradores.
c) O Mercado Financeiro, investidores monstruosamente querendo retorno dos seus investimentos.
d) Produtos com códigos de barras ... a marca da besta.

  Nossos mocinhos?

  Uma “elite pensante” lutando em favor dos caloteiros, dos pobres e oprimidos, contra tudo isso que está aí.

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  O que torna Repo Men (e roteiros do tipo) ruim é a hipocrisia.

  A vida não tem preço, mas por 500 mil eu poderia estende-la...oras a vida tem preço ou não!?

  Se não tenho 500 mil para estender minha vida meu vizinho que tem deve ser proibido de usar essa tecnologia?

👩 “Nessa hora não podemos pensar em dinheiro estamos falando de uma vida humana se o cidadão não tem o capital o Estado deve arcar com todos os custos.”

  Percebem o problema?

  Os filmes se limitam a demonizar o capitalismo e a ganância das empresas.
  Saúde, Educação e Segurança devem ser sempre fruto da caridade/fraternidade ou bancadas “sem limites” pelo Estado/Sociedade.

  Acontece que todos brigam por melhores salários.
  Os que trabalham na área da saúde, educação ou segurança não são exceção.
 
  O dinheiro do Estado vem basicamente do pagamento de impostos.
  Se o Estado vai proporcionar um bem estar sem limite, a cobrança de impostos vai a 100%.
  Se o Estado gastar mais do que arrecada ainda fica endividado.
  Quero dizer que mesmo estatizando tudo não há nenhuma garantia que todos tenham tudo do bom e do melhor.
  Historicamente percebemos que um Capitalismo de boa qualidade é mais eficiente que um Socialismo de boa qualidade.
 
  Aqui no Brasil temos um capitalismo de péssima qualidade e haitianos (por exemplo) preferem vir pra cá que ir para Cuba, vizinha deles.
  Eles querem vir para São Paulo, o mais capitalista dos Estados.

  Sei que na hora da doença o que mais pesa é QUEM ESTÁ ALI.

  Alguém querido, pai, mãe, amigo, filho, mas temos que entender que todos morrem, precisamos aprender lidar melhor com a morte.
  Precisamos entender que o Estado tem um limite de endividamento e não dá para garantir do bom e do melhor a todos.
  Se você se preocupa tanto com os momentos de dificuldade:

  SE HABITUE A POUPAR.

  Podemos morrer por vários motivos e um deles pode ser a falta de dinheiro ... porque não?

  Se um produto custa 500 mil poucos podem pagar, com o tempo, competição e meritocracia vai baixando de preço.
  Custando 100 mil fica acessível a muito mais pessoas, chegando a 50 mil o Estado/Sociedade pode cobrir os custos.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Conhece a história do marca passo?

  “Nos Estados Unidos, as primeiras tentativas bem-sucedidas de projetar um marca-passo totalmente implantável foram relatados pelos Drs. William Chardack e Andrew Gage no Veterans Administration Hospital em Buffalo, Nova York, e Wilson Greatbatch, um engenheiro elétrico.
   Esses três homens conduziram mais de dois anos de trabalho experimental e testes, então publicaram um trabalho sobre seus estudos em 1960.
 Os fundadores da Medtronic leram o artigo com interesse, e logo contataram os pesquisadores de Nova York.
  Palmer Hermundslie pilotou seu próprio avião até Buffalo para se encontrar com os Drs. Chardack e Greatbatch, assinou um contrato dando à Medtronic direitos exclusivos para produzir e comercializar o gerador de pulsos implantável Chardack-Greatbatch.
  Dois meses depois de ter iniciado a produção no final de 1960, a Medtronic já havia recebido pedidos para 50 das unidades implantáveis de $375.

   


  Minha mãe usa marca passo há mais de 15 anos.
  Se ela precisasse desse dispositivo em 1965 de certo teria morrido porque o custo era impagável para maioria das famílias NO MUNDO.

  Já pensou se os americanos desistissem do marca passo por causa do preço inicial?

  Na história da Medtronic temos todos “nossos vilões” Holywdianos: os cientistas “brincando de Deus”, a Industria e seus empresários exploradores, o mercado Financeiro o investidor “anti cristo” ... cobrando para salvar vidas.

  Sabem de uma coisa ...eu continuo torcendo pelo sucesso dessa empresa e de tantas outras, a lavagem cerebral hollywoodiana não foi eficiente em mim.

  Sei que boa parte das pessoas defendem que serviços e produtos destinados a saúde não podem almejar lucro.
  Acontece que se as pessoas não tem o incentivo do Lucro os produtos e serviços não são tão eficientemente desenvolvidos.
  Claro que os médicos ficaram sensibilizados com a situação de seus pacientes, mas sem dinheiro, sem capital ... como passar 3 anos apenas pesquisando algo que poderia não ter dado certo como tantas pesquisa não dão?

 Graças a Industria Farmacêutica minha mãe ganhou mais de 15 anos de vida, o marca passo chegou a um valor que a sociedade consegue pagar.
  A quem eu devo agradecer por minha mãe poder conhecer as netas e continuar a fazer parte de nossas vidas com boa qualidade de vida?
  Eu sou grato aos “vilões”!
(Minha mãe faleceu em Junho de 2014 ... todos morremos um dia)

  



Quanto custa um transplante de rim?

 A maioria dos centros médicos são relutantes em colocar um "preço" para transplantes de rim.
  Não é só o transplante em si, mas também um acompanhamento para o resto da vida e remédios caros de uso continuo.
  Considerando apenas coisas como tempo de internação hospitalar, medicamentos, o custo da sala de cirurgia no hospital, material, pessoal, enfermeira, cirurgião e medicamentos ... este custo tende em média entre 50.000 e 100.000 dólares, dependendo do hospital.

  Observe que um “pobre” (relacionado a quem devido à pouca renda paga baixo valor de impostos) ao receber um transplante fica com uma dívida impagável com a Previdência/SUS.
  Tudo que o cidadão contribuiu não é suficiente para pagar uma única intervenção cirúrgica e depois ainda o indivíduo quer se aposentar cedo ...

  Uma “pérola” que escuto muito é:

 👨 “Se o cidadão contribui para a Previdência por 30 anos, quando se aposenta tem direito a receber pelo menos por 30 anos, estão nos roubando!”

  Escuto gente de nível universitário falando isso com uma convicção impressionante.
  Não tem o mínimo de conhecimento da legislação trabalhista, não entende o detalhamento do seu próprio holerite.

  Vamos lá, mais uma vez...

  Se olhar para seu extrato de pagamento verá que são descontados para Previdência 10% do seu salário.
  Se você ganha 1000 reais, paga 100 reais a Previdência. [Simplificando só para facilitar a visualização, não escrevo para acadêmicos.]

  Se por 30 anos você pagou 100 reais mensais a Previdência que matemática é essa em que a Previdência pode te pagar 1000 reais mensais por 30 anos!?
  De onde sairá os 900 reais restantes!?
  Se você pagou 100 reais por mês tem direito a receber 100 reais por mês, essa é a matemática que o mundo civilizado conhece.

  Se você prometer morrer no máximo em 15 anos a Previdência pode te pagar 200 reais por mês ...



  
   


anterior                                           <>                                                próximo

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

SEGURANÇA JURÍDICA

        “A Copa do Mundo de 2014 no Brasil será uma boa oportunidade para que o país receba investimentos em infraestrutura, o que será ótimo para os negócios.”
[Questão Revista Veja]


 O Brasil é muito carente de infraestrutura NÃO precisa de Copa do Mundo para atrair investimentos, precisa de SEGURANÇA JURÍDICA e LUCRATIVIDADE.

  Um dos nossos principais problemas de infraestrutura é a falta de rede e tratamento de esgotos, não sei como a Copa pode ajudar nisso.

  O governo brasileiro (com a benção/voto do povo) gasta sempre mais do que arrecada, está todo endividado com baixíssima capacidade de investimento.
  A “solução” é sempre aumentar impostos e taxas algo que chegou a um limite onde burlar o fisco, sonegar imposto se tornou altamente rentável, em certos casos o único jeito de uma empresa sobreviver.

  Vejam o caso da gasolina.
  Dependendo do Estado a incidência de imposto é maior ou menor, mas gira em torno de 53%.
  Se o dono do posto através de algum artificio conseguir sonegar 10% do imposto legalmente devido ... é muito dinheiro.



  O que falar do cigarro onde o imposto gira em torno de 80%.
  Já fui dono de um restaurante e posso lhes afirmar que vender cigarro não dá lucro nenhum, eu mantinha para atrair clientes.
  Certa vez um cara me ofereceu maços de cigarros pela metade do preço.
  Me levou até seu carro e o porta malas estava cheio de marcas conhecidas.
  Ele disse que esse cigarro vinha via Paraguai sem pagar impostos por isso a diferença brutal de preço.
  Pensei, claro que podia ser isso, mas também podia ser uma carga roubada.

  Eu estava tão com o saco cheio de ser honesto que meu primeiro impulso foi o de comprar a carga toda do homem.
  Mas ... aprendi a esperar o pior da vida.
  O pior seria aquela carga ser roubada, a polícia estar rastreando e eu ser preso por receptação.

  Usei um sofisma para me livrar daquele indivíduo sem ofende-lo ... vai saber com quem eu estava lidando.
  Disse que o negócio seria ótimo se eu pudesse passar algum desconto ao cliente, mas isso chamaria muito a atenção.
  Até eu circular toda aquela carga demoraria meses, meu negócio era pequeno.
  Isso era uma “meia verdade”, o principal motivo era mesmo o medo de ser preso.

  Vamos pensar grande?

________________________________
👨 “Empresas como está empresinha (Globo) de mídia sonega um pouco mais de 600 milhões, "Cria" estas campanhas (Criança Esperança) para mascarar benefícios fiscais e ainda "ficam bem na fita."
[Comentarista no G+]
_________________________________
  
  Humm... o problema é que não discutimos se é justo essa “empresinha” pagar esses 600 milhões (caso deva) que diga-se de passagem não é pouco dinheiro nem para o Bill Gates.

    Ações como essa não acontecem só contra “empresinhas”, tente simplesmente fechar uma empresa qualquer e veja o trabalho que dá.
  O que não entendo é esse ÓDIO direcionada exclusivamente a Globo sendo que emissoras do MUNDO INTEIRO fazem esse tipo de campanha de auxilio as crianças.

    Enquanto nos perdemos nesse ódio infantil a uma emissora de TV deixamos de discutir o porquê da cobrança de certos impostos.
  Eu gostaria de discutir outros assuntos como IPI, ICMS, Emendas Parlamentares... mas se colocam em discussão apenas o ódio a Rede Globo é sobre isso que eu debato, é essa etapa que temos que superar.
  Não tenho como defender esse ódio.



  Agora estão multando o Itaú em 18 bilhões!

  “A Receita Federal está cobrando do Itaú Unibanco cerca de R$ 18,7 bilhões em impostos atrasados, multas e juros relacionados aos instrumentos contábeis usados para a unificação das operações.
  O anúncio de notificação acontece quase cinco anos após a fusão que criou o maior banco privado do país, no final de 2008.”

  Muitas vezes “me parece” que os órgãos criam dificuldades para vender facilidades.
  Eu enquanto contribuinte esperava que a Receita acompanhasse de perto uma fusão grandiosa como a do Itaú e Unibanco, até para orienta-los sobre quais impostos deveriam ser recolhidos, PREVENINDO um crime ou falha de interpretação.
  Aqui tudo é tão confuso que nem boas equipes de contabilidade estão livre de enganos.
  Como a fusão correu bem e o Banco aumentou seu lucro a Receita “cria falhas”, cria dificuldade para lucrar vendendo alguma facilidade.
  Se de 18 Bi o banco acuado desembolsar 5 Bi a Receita já ficou no lucro.

  E para conseguir essa redução que tal dar uns 10 milhões no caixa 2 para alguma campanha política?

  Perceba que NÃO tem Segurança Jurídica.

  Fora todos os problemas que você tem em manter uma empresa no Brasil “se correr tudo bem” sempre há a Receita Federal com uma intrincada cobrança de impostos e a qualquer momento pode surgir uma multa milionária.
  Uma Empresa que trabalhei [Seline Ind e Com] foi multada em 40 mil por não ter lançado corretamente a refeição servida aos funcionários.
  Veja bem, ela prestou o serviço de alimentação, mas por uma falha de lançamento [essas leis mudam com frequência] foi penalizada em 40 mil.
  A empresa não existe mais, o Governo de um lado e a concorrência Chinesa do outro...não foi possível sobreviver.

  Antes de condenar qualquer um que a Receita rotula como sonegador de impostos...JULGUE A RECEITA FEDERAL!
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Uma coisa que as pessoas não entendem é a diferença entre Patrimônio e Rendimento.

  Veja um exemplo simples.

  Uma senhora herdou da família um barracão bem localizado que rende aluguel de 10 mil.
  Digamos que o barracão vale 800 mil.
  Essa senhora tem mais uma casa onde mora de 200 mil.
  Seu patrimônio total é de 1 milhão.
  Mas entendam que seu rendimento mensal é de 10 mil.
  Uma multa de 100 mil para essa senhora sacrificaria 10 meses de seus RENDIMENTOS.
  Quem vê apenas seu patrimônio total pode achar que 100 mil é uma ninharia, mas evidentemente não é.
  É perfeitamente compreensível que essa senhora recorra de todas as maneiras para não pagar essa multa.

  A cobrança de impostos deveria ser mais simples/transparente para que pudéssemos nos posicionar melhor sobre certas dividas ou subsídios.


  Não sou defensor do imposto único já meditei sobre diversas formas de aplica-lo e até agora nenhuma se mostrou eficiente.

  A economia é muito diversificada e engessa-la com um único tipo de tributação sempre traz consequências prejudiciais.
  O mínimo possível são 3 tipos de impostos um para o Município, outro para o Estado e outro para Federação.
  Não tenho como discutir porcentagens porque isso depende de como seria distribuída as RESPONSABILIDADES, isso aqui no Brasil é uma zorra total.
  Exemplo:
  Aqui em Campinas temos escolas Estaduais e Municipais.
  Se todas as escolas fossem municipais você teria que criar uma contrapartida em imposto para o município.
  Não faz sentido você responsabilizar o município pela construção e manutenção das escolas e mandar o dinheiro destinado a Educação para o Estado ou Federação.
  Eu particularmente acho que todas as escolas deveriam ser Estaduais coexistindo com as particulares.
  Aqui no Brasil não se define quem é responsável pelo que, no caso das escolas acredito que uma "padronização" Estadual é mais eficiente que uma "pulverização" municipal.

  Francamente, eu entendo a existência de escolas públicas e escolas particulares, mas escola pública municipal e escola pública estadual é uma "subversão da lógica".

  O mesmo vale para hospitais.

    O município constrói um hospital, mas não tem dinheiro para manutenção daí o prefeito fica implorando verbas para o Governador que na pratica não tem obrigação de manter um hospital que o Município construiu.
  Entendam que construir um hospital não é tão caro diante da manutenção mensal.
  A construção em 1 ano ou 2 termina a manutenção é para sempre.
  Entendam também que hospital público não dá lucro só gasto.

  Eu já sugeri no Blog grandes construções destinadas exclusivamente a Pronto Socorro, concentrando as operações teríamos ganho de escala reduzindo os custos.
  Como esse tipo de local naturalmente atrai muita gente, poderia fazer parte do projeto um Shopping no térreo com lojas e praça de alimentação, o dinheiro do aluguel dos espaços seria revertido a administração do hospital, diminuindo os custos.

   Se o dinheiro dos impostos se concentram no Estado, algo caro como a manutenção de hospitais deve ficar a cargo do Estado, essa lógica entra em sua mente?

  Todo hospital deveria ser Estadual.
  Toda escola deveria ser Estadual.
  Creches poderiam ficar sob responsabilidade do Município.

  Isso são só POSSIBILIDADES, o intuito do texto é mostrar a necessidade de uma melhor organização administrativa, definir melhor quem vai ser responsável pelo que e harmonizar verbas.

  Veja mais um exemplo didático:

  Em Campinas temos uma polícia Municipal, outra Civil e outra Militar.
  Na "pratica" não consigo observar onde termina a jurisdição/responsabilidade de uma e começa a da outra.

  Se a polícia municipal de Campinas persegue um suspeito, quando ele passar a divisa com Sumaré a perseguição para?

  É função da guarda municipal proteger patrimônio ou perseguir marginais?

  Há uma clara rivalidade entre policia Civil e Militar, mas o objetivo final das duas não é o mesmo!?
  Combater todo tipo de crime.
  Dizem que uma é preventiva e outra ostensiva.

  Nos filmes americanos observo uma zona de interseção entre as policias, mas no geral elas tem área de atuação bem definida.

  "Quais são as diferenças entre a polícia do Brasil e a dos EUA?"

  


  Aqui no Brasil há uma subversão das leis da física todas as policias ocupam o mesmo espaço ao mesmo tempo, mas o mais preocupante é que muitas áreas ficam desprotegidas e nenhuma polícia ocupa o espaço.
  Entendam que não é tão importante qual esfera administrativa [Municipal, Estadual ou Federal] vai se responsabilizar pela função, o importante é que alguma assuma a responsabilidade e receba os impostos em contrapartida.


  Nesse texto espero que você reflita melhor sobre o tema “Imposto”.

  Não estou “discordando por discordar”, não estou indo contra a maioria uma vez que a maioria não tem ódio da Globo.

  Mas observo que a maioria quando ouve que uma empresa deve algum imposto “preconceituosamente” hostilizam a empresa e confiam cegamente na Receita Federal [e outros órgãos de arrecadação e aplicação de multas]


  Antes de condenar qualquer um que a Receita rotula como sonegador de impostos...JULGUE A RECEITA FEDERAL!



__________________________________________





_______________________________________________


anterior                                           <>                                                próximo

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Homem com H

   “A honra é, objetivamente, a opinião dos outros acerca do nosso valor, e subjetivamente, o nosso medo dessa opinião.”
 [Arthur Schopenhauer]

  


  Já me chamaram muito de afeminado e endemoniado, mas o que as pessoas mais gostam de dizer é quanto sou ignorante.

  Não conheço nada, preciso estudar sobre tudo.
  Me recomendam buscar ajuda de psicólogos.
  Sou “alienado”, alguém totalmente dominado pela lavagem cerebral de algum “sistema”.

  De acordo com a opinião dos outros meus pensamentos não tem valor porque EU não tenho valor.

  O que faria eu ter algum valor?
  Ter muito dinheiro. (Não tenho)
  Ser famoso. (Não sou)
  Ser professor em alguma Universidade conceituada. (Nem cheguei perto)

  Por me acharem tão sem valor eu não deveria nem me atrever a escrever alguma coisa, deveria me contentar em ler o que as pessoas “de valor” escrevem.
 
  Como não tenho medo da opinião dos outros a equação filosófica formulada por Schopenhauer sugere que eu sou neutro em relação a honra.

  Eu realmente me sinto neutro em relação a honra.

  Tento não escrever Filosofia muito complexa, mas atualmente não tenho conseguido, esse é mais um texto que vai exigir que você leitor tenha sua mente escancarada.
  Vamos audaciosamente onde nenhuma mente jamais esteve.

  Espaço, a fronteira final.
  Estas são as viagens da nave estelar Enterprise.
   Prosseguindo em sua missão de explorar novos mundos, procurar novas formas de vida e novas civilizações, audaciosamente indo onde ninguém jamais esteve. 


▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
 Napoleão Bonaparte era gay?

  “Há essa tendência de falar que todos os grandes nomes na história eram gays simplesmente para que os gays de hoje sejam aceitos na sociedade.
  Absurdo falar que Napoleão ou Hitler eram gays.
  Napoleão pelo contrário era até conhecido por ter várias amantes na corte europeia.
  Além disso, é comum aos países vencedores, os que escrevem a história denegrir os vencidos chamando-os de "bárbaros", "anticristo", "ditadores”, “comedores de criancinhas", "terroristas" e outras bobagens do gênero…” 


  Não é só os vencedores que querem denegrir a imagem dos vencidos, os vencidos também denigrem a imagem dos vencedores... é o que lhes resta fazer.

  “Apesar do estilo espartano do retratado, é o campo do prazer que se destaca – ou do desprazer, em alguns casos, tão afoito ele era.
  Napoleão só gostava, por exemplo, das relações sexuais apressadas – tratava o sexo como uma simples “troca de suores”.
  Famoso por sua “infidelidade mediterrânea”, pelo menos uma vez ele ultrapassou o limite de tempo.
  A longa noite de amor se deu com a atriz Marguerite George, uma das mais famosas vedetes da cena teatral parisiense.” 

  Sócrates era gay?

  Por esses dias ao citar um pensamento de Sócrates ao invés do interlocutor analisar o pensamento preferiu dizer que Sócrates era apaixonado por Alcebíades e viviam um relacionamento homossexual.

  Ou seja, o pensamento de Sócrates não tinha valor devido sua atividade sexual!

  Até onde sei Alcebíades era considerado um dos homens mais bonitos de Atenas e Sócrates concordava com isso.
  Sócrates era um admirador da Beleza, “amava a Beleza”.
  Eu nunca tive desejo sexual por nenhum homem, mas já achei e acho muitos bonitos.
  Um exemplo?
  Hoje não acho Reynaldo Gianecchini tão bonito, já perdeu o frescor da juventude ... acontece com todos nós “geralmente” a partir dos 30 anos, é um processo biológico. 
  Na novela Da Cor do Pecado estava no auge de sua beleza [na minha opinião].
  Não, não assistia a novela, passava na sala e via a imagem, o cara me impressionava por sua beleza.
  NÃO! Nunca tive fantasias enrabando ou sendo enrabado por ele...
  Apenas admirava sua beleza, claro que sexualmente falando minha opção óbvia seria a Taís Araújo ou a Giovanna Antonelli.

  

  Na história que chegou até nós Alcebíades realmente se apaixonou por um dos homens mais feios de Atenas [meu amigo Sócrates], mas Sócrates apenas admirava sua beleza.
  Alcebíades até reclamou que se deitou com Sócrates e esse não quis ter relação sexual com ele.
  Na Grécia antiga relacionamento sexual entre homens era “normal”.

  Jesus Cristo era gay?

  Navegando pela Internet ou lendo alguns livros não falta gente insinuando que Jesus era homossexual.
  Da História de Jesus que chegou aos nossos dia temos apenas seus 3 anos de ministério onde mesmo a igreja católica tentando selecionar o melhor de Jesus ele comete gafes como não lavar as mãos antes de comer, matar uma figueira ou fazer a previsão do fim do mundo ainda naquela geração.

  Sócrates nunca se disse santo ou filho unigênito de algum deus, como humano é natural que cometesse gafes, mas Jesus deveria estar acima de qualquer gafe, de qualquer contradição, de qualquer previsão errada.

  Não bastava Jesus ser um homem maravilhoso ele tinha que “parecer” um homem maravilhoso e em algumas passagens...não é o que “parece”.

  Observem essa passagem:
  
___________________________
  “Então os discípulos olhavam uns para os outros, duvidando de quem ele falava.
  Ora, um de seus discípulos, aquele a quem Jesus amava, estava reclinado no seio de Jesus.
  Então Simão Pedro fez sinal a este, para que perguntasse quem era aquele de quem ele falava.
  E, inclinando-se ele sobre o peito de Jesus, disse-lhe: Senhor, quem é?
  Jesus respondeu: É aquele a quem eu der o bocado molhado.
  E, molhando o bocado, o deu a Judas Iscaríeis, filho de Simão.”
 [João 13:22-26]
_____________________________

  Quem lê o texto com ISENÇÃO há de concordar que é uma “movimentação” muito estranha.

  Imaginem que eu e meu colega Fabiano estejamos em uma mesa com mais 11 colegas de trabalho.
  O Felipe quer me perguntar alguma coisa, mas prefere pedir ao Fabiano que faça a pergunta porque aparentemente eu “o amo” mais.
  O Fabiano está “reclinado em meu peito”.

   Embora seja estranho não prova nada, mas dá margem a inúmeras “teorias boiolistas”.

  Talvez essa passagem bíblica tenha sido escrita por alguém influenciado pela cultura grega que resolveu dar seu tempero particular.
  Lembremos também que nessa época aquela região era dominada por Roma que por sua vez foi muito influenciada pela cultura grega.
  É difícil precisar exatamente os costumes da época.
  Até hoje em vários países é comum um homem beijar outro homem no rosto em sinal de respeito, admiração.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
   Acredito que a maioria admire aquele personagem mental idealizado “Homem com H maiúsculo”


  Ele abrange tudo que se espera de um homem “admirável”, um “orgulho” do gênero masculino.
  Forte, decidido, integro, justo, leal...
  Como a perfeição não faz parte do pacote espera-se que um homem com H seja capaz de reconhecer seus erros e corrigi-los, entretanto um homem com H não comete muitos erros, ele é inteligente, bom líder, amante, companheiro...

  Há muitas coisas que não combinam com a imagem desse tipo de homem.
  Um caloteiro não consideramos um Homem com H.
  Ladrão, que bate em mulheres, drogado, pedófilo, mentiroso, covarde..., mas vou falar de algo mais “light” que não combina com um Homem com H.

  Não combina  um Homem com H a imagem dele sendo enrabado por outro homem.

  Mesmo na fase mais “liberal/tolerante” da cultura Grega [mais precisamente os Atenienses], não se esperava de um “grande líder” que ele fosse passivo em uma relação sexual.

  No entanto para um Livre Pensador o que importa é se o pensamento está bem estruturado, se é observável.
  Se a mente que o proferiu é de um homossexual, homem, mulher, preto, branco ou índio...não faz muita diferença.

  Observe que eu disse que não faz muita diferença porque dependendo do tipo de pensamento importa o tipo de pessoa que o profere.

  Exemplo rápido:
  Um índio é a favor que metade do território brasileiro fique com indígenas, é difícil não considerar que ele apenas está defendendo seus próprios interesses e não fundamentando em uma argumentação isenta.
 Mas claro, se ele tiver argumentos pra defender essa tese, não importa que ele seja beneficiado com ela.

  Esse texto é sobre uma situação inversa:

  O pensamento é isento, mas o ouvinte quer desmerece-lo atacando a "honra" de quem o proferiu.

  Porque fazem isso?
  Porque FUNCIONA.

  Se Jesus fosse gay você o aceitaria como filho unigênito de Deus?

  PARA QUE PERDER TEMPO DEBATENDO AS IDEIAS DE UM HOMEM SE VOCÊ PODE ATACAR O PRÓPRIO HOMEM, acabar com a fonte de pensamentos que não lhe agradam, ou fazer que outras pessoas não o escutem?

  Lembrei do refrão de uma música:

  “Você teria por ele esse mesmo amor se Jesus fosse um homem de cor" [negro]?

  Para você que se interessa pelo Livre Pensamento.

  É importante dissociar o “pensamento” do “autor” tanto quanto possível.

  Um alcoólatra diz que o vício em bebida é um grande mal, você não irá levar o pensamento em consideração só porque foi dito por um bêbado!?
  Um cara que bate na esposa diz que devemos respeitar as mulheres.
  O respeito a mulher é devido mesmo que o autor do pensamento não faça isso.

  Historicamente um bom jeito de manchar a "honra" de um homem era insinuar que ele fosse afeminado.
  Por outro lado para os afeminados de fato é importante que tenham afeminados famosos ... junta a fome com a vontade de comer.

  Pensadores que não simpatizavam com Jesus querem manchar a sua honra sugerindo que ele era homossexual. (Geralmente ateus e “religiões rivais” do Cristianismo)

  E homossexuais puxam a sardinha para seu lado satisfeitos em levantar teorias que alguém famoso e historicamente importante como Jesus fosse homossexual.

  Como Livre Pensador não há nenhum fato histórico que comprove alguma homossexualidade em Jesus.
  Mais que isso, pensamentos são pensamentos.
    “Você teria por ele esse mesmo amor se Jesus fosse um homossexual?”

  Quanto aos Atenienses boa parte era bissexual, quem não conhece aquela frase:

 "O importante é sentir prazer, não importa o buraco."

  Os atenienses brindavam o prazer, mas como já escrevi, os gregos não renegavam seu "gênero".
  O homem grego não queria se transformar em mulher ou se atribuía um terceiro sexo.
  Ser passivo na juventude em troca de algum ensinamento/favor não era mal visto, entretanto era “desonroso” um homem adulto ser passivo.

  Entendo que é difícil para uma mulher ou homossexual entender isso, mas para um homem hétero uma das piores coisas do mundo é ser sodomizado.
  É como o estupro para a mulher “talvez” multiplicado umas 3 vezes. [Isso é muito subjetivo]

  Para terminar esse texto eu digo para tomarem cuidado com essa " homossexualização" de personagens históricos.
  Se não há uma comprovação histórica “confiável” é melhor não usar isso como argumento.
  Até porque não tem nenhuma comprovação cientifica ou mesmo teoria que diga que ter relação homossexual provoque algum tipo de dano ao cérebro.
  Quanto a “honra” é algo tão variável com o tempo e lugar que não nos serve como base argumentativa filosófica...

  



Texto Complementar:

  A honra é uma estrutura de pensamento muito instável, assim como a Moral ela é baseada na Tradição/Emoção/Instinto.
  Para efeito didático vou tornar a honra menos flexível a limitarei em um contexto.

  "Põe quanto és no mínimo que fazes."
  [Fernando Pessoa]





anterior                                           <>                                                próximo