segunda-feira, 27 de julho de 2015

Sociedade Matriarcal

   Alguma vez já lhe ocorreu que os homens “em geral” são mais eficientes que as mulheres?  [William Robson]

  A Lógica me diz que homens são melhor adaptados, mais eficientes.



Eu creio na Bíblia como a palavra de Deus, más ao mesmo tempo tenho certeza que algumas pessoas em algum momento inseriram seus próprios conceitos favorecendo a quem achou que deveria, usou de má fé para manipular as pessoas, em especial, as mulheres para que os homens pudessem subjugá-las.” [Comentarista no G+]
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
   Se homens não fossem mais eficientes que as mulheres não conseguiriam “subjuga-las” por tanto tempo.
  A Bíblia é apenas um entre tantos livros sagrados, não parece estranho que o padrão de uma sociedade patriarcal sempre se repita?
  O Hinduísmo é a religião mais antiga e por isso com mais ramificações de todo tipo, encontramos sociedades matriarcais ali?
  Partes do Kerala e também do Meghalaya, [Estado no norte da Índia], tem até hoje características matriarcais, mulheres herdam prioritariamente os bens da família...mas não vai muito além disso.

  As duas maiores religiões são o Cristianismo e o Islamismo, quem consegue me mostrar alguma nação onde o sistema matriarcal foi mais eficiente [por longo período de tempo] que o patriarcal.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  ADAPTAÇÃO: Integração de uma pessoa ao ambiente onde se encontra.
  Esforço para realizar esta integração, a inteligência humana é uma constante adaptação.
   A Adaptação ao meio promove ação modificadora dos fatores externos sobre o comportamento e a estrutura dos organismos vivos.

  É muito importante para o sucesso dessa meditação que você entenda o conceito de adaptação, relembremos o amigo Darwin:
  “Charles Darwin (1809-1882), naturalista inglês, desenvolveu uma teoria evolutiva que é a base da moderna teoria sintética: a teoria da seleção natural.
  Segundo Darwin, os organismos mais bem adaptados ao meio têm maiores chances de sobrevivência do que os menos adaptados, deixando um número maior de descendentes.
  Os organismos mais bem adaptados são, portanto, selecionados para aquele ambiente.”  [Só Biologia]

  Não há porque não expandirmos esse conceito para “Sistemas Organizacionais”.

  Os sistemas mais adequados/adaptados permanecem, os menos adaptados desaparecem ou são “subjugados”. [Prefiro assimilados]
  Vejam o caso da Monarquia de fato e do Feudalismo.
  É raro você encontrar esses sistemas bem caracterizados atualmente no mundo.
  Na Arábia Saudita temos uma monarquia de fato na Inglaterra é mais tradição, a rainha não tem poder de fato.
  Situações bem semelhantes com o feudalismo ocorrem regionalmente em vários lugares, a China é um bom exemplo, mas no geral a China é uma república socialista.

  “A República é vista, mais recentemente, como uma forma de governo na qual o chefe do Estado é eleito pelo povo ou seus representantes, tendo a sua chefia uma duração limitada.
   A eleição do chefe de Estado, por regra chamado presidente da república, é normalmente realizada através do voto livre e secreto. Dependendo do sistema de governo, o presidente da república pode ou não acumular o poder executivo permanecendo por quatro anos.” [Wikipédia]

  Entenda que mesmo na China há um rodizio do Líder Supremo, o voto não é aberto a todos, mas ele chega ao poder pelo voto dos comunista que teoricamente representam o povo.
  A Republica vem se tornando um sistema hegemônico por se adaptar melhor a sociedade.
  A Republica pode ser mais marxista ou liberal.
  Como democracia [direito ao voto] a Republica pode ser mais plena ou parcial, mas é o sistema que por sua eficiência vem prevalecendo.

  Quando surge um sistema melhor inevitavelmente ele vai se impondo.
  Nem sempre ele extermina o sistema anterior, geralmente ele assimila...o que muitos entendem como “subjugar” o que eu acho um certo exagero.

  O sistema patriarcal é dominante porque é mais eficiente o que não significa defender a submissão das mulheres aos homens ou das mães aos pais.

  Se uma mulher em uma concorrência leal [sem protecionismo] se mostra mais eficiente que o homem no comando de qualquer coisa... que o cargo seja dado a essa mulher, não por ela ser mulher, mas por ser uma pessoa mais eficiente naquela determinada situação.

  Vejo pensadores fazerem uma correlação direta entre sociedades mais desenvolvidas e quantidade de mulheres no poder.
  Defendem linearmente que mulheres são melhores administradoras analisando apenas o número de mulheres no comando em sociedades mais desenvolvidas.
  Na minha analise não são as mulheres no comando as responsáveis por uma economia melhor.

  As nações mais desenvolvidas tem uma cultura que valoriza o MÉRITO.

  Não importa se você é homem, mulher, gay, índio, negro, branco, cristão ou muçulmano, se você é competente/talentoso/eficiente em determinada atividade terá seu mérito reconhecido em prestígio e dinheiro.
  Imagine quantos cérebros eficientes em corpos femininos são desperdiçados nesses povos onde a mulher é até impedida de estudar.
  Aqui no Brasil hoje mesmo pode estar nascendo um indiozinho gênio, mas a FUNAI vai obriga-lo a viver como 1000 anos atrás...uma maravilhosa mente será desperdiçada.
  Na sua empresa pode ter um funcionário talentoso que se ocupasse o cargo de chefia poderia aumentar grandemente seus lucros, mas ele é gay e você não promove gays...

  Em sociedades mais civilizadas bons cérebros e talentos são aproveitados não importa em que tipo de corpos, orientação sexual ou religiosa estejam.
  Meditem sobre isso, depois continuamos essa viajem.




Nota: Um grande problema que observo nas sociedades mais civilizadas é que elas estão caminhando rapidamente para um preconceito às avessas quando o objetivo deveria ser evitar o preconceito...pelo menos é isso que o bom senso manda.

a)  É nefasto promover um gay só porque ele é gay para a empresa parecer “politicamente correta”, não ser taxada de homofóbica.
  De repente analisando os dados certo funcionário hétero desempenha melhor determinadas funções, mas se não promovermos o gay parecerá discriminação.
  O fato é que acabamos discriminando o hétero.

b) Em um teste para 5 vagas de emprego os 5 primeiros colocados são homens, mas em nome de uma “diversidade” você não dá a vaga ao quarto e quinto e coloca no lugar a mulher que ficou na sexta colocação e outra que ficou na oitava.
  Uma cota para mulheres, o quarto e quinto colocados foram eliminados simplesmente por serem homens.

c)  Dois garotos, um da “cidade” e outro da “aldeia” fazem um teste para faculdade, o garoto da cidade se sai melhor, mas em nome de alguma dívida social damos a vaga ao garoto da aldeia. 
  O garoto da cidade foi excluído simplesmente por morar na cidade.

LEMBRE-SE QUE TODOS NÓS FOMOS “ÍNDIOS”.
[Em algum momento da história]

  Se algumas tribos evoluíram mais que as outras...fazer o quê?
  Terno, gravata, escritório, indústria...são coisas bem recentes na história da humanidade.
   Os vikings eram índios, viviam em tribos/aldeias
   Os asiáticos viviam em tribos.
   Os árabes viviam em tribos.
   Os africanos viviam em tribos.

  SE TODOS NÓS DESCENDEMOS DE ÍNDIOS E NÃO DE ALIENÍGENAS ENTÃO A TERRA É NOSSA POR HERANÇA.


  Só mudo minha opinião se me provarem que existia o índio [humanos] e chegaram outros humanoides de Marte ou outro planeta qualquer…fico no aguardo. [Filosofia Matemática]  

Anterior          <>        Próximo 

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Pedalada Fiscal

   “A expressão “pedalar” costuma ser usada pelos técnicos que lidam com o orçamento público como sinônimo de postergar uma despesa.
  Foi exatamente isso o que a equipe econômica comandada pelo ex-ministro da Fazenda Guido Mantega fez nos últimos dois anos. [Globo]

  Eu vejo muita idiotice entre pessoas leigas quando analiso finanças.


  Isso não se limita a pessoas com pouco estudo.
  O cidadão pode ser muito inteligente, formado na área de biológicas ou humanas e com pouco interesse ou aptidão por exatas.
  Quero dizer que um excelente médico não é necessariamente um excelente administrador de hospital.
  Um artista famoso que ganha muito dinheiro pode não ser muito hábil para administrar seu orçamento e sem ajuda profissional pode acabar na miséria.

  Veja uma idiotice básica que com certeza você já viu.

  Há pessoas que só pagam as contas de água e luz depois de vencidas!

  Caraca! Qual a lógica disso?
  Claro que sei muito bem o que é ser pobre e ocorrer imprevistos.
  Não estou falando daquele mês que por algum motivo grave você teve que postergar esses pagamentos.
  Estou falando de tantas e tantas pessoas que transformaram pagar contas básicas com atraso regra e não exceção.
  Caraca mano, sem água e eletricidade sua vida vira um caos, você sabe que terá que pagar, separe o dinheiro desses serviços básicos e PAGUE EM DIA.
  Entenda que em geral qualquer pagamento que você atrase gera multa e juros.

   “Após vencimento cobrar 2% de multa e 1% de juros ao mês.”

  Essa é uma clausula bastante amigável da minha taxa de condomínio, multa baixa e juros bastante amigáveis... se você pensar que os juros no cartão de crédito chegam a 10% ao mês.
  Por isso tantos atrasam o pagamento do condomínio... mas esse seria outro texto.



  Quando você atrasa uma conta de luz de 100 reais, acaba pagando 103 reais, bom para fornecedora de energia que ganha 3 reais sem nenhum esforço.
  Multiplique esse valor por contas maiores e por milhões de clientes e temos uma fortuna.
  Se você não pagar é ruim para você que terá a energia cortada e se você pagar com atraso é ótimo para operadora ou financeira que estiver bancando a operadora.
  Ao longo de um ano você terá gasto 36 reais sem motivo (12 X 3 reais).
  Quem atrasa conta de luz de certo atrasa outras contas, quanto será que um cidadão idiota em matemática joga fora todos os anos?

  Pior mesmo é ser obrigado a idiotice ou ser enganado.
  O Governo nos coloca nas duas situações.

  Imagine que eu dê dinheiro para minha esposa pagar a luz em dia, mas ela sempre pague com atraso e para cobrir os juros me pede mais dinheiro.
  Aqui em casa é fácil eu olhar a conta de luz e verificar se está sendo paga em dia, eu nem preciso usar minha esposa como intermediaria eu mesmo vou ao banco ou autorizo cobrança automática.
  No caso dos gastos do Governo a conferencia é muito complicada, impossível para o cidadão comum.
  Se ocorre alguma caca você só vai descobrir depois de 1 ano na prestação de contas, “se” a analise for bem conduzida e “se” a imprensa noticiar.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Quem colocaria idiotas em matemática na condução de nossa economia!?
 
  Até um tempo atrás se você tivesse uma despesa inesperada e precisasse passar um cheque sem fundos... tendo alguma moral com o gerente do banco ligava para ele cobrir o cheque e depois você acertava.
  Claro que esse atendimento especial era para poucos, a grande maioria se passasse um cheque sem fundos o receberia de volta.
 
  Os bancos percebendo essa necessidade de muitos clientes em dar uma esticada no salário começaram a deixar disponível alguma grana a mais na conta do cliente para emergências e claro cobrando juros por isso.

  Suponhamos que você tem 1000 reais na conta e mais 500 disponíveis.
  Mil reais são seus pode gastar, 500 reais são do Banco você pode gastar, mas vai pagar juros.
  Não precisa ser um gênio das finanças para saber que se você gastar todo mês mais do que ganha sua dívida em pouco tempo come todo seu salário.
  No seu e meu caso a dívida está em nosso nome arcaremos mais cedo ou mais tarde com todos os ônus.

  Quando você é Prefeito, Governador, Presidente você não faz empréstimo em seu nome, mas em nome da instituição.

  Um Governador pode endividar o Estado grandemente e quem fica com o ônus é o próximo eleito que terá que cortar gastos e ficar muito impopular ou se possível vai continuar se endividando até não ter mais jeito.
  Nos Bancos estaduais o governador indica os diretores logo não tem jeito de falar não ao pedido de empréstimo a não ser que não tenha dinheiro.

  Como o diretor da Caixa ou Banco do Brasil vai falar não para a Presidente?

  Até porque o dinheiro do banco também não é do diretor, se ele ficar quieto e só obedecer continua no posto ganhando seu gordo salário e cheio de prestígio.
  Se falar não ao pedido do Governo leva um chute no traseiro e outro faz o que ele não quis fazer.
  Se o Governante não perde dinheiro e nem o diretor do banco qual o problema?

  A sociedade perde dinheiro através da cobrança de impostos.

  Estatal não quebra, mais cedo ou mais tarde de alguma forma o Governo tem que dar um jeito de capitalizar a empresa.
  Entende agora porque sua conta de luz subiu tanto?
  O governo aumenta os impostos ou a cobrança dos serviços cujo o preço está sob seu controle.

  Qual a solução para esse imbróglio todo?

  Cortar o mal pela raiz, impedir que o governante gaste mais do que arrecada a ponto de achacar os bancos estatais.
  Tem outras maneiras do Estado conseguir financiamento e quando ele chega ao ponto de achacar os bancos é porque já esgotou todos eles.

  A lei de responsabilidade fiscal foi feita para proteger todos nós de dirigentes mal administradores.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
   “Durante evento sobre práticas de boa governança, em São Paulo, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), AUGUSTO NARDES, relator do processo das contas do governo Dilma Rousseff referentes a 2014, disse que o voto sobre o assunto tem caráter técnico. "Nosso voto não é com intenção política", afirmou.” [Estadão]

  Esse Ministro é muito competente, até agora é mais um bom cidadão que devemos dar muito apoio.
  Entenda o caso da pedalada [maquiagem] da maneira mais simplificada possível:
  Dilma gastou tanto que não tinha dinheiro para pagar o Bolsa Família então a Caixa Econômica foi obrigada a pagar de seus cofres esse benefício, ISSO É PROIBIDO POR LEI.

  Agora começamos a entender aquele “boato” que fez um monte de gente correr na Caixa para pegar o benefício com medo que não tivesse dinheiro.

  REALMENTE O GOVERNO NÃO DEPOSITOU NADA E A CAIXA TEVE QUE ARCAR COM OS CUSTOS PARA EVITAR O CAOS.

  O Governo nos enganou dizendo que iria investigar de onde veio o boato sugerindo que era alguma manobra da oposição.
  Não era boato, realmente alguém da Caixa vazou a VERDADE que não havia dinheiro.
  Relembrem o caso:

   “BOATO SOBRE FIM DO BOLSA FAMÍLIA É 'CRIMINOSO', DIZ DILMA EM PERNAMBUCO” [Folha/UOL]

   Por mais que você pesquise nunca sabe ao certo quem está elegendo.
  Isso acontece até no nosso cotidiano nas mais diversas situações.
  Você só sabe de fato como é trabalhar em determinada empresa quando passa a fazer parte do seu quadro de funcionários.
  Só sabe o quão bom ou ineficiente é um funcionário quando observa sua competência e produtividade.
  Só sabe de fato o que é namorar ou casar com uma pessoa quando namora ou casa com ela.

  Sua esposa ou marido deliberadamente estourar todas as finanças da família é algo muito grave.
  E se fizer isso para ajudar um(a) amante?
  Tudo fica ainda pior.
  Nosso Governo tem financiado outros povos em contratos sigilosos.
  Se esses contratos fossem favoráveis à nossa economia porque não tornar público o grande feito?!

  Governo do Brasil perdoa dívida de U$800 milhões. [YouTube]

  O Governo não informa quanto a Venezuela nos deve e nem o tempo médio de atraso nos pagamentos.

  Claro que o Governo tem esses números bem aproximados, mas os esconde para nossa "proteção"... apenas confiemos.
  Heil Dilma!


Anterior          <>        Próximo 

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Lei da Responsabilidade Fiscal

  O Socialismo dura até acabar o dinheiro dos outros. [Margaret Thatcher]

  Eu NÃO sou isento, já analisei profundamente os Governos Federais do PT e do PSDB.

  Não tenho dúvidas que o Brasil foi governado por FHC de maneira muito mais eficiente do que foi por Lula e Dilma.
  Em 2002 eu não tinha tanto conhecimento sobre economia quanto tenho hoje e evidentemente não tinha bola de cristal para saber como Lula seria na Presidência, me parecia um cara bem intencionado e profundo conhecedor das mazelas brasileiras.
  Não subestimem minha inteligência, vejam esse vídeo no YouTube.
video

  Além do meu menor conhecimento de economia e o Lula parecer um cara confiável ainda tinha graves denúncias de corrupção.
  Na minha mente manter o PSDB no poder não garantiria lisura nas investigações.
  Fica claro que meu voto no PT em 2002 foi extremamente consciente.
  Hoje eu tenho muito mais conhecimento sobre economia, o PT investigou profundamente o Governo FHC e não nos trouxe nada de escandaloso [perfeição não existe] e o objetivo do Lula me foi muito bem revelado no caso mensalão e agora no Petrolão.
  Lula quer ser dono do Brasil e dividi-lo com amigos, como um rei e sua corte, assim como fez Hugo Chávez na Venezuela e Vladimir Putin faz na Rússia.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Políticos populistas quando não mentem, destorcem os fatos a seu favor.
  Vejam um exemplo bem atual:

  Petistas dizem que as pedaladas eram comuns em Governos anteriores.

  “Se outros pedalaram nós do PT também podemos pedalar.”

  É verdade que outros governos emprestavam dinheiro de bancos estatais, usavam o “cheque especial” para fecharem as contas, isso era ruim para a transparência/eficiência das contas públicas, por isso foi criada uma lei em “2000” para proibir essa pratica.

  “A Lei de Responsabilidade Fiscal entrou em vigor em 5 de maio de 2000
  Criada durante o governo de Fernando Henrique Cardoso, a LRF provocou uma mudança substancial na maneira como é conduzida a gestão financeira dos três níveis de governo.
  Tornou-se preciso saber planejar o que deverá ser executado, pois além da execução deve-se controlar os custos envolvidos, cumprindo o programado dentro do custo previsto.
  Sua criação fez parte do esforço em reformas do estado promovido pelo governo federal para estabilizar a economia brasileira, reduzir o risco país e estimular investimentos externos no país, a partir do Plano Real.” [Wikipédia]

  Essa lei foi feita para ferrar o Governo PT?
  O governo do PSDB teria que ter videntes, para saber em 2000 que em 2003 Lula assumiria a Presidência.
  O mais provável é que a lei foi feita porque não só FHC, mas também a “maioria” do Congresso acreditaram que ela era necessária.
  O PT foi contra a Lei de Responsabilidade Fiscal.

O que são as “pedaladas fiscais”?

  “São manobras contábeis que, segundo a oposição, teriam como objetivo melhorar o resultado das contas públicas - ou seja, ajudar o governo a fazer parecer que haveria um equilíbrio maior entre seus gastos e suas despesas.
  No caso, o governo Dilma é acusado de atrasar o repasse de recursos para benefícios sociais e subsídios pagos por meio da Caixa Econômica Federal, do Banco do Brasil e do BNDES para passar a impressão de que as contas públicas estariam melhor do que realmente estavam.
  Teriam sido "segurados" cerca de R$ 40 bilhões do seguro-desemprego, programa Minha Casa, Minha Vida, Bolsa Família, Programa de Sustentação do Investimento (PSI) e crédito agrícola, segundo o TCU.
  Como os desembolsos não foram efetuados, as contas do governo pareceram temporariamente mais equilibradas.
  A questão é que não houve atrasos no pagamento desses bilhões de reais em benefícios e subsídios para seus beneficiários, porque os bancos públicos cobriram esse valor - cobrando juros do governo pelo uso de tais recursos.
  Tais manobras, segundo o TCU, configurariam operações de financiamento, ou "empréstimos" desses bancos para o Tesouro, o que é proibido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, de 2000
  De 2012 para cá essas manobras fiscais vêm sendo feitas de forma sistemática e planejada. [BBC]

  Sempre que uma lei entra em vigor é compreensível que as pessoas e instituições passem por um período de adaptação.
  Se a Lei que reduz a maioridade penal passar vamos fazer adaptações emergenciais nos presídios existentes, reorganizar repartições e inevitavelmente teremos que construir novas penitenciarias...isso leva algum tempo.

  Entenda que se a lei da redução da maioridade for aprovada no final do ano, o rapaz de 16 anos que cometer um crime hoje não será alcançado por ela porque essa lei ainda NÃO EXISTE.

  Quero dizer que antes de 2000 FHC não tinha como ser punido por pedaladas porque a lei de responsabilidade fiscal NÃO EXISTIA.
  Cabe ao PT nos mostrar [com provas] que ocorreram as pedaladas em 2001 e 2002.
  E se o PT fizer isso o que pode acontecer!?
  FHC deixou o Governo em 2002, em Janeiro de 2003 Lula assumiu.
  Vamos cassar o mandato de FHC ou de seu sucessor na Presidência!?

  Como o Plano Real deu certo e houve um grande crescimento mundial até 2008 foi razoavelmente fácil cumprir a lei de responsabilidade.
  Devido uma condução desastrada da economia por Mantega e os efeitos da “marolinha” a lei da responsabilidade foi ficando difícil de ser cumprida, ainda mais com medidas populistas para iludir a população que tudo estava bem.
  Chegaram a dar um aumento para o Bolsa Família acima das aposentadorias e salário mínimo.

  Mas não pensem que foi um populismo só com os mais pobres.
  Atrás dos “financiamentos legais” de campanha o PT loteou o BNDES para os amigos ricos.

  E nossa juventude?
  Essa merecia um texto a parte, mas observem o resumo rápido de uma ocorrência. [Quanto Custa um Universitário?]


  Latinos em geral querem um Estado Paizão, isso passa de pai para filho.

  Mais ou menos desde 2009 ouço pessoas de 20 a 30 anos dizerem que votam no PT porque se não fosse ele elas não teriam realizado [ou estariam realizando] o sonho da Faculdade.
  Isso é verdade.
  Muitas dessas pessoas por terem uma condição financeira melhor não teriam acesso ao FIES se esse fosse mais criterioso.
  Muitos alunos ruins de nota não teriam acesso ao FIES se ele fosse mais criterioso.

  Sabiam que o FIES e o Bolsa Escola foram criados no Governo FHC?

  Um partido que “detesta” pobres desenvolveria esses tipos de programas!?
  A maioria dos nossos jovens não sabem então não pensam nisso, não é falado nas escolas, nem em Universidades e nem eles buscam essa informação.
 
  Tal qual fez com o Bolsa Família o Governo populista do PT escancarou as portas do FIES.

  O Governo gasta fácil e sem o controle o dinheiro porque não é dele mesmo.
  E os jovens?
  De “graça” até injeção na testa. [Não existe almoço grátis, sempre alguém paga]
  Quando acabar o dinheiro...acabou...fo#dam-se outros jovens quando acabar a festa.
  Como qualquer Liberal podia prever, o dinheiro acabou e a festa do FIES também.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Com tanto populismo todo sacrifício que fizemos para viabilizar o Plano Real escorreu pelo ralo da incompetência governamental e da cultura socialista do nosso povo.

   A consequência foi que já no início do Governo Dilma burlar a lei de responsabilidade virou regra, sem dinheiro o jeito é usar o “cheque especial.”
  Mas mesmo isso tem um limite e agora o único jeito são fortes ajustes fiscais deixando nossa economia letárgica...vai saber por quanto tempo.
  O que é possível prever é que em 2018 mesmo que na realidade ainda estejamos ruins das pernas o Governo vai fazer uma “festa” para se manter no poder e como os brasileiros de todas as classes adoram uma festa... depois é só ficar deitado em berço não tão esplendido até a próxima festa.

  Eu quero é Tchu, eu quero é Tcha...tchutchutchu,tchatchatcha
  “Forró Universiotario”  ♫♫♫♫♫
[Nada contra essa música que acho muito animadinha]

 Sabemos que o PT votou contra a lei de responsabilidade fiscal, mas nem tentou mudar a lei, simplesmente resolveu ignora-la com prejuízos crescentes as contas públicas, obrigando os trabalhadores brasileiros a pagar juros cada vez mais altos.

   Os militares já nos entregaram o país quebrado e Sarney e Collor só fizeram piorar, não acredite em mim PESQUISE.
   O governo militar estatizou demais e isso não dá certo em economia nenhuma:

  “Em valores de hoje, dívida externa deixada pela ditadura militar atingiria us$ 1,2 tri, quatro vezes a atual.”

  O fato inconteste é que FHC entregou um país muito melhor do que recebeu
  Foi sem sombra de dúvida um administrador muito mais eficiente que Lula ou Dilma.
  Colocar FHC, Lula e Dilma no mesmo nível não é isenção, é negar a realidade dos fatos e isso eu não faço.

Vejam um pouco da história:
 [É fato não é boato]

1985 – O PT é contra a eleição de Tancredo Neves e expulsa os
Deputados que votaram nele.

1988 -  O PT vota contra a nova Constituição que mudou o rumo do Brasil.

1989 -  O PT defende o não pagamento da dívida brasileira, o que transformaria o Brasil num caloteiro mundial.

1993 - Presidente Itamar Franco convoca todos os partidos para um governo de coalizão pelo bem do país. O PT foi contra e não participou.

1994 -  PT vota contra o Plano Real e diz que a medida é eleitoreira.

1996 - PT vota contra a reeleição. Hoje defende.

1998 – PT vota contra a privatização da telefonia, medida que hoje nos permite ter acesso a internet e mais de 150 milhões de linhas telefônicas.

1999 - PT vota contra a adoção do câmbio flutuante.

1999 – PT vota contra a adoção das metas de inflação.

2000 -  PT luta ferozmente contra a criação da lei da responsabilidade fiscal, que obriga os governantes a gastarem apenas o que arrecadarem, ou seja, o óbvio que não era feito no Brasil.

2001 - PT vota contra a criação dos programas sociais no governo FHC. Bolsa escola, vale alimentação, vale gás e outras bolsas são classificadas como esmolas eleitoreiras e insuficientes.

   Quase toda estrutura socioeconômica do Brasil “que deu bons resultados” foi construída no período listado acima.
   O PT foi contra tudo e contra todos.
   Hoje roubam todos os avanços que os outros partidos promoveram e posam como os únicos construtores de um país democrático.

  “Já que o PT foi contra tudo e contra todos desde a sua fundação, fica uma pergunta para que os leitores respondam:
   Em 12 anos de governo, quais as reformas que o PT promoveu no Brasil para mudar pra melhor o que os seus antecessores deixaram?” [José Eduardo Paixão no G+]

Lembre-se:

   "Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um outro passado, qualquer um pode começar agora e fazer um outro futuro ".


I’ll be Back!













Anterior          <>        Próximo 

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Ser Conservador

    “Não precisava, mas temos que defender o óbvio... os governos progressistas do Lula e da Dilma, por exemplo.” [Comentarista no G+]

  Quando alguém é simpatizante do Liberalismo Economico é dito genericamente que é conservador.

  Se é marxista é dito genericamente que é progressista.
  Isso é meio complexo para visualizar filosoficamente, vou tentar.
  Os marxistas tomam para si certas bandeiras e se você não for simpático a causa é jogado no extremo oposto.
  Se a bandeira do marxismo é a igualdade então um Capitalista para eles é o símbolo da desigualdade.
  Como Marxistas se consideram o avanço, o progresso então o Capitalismo é o atraso o retrocesso [reacionário].
  Logo, pelo “princípio da igualdade” Marxistas/Progressistas tomam para si a bandeira do feminismo o Capitalista/Conservador só pode ser machista.
  A esquerda defende os homossexuais e a direita é homofóbica.
  A esquerda defende os trabalhadores então a direita defende os patrões.

  Antes de continuar entendam o óbvio embora eu seja Capitalista/Conservador só posso falar por mim, não por todos os Capitalistas.
  Claro que há Capitalistas contra ou a favor ao aborto.
  Claro que há Capitalistas homossexuais e deve ter Conservador homofóbico.

  Sou Capitalista e Conservador vou expor de maneira genérica como isso se apresenta em minha mente.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  A base do liberalismo é a família é como se fosse a menor célula da sociedade.
 
Homossexualismo:  Ser conservador é respeitar o homossexualismo, mas não fazer apologia a ele, kit gay nem pensar, chamar criança só de criança sem reforçar seu gênero nem pensar.
  A família para o Liberal é aquela bem tradicional, mamãe, papai, filhos, casa, “cãozinho ou gatinho” ...para quem gosta.
  Um menino será chamado de menino e o comportamento masculino será estimulado nele.
  A menina será chamada de menina e o comportamento feminino será reforçado nela.
  O pai será o espelho do garoto e a mãe o espelho da garota.
  Se algo diferente disso surgir naturalmente será respeitado, mas com uma certa decepção.
  Não sei se homossexuais querem que seus filhos sejam gays, mas heterossexuais querem que seus filhos sejam heterossexuais.

Feminismo: Nas sociedades mais liberais as mulheres são muito respeitadas em seus direitos.
  Relacionamento homem e mulher é complicado desde o início dos tempos, mas não dá para dizer que americanas, inglesas, canadenses tenham menos liberdade que mulheres de outros povos.
  Se o liberalismo fosse essa ode ao machismo nossas mulheres no mínimo andariam de burca.

  Aborto: Se você valoriza a família claro que é contra o aborto.
   “Eu” tolero o aborto para evitar um mal maior, mas o que eu queria mesmo era que todos os casais transassem com responsabilidade evitando a paternidade irresponsável.
  Minha visão de família é um homem e uma mulher que se amam, casam e tem filhos saudáveis que são trazidos ao mundo em condições dignas de sobrevivência e tratados com muito amor.
  Eles crescem se apaixonam e o ciclo continua.
  Mãe solteira combina com essa visão de família?
  NÃO.
  Logo, no caso de uma mãe solteira que não tem condição de cuidar da criança o aborto passa a ser tolerável... para EU, não para todo e qualquer liberal.
  Se uma criança vai nascer com grave enfermidade o aborto e tolerável para eu não para todo e qualquer liberal.

  Um casal homossexual se encaixa na visão conservadora de família?
  NÃO.
  Mas se o cidadão nasceu assim e diz só se interessar por pessoas do mesmo sexo... toleramos.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Não escolhemos o que sentir, escolhemos como agir. [Regressão Evolutiva]
 
  O Conservador respeita que você não goste de alguma característica física, sem fazer apologia ao racismo.
  Essa parte é um pouco difícil para eu desenvolver porque não encontro em minha mente algum povo/raça que eu fique desconfortável com a presença.
  Gente feia [segundo meu gosto] ou bonita existe em todo lugar.
  Gente competente ou incompetente para certas atividades existe em qualquer povo.
  A pessoa feia não tem culpa de ter nascido feia ou burra, se ela pudesse escolher de certo nasceria linda e inteligentíssima.

  Para entender essa parte da meditação é essencial que você perceba seu descontrole sobre os sentimentos.

  Porque uns adoram pimentão e outros detestam?
  Porque muitos adoram piercings na língua e no nariz enquanto outros até desviam o olhar desse “mau gosto”?
  Porque muitos param para ver um acidente feio de trânsito enquanto outros nem olham para não ver algum cadáver?


  Vamos supor que eu não goste de gente loira.
  Eu os ache um esnobes, sempre com o rei na barriga, uns bigatões brancos, uns macacos albinos.
  Sentimentos não são ditados pela lógica, mas o melhor para essa situação é recorrermos a lógica, tentarmos ser racionais.
  Se eu não gosto do tom de pele loiro de certo não vou namorar com uma loira a não ser que aconteça aquela outra grande força ilógica... o amor.
  Mas a lógica me diz que ninguém tem alguma culpa de nascer loiro, logo não é justo que eu trate mal ou desrespeite alguém por isso.
  Nada nem ninguém pode me obrigar a gostar de loiros, mas eu posso agir de maneira correta com eles, respeita-los.
  Se eu cometer alguma discriminação grave contra loiros como impedir o ir e vir ou praticar agressão física, cabe uma ação do Estado/Sociedade para me punir.
  Logo, o Estado não pode me punir por eu não gostar de loiros, eu não mando nos meus gostos/sentimentos.
  Mas o Estado pode me punir por ações agressivas contra loiros, eu controlo minhas ações.
  O xingamento, a “agressão verbal” para um Liberal geralmente não deve ser punida, a não ser que haja uma relação de “poder” e “sugira” humilhação.
  Eu sou chefe de um loiro e fico o chamando de bigato, lemão, lesma, louça de banheiro... coisas “brancas” que eu ache depreciativas.
  Porque o xingamento não deve ser punido?
  Um dos pilares “sagrados” do Liberalismo é a LIBERDADE DE EXPRESSÃO.
  Se eu não gosto de loiros não é “politicamente correto” expressar esse sentimento, mas também não deve ser proibido.
  De uma certa forma até protege os loiros dos meus sentimentos.
  Uma garota loira já sabe que não tem muitas chances comigo.
  Imagine você hétero se interessando por uma garota.
  Ela é lésbica, você prefere saber que ela só se relaciona com mulheres ou ficar na ilusão que pode ter alguma chance?

  Por vezes chamamos as pessoas de falsas, mas você já parou para pensar que em nome do politicamente correto “proibimos” as pessoas de expressarem seus sentimentos?
  O cidadão não mostra seus reais sentimentos porque não pode, mas isso não dá para ser sempre represado, vira e mexe vem a tona.
  Um bom exemplo me veio à mente.
  Eu me relaciono bem com homossexuais, quem já conviveu comigo sabe que eu não tenho nenhum problema com relação a isso, não tenho algum sentimento ruim contra homossexuais.
  Podem revirar minha vida de cima a baixo e não encontrarão nenhum desrespeito, humilhação, constrangimento, agressão contra algum gay.
  Pelo contrário, já fui chamado de “gay de luxo”...HAHAHAHAHAHAHAH!
  Tive a fama de sair só com homens endinheirados.
  Eu fazia alguns desfiles e tinha muitos colegas gays, daí surgiu o boato.
  O “de luxo” não sei baseado em que, nessa época eu era bem mais pobre do que sou hoje, se eu fosse gay me daria por um tiquet alimentação...HAHAHAHAHAHAHAHA!
  Confesso que fiquei tão lisonjeado com o “de luxo” que nem liguei para o “gay.”
  Eu nunca fui falso, sempre disse que não sou gay, e que não tenho nenhuma atração sexual por homens mesmo que estejam de batom e silicone...HAHAHAHAHAHAHAHAH!
  Um gay que não me conhece pode até insinuar alguma coisa, mas ao me conhecer minimamente já sabe que sexo não vai rolar nem que acabem todas as mulheres do mundo.
  Meus colegas gays tinham pleno conhecimento da minha ojeriza por transar com homens.
  Ojeriza pode ser um termo forte, mas é o que sinto, porque sou obrigado a mentir?
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Vou concluir o texto tocando em outro assunto polêmico.

Drogas: Mantendo nosso pensamento no ideal de família Liberal, um pai ou mãe drogados, filhos usuários de entorpecentes cabem em nossa visão?
NÃO.
  Eu e minha esposa não bebemos, não fumamos e nem usamos outras drogas.
  Nossas filhas são muito novas [15 e 12 anos], pela nossa vontade seguirão o mesmo comportamento.
  Agora, eu não sou alienado, sei que inúmeras pessoas bebem, fumam e usam as mais diversas drogas.
  Se elas sentem essa vontade/necessidade, não sou eu Liberal que irei proibi-las de fazer uso de substancias.
  Eu respeito o direito ao uso de drogas sem fazer apologia a elas.
▬▬//▬▬
  “Desculpa esfarrapada de maconheiro se o combate ao crime não acaba com o crime então legaliza-se o estupro o sequestro também bando de delinquentes KKKkkkkkk” [Comentarista no G+]
▬▬▬▬▬▬▬▬
  Existe uma grande diferença entre me prejudicar e prejudicar outro.
  No estupro eu pego uma mulher a força, violo seus direitos.
  Agora, uma mulher quer transar comigo...é uma troca de prazer.
  A masturbação é crime?
  Pela sua maneira de pensar deveria ser.
  Se eu usar maconha não estou violando o direito de ninguém.
  Se seu uso for regulamentado eu compro com meu dinheiro, pago impostos.
  A legislação pode proibir propaganda, uso por menores, uso em local público.
  Se tem algum risco e sou consciente deles usar ou não usar compete só a mim.
  É mais ou menos como a causa gay.
  O rabo é do cara ele faz o que quiser com ele.
  Se alguém gosta de maconha, é maior de idade e conhece os riscos, o corpo é dele tem direito de usá-lo como quiser desde que não viole o direito dos outros. [Tripas Lotadas]
▬▬//▬▬
  O Liberalismo prega muita liberdade para o indivíduo, pouca intervenção do Estado na economia priorizando os meios de produção nas mãos da empresa privada.
  O Estado deve focar em Educação, Saúde, Segurança, regulamentação e fiscalização do Mercado.

  É um tanto paradoxal que o Liberalismo seja “Conservador” em se tratando de FAMÍLIA.
 Depois de meditar muito cheguei à conclusão que o Liberalismo é lógico quando trata da economia e é sentimento quando pensa em família.

  Lógica e Sentimento em harmonia...gosto disso.

[Ninguém é obrigado a gostar, não escolhemos o que sentir.]


Anterior          <>        Próximo