segunda-feira, 28 de março de 2016

Hospital Grátis!?

“Estudo testa em gêmeos peso de exercícios sobre saúde.”
  [BBC]

   “Um estudo na Finlândia acompanhou dez pares de gêmeos por três anos para averiguar se a propensão genética teria um peso maior do que o modo de vida sobre a saúde.
  Na pesquisa, 10 irmãos realizaram exercícios e seus pares gêmeos não.
  O resultado causou pouco surpresa; ele descreve a diferença positiva que o ato de se exercitar tem sobre o corpo, principalmente sobre o cérebro.
   Comparados com seus irmãos sedentários, gêmeos que se exercitaram nos três anos analisados pela pesquisa demonstraram índices mais baixos de gordura corporal, melhor equilíbrio dos níveis de açúcar no sangue e maior volume da massa cinzenta cerebral, responsável pelo controle da coordenação motora.” [BBC]
__________________________________________________
__________________________________________________
  Todos sabemos da importância dos exercícios físicos.
  Isso é cantado em verso e prosa desde que somos crianças.
  A maioria não está nem aí, segue sua vida no maior sedentarismo.

  Um cidadão se disse indignado com o pouco caso que era tratado no SUS, aquela reclamação comum da demora no atendimento.
  Eu tenho certeza que o atendimento poderia ser muito mais rápido se nós brasileiros nos preocupássemos mais com a eficiência dos processos, como isso ainda não faz parte da nossa cultura ... todos sofremos.

  Veja essa situação e sugestão:

  “O município constrói um hospital, mas não tem dinheiro para manutenção daí o prefeito fica implorando verbas para o Governador que na pratica não tem obrigação de manter um hospital que o Município construiu.
  Entendam que construir um hospital não é tão caro diante da manutenção mensal.
  A construção em 1 ano ou 2 termina a manutenção é para sempre.
  Entendam também que hospital público não dá lucro só gasto.
  Eu já sugeri aqui grandes construções destinadas exclusivamente a Pronto Socorro, concentrando as operações teríamos ganho de escala reduzindo os custos.
  Como esse tipo de local naturalmente atrai muita gente, poderia fazer parte do projeto um Shopping no térreo com lojas e praça de alimentação, o dinheiro do aluguel dos espaços seria revertido a administração do hospital, diminuindo os custos.”

  Mas criticar o SUS todos criticam, vou sair do lugar comum e criticar você usuário do SUS.

   Um cidadão se disse indignado com o pouco caso que era tratado no SUS, aquela reclamação comum da demora no atendimento.
   Ele aparentava ter uns 40 anos, estava bem acima do peso, tinha saído para fumar e voltou ofegante.
   Para “descontrair” eu disse:

  -Você está ruim hein! Faz algum exercício?

  “Preciso fazer, mas não faço nada, não tenho tempo...”

  Eu pensei:
  O cidadão sempre tratou o próprio corpo com pouco caso se o SUS fosse uma pessoa também ficaria indignado com ele.

  Em verdade vos digo que minha conversa com o homem não foi essencialmente para descontrair.
  Depois de ler a matéria da BBC esse texto provocava minha mente, eu estava fazendo uma pesquisa informal para ter mais subsídios para escrevê-lo.

  Sempre falo em meus textos a pouca preocupação que tantos brasileiros têm com a “saúde financeira.”
  Gastam mais do que ganham e ficam à espera de um milagre, mas o que chega são altas taxas de juros.

  Muitos humanos (essa é uma situação mundial, não é exclusiva de brasileiros) não se preocupam com a saúde física, sabem da importância da boa alimentação e de um programa mínimo de exercícios, mas não estão nem aí.

  Estranhamente os únicos seres desprezíveis que não tem conserto são os políticos ... não me peçam para explicar nunca consegui entender.
  Tudo se resume a corrupção ou falta de vontade política.
  Todos os problemas da Saúde é culpa dos Governantes, o indivíduo não tem nada a ver com isso, mesmo ele tendo eleito os governantes...

  Veja uma situação que eu vivencio e entenda que boa parte do nosso povo são pessoas inconsequentes não devemos desperdiçar muito “amor e diálogo” com elas.

  A Unicamp tem uma unidade especializada para tratar moléstias infecciosas.



Hospital Dia

  O Hospital Dia (HD) do HC da Unicamp foi inaugurado em dezembro de 2007.
   A modalidade de assistência "Hospital Dia" tem por objetivo a desospitalização dos pacientes atendidos no complexo hospitalar da Unicamp, que necessitam da continuidade do tratamento medicamentoso e outros cuidados (curativos, orientação sobre cuidados com sondas no domicílio, entre outros) em uma unidade que tenha suporte das condições hospitalares e que garanta a investigação diagnóstica necessária mantendo o vínculo desse paciente com a família e com a sociedade.
   A implementação dessa modalidade de assistência em um hospital de referência, de ensino e de alta complexidade, como é o HC, busca ampliar a visão de atenção à saúde mantendo o compromisso do Hospital de trabalhar dentro dos princípios do SUS de integralidade, equidade e universalidade com atendimento humanizado e de qualidade.
   Atualmente o Hospital Dia também atende uma diversidade de pacientes ambulatoriais da especialidade de Infectologia, atingindo 1700 consultas da equipe multiprofissional/mês e 1500 procedimentos, que visam essencialmente, promover desospitalização dos mesmos.

  O que eu vejo nessa unidade é espantoso em dois sentidos.

  No bom sentido é a eficiência da equipe e do tratamento.
  Já vi indivíduo tão debilitado que visualmente você não dá 1 mês de vida para ele e quando segue o tratamento direitinho o cidadão fica incrivelmente saudável é impossível você dizer só de olhar que o cidadão é portador do HIV e estava à beira da morte.
  É espantoso o carinho da equipe, a preocupação com o doente ... eu me sinto até meio deslocado, sinceramente não sou capaz de tanta preocupação e dedicação ao próximo.

  Escuto a assistente social praticamente implorando ao telefone para o paciente voltar ao tratamento.
  É, alguns pacientes parece que fazem um grande favor em comparecer!
  Se fosse eu não ligaria para ninguém que faltasse, nem agendaria por telefone.
  O cidadão que viesse até mim pessoalmente e com uma boa justificativa para o não comparecimento.
  Minha prioridade total seria com os pacientes que colaboram com o tratamento.
  E se o paciente problema morrer?
  Para eu é um custo/problema a menos ... eu nunca disse que sou uma pessoa maravilhosa.

  E aqui já vamos para o espantoso no mal sentido.
  O tratamento da AIDS entre outras moléstias é caro, manter uma equipe especializada é caro e tudo isso quem paga é você contribuinte.
  Qual o custo de um paciente da AIDS?
  É difícil dizer porque depende do estágio da doença.
  Aqui no Brasil o Governo fica gritando para o mundo que o tratamento é “gratuito”.

  “Em 2012, o Centro de Referência e Treinamento em DST/Aids (CRT) de São Paulo atingiu a marca de 564 pacientes estrangeiros com HIV atendidos gratuitamente desde 2008, o que representa mais de 11% das pessoas portadoras do vírus em tratamento no local.
  De acordo com a infectologista Denise Lotufo, gerente da área de assistência integral à saúde, dois motivos justificam a vinda desses pacientes ao Brasil: a gratuidade do tratamento, garantido pelo governo federal por meio do Sistema Único de Saúde (SUS)” [Terra]

  É tudo muito lindo, uma ótima propaganda para nosso Governo, mas não tenha a ilusão que é gratuito.
  Para combater a ilusão da “gratuidade” seria muito simples, a matemática básica nos basta, mas quem quer que os serviços públicos no Brasil sejam transparentes?
  Acho que só eu.

  Medite comigo que mesmo toscamente é possível estimar custos.

  Os médicos, enfermeiros, auxiliares que atuam no Hospital Dia são registrados, seus salários podem ser facilmente somados.
  Nenhum medicamento cai do céu, todos são comprados, é evidente que consta em algum lugar seus valores e quantidade consumida.
  Limpeza, segurança, manutenção tudo isso tem um custo que pode ser rateado na parcela que cabe ao Hospital Dia.

  No final do mês você soma todos os custos divide pelo número de consultas e chegará ao valor aproximado do preço de cada uma delas.
  O paciente que teve mais necessidade de consultas ou utilizou mais remédios possivelmente custou mais caro.

  Você não vê a divulgação pelo governo [Federal, Estadual e Municipal] do custo de uma unidade hospitalar, eles apenas generalizam, colocam aquela cifra bilionária que salta aos olhos, mas você não sabe exatamente para onde vai o dinheiro.

  O fato é que o cidadão tem a ilusão que tudo é de graça.
  O paciente do Hospital Dia [E outras unidades] não acha que está dando algum gasto, afinal tudo é gratuito...

 

  Uma das consequências disso é que muitos não levam o tratamento a sério, simplesmente faltam as consultas agendadas.

  Só aparecem quando o desconforto causado pela doença aumenta bastante e os gastos com remédios por parte do SUS também aumentam uma vez que o quadro do paciente é mais grave, por vezes exigindo internação.

   Muitos indivíduos que contraem AIDS tem uma vida “promiscua.”

  Promiscuo Aquele que tem relação sexual com muitos parceiros

  Drogas injetáveis, orgias sexuais, bebedeira que faz com que eles esqueçam até com quem transou.
  Não sei nem porque esse tipo de indivíduo fica chocado quando é diagnosticado com HIV.
  É “engraçado” que homens contam seus “feitos” com muito orgulho, já as mulheres são quase todas “virginais”, sempre contraem HIV de seu único e grande amor...
  Os mais perigosos para Sociedade são os indivíduos que devido terem se colocado em uma situação de risco desconfiam ter contraído HIV.
  Fazem o teste e dá positivo, eles simplesmente se recusam a acreditar, ficam “chocados”.
  Eles passam por esse processo de negação e não há nada legalmente que nossa sociedade possa fazer.
  Continuam suas vidas como se nada tivesse acontecido.
  A princípio eles ficam com raiva de quem passou para eles e querem descontar essa raiva no mundo, transam mais inconsequentemente ainda, se foram contaminados querem que todo mundo se contamine.
  Como geralmente tiveram vários parceiros nunca tem certeza de quem foi.
  Até porque a AIDS demora para se manifestar, pode ter sido uma relação de 3 anos atrás ou mais.
  É evidente que a pessoa não vai procurar os ex-parceiros e informar que está com AIDS, fica sempre aquela duvida:
“Quem passou para quem?”
 
  Toda essa irresponsabilidade tem um custo e quem paga é você que se esforça para fazer “sexo seguro”, tem preocupação com a própria saúde.

  Esse é um daqueles texto que é difícil parar de escrever, então vou forçar um desligamento.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  De alguma forma o SUS deveria divulgar os custos individuais de seus serviços.

  Não para cobrar do indivíduo, mas para dar-lhe ciência.

  Vamos supor que cada consulta no Hospital Dia tenha um custo de 50 reais.
  O indivíduo deve ter ciência que ao faltar a consulta ele jogou fora 50 reais da sociedade em impostos, mais ainda, impediu que alguém talvez até mais necessitado de cuidados médicos fosse atendido.

  O cidadão vai ao postinho e volta cheio de remédios, deveria ser informado o preço de cada remédio.

  A mulher foi fazer um parto.
  Deveria ser informado o custo desse procedimento.
  Na rede particular um parto sai em torno de 3 mil reais, é impossível que “no geral” um parto saia por menos de 1500 reais no SUS.

  Um tratamento de radioterapia na rede particular gira de 4 a 12 mil reais (varia de acordo como o tempo e procedimento).
  É impossível que o SUS consiga ter um custo menor que 2 mil reais.

  Enfim, brasileiro precisa perder essa ilusão que procedimentos como endoscopia, ultrassom, raio X, quimioterapia ... podem realmente não custar nada.

  Enquanto boa parte do nosso povo tiver essa ilusão Comunista/Socialista que todos podem ter tudo do bom e do melhor e de graça ... fica difícil caminharmos para o primeiro mundo.

  Alguns ficarão eternamente deitados em “berço esplêndido”.
  Berço de segunda ou terceira mão para maioria.
  E por falta de recursos boa parte ficará sem berço.
  Pacientes não atendidos ou atendidos em péssimas condições.



  José Serra quebrou a patente do remédio que trata AIDS e brindamos isso como um grande feito.

  “Brasil quebra patente de remédio contra Aids
  O ministro da Saúde, José Serra, determinou na tarde desta quarta-feira a primeira quebra de patente de medicamento do país.

   O medicamento Nelfinavir, fabricado pelo laboratório Roche, teve quebrada a patente devido ao preço elevado para o consumidor.
   Cada comprimido do medicamento custa a equivalente US$ 1,36. 
   O remédio é usado por 25% dos pacientes com Aids no país.” [Folha]

  O primeiro grande avanço na luta contra a AIDS foi a descoberta do vírus HIV feita por Luc Montgneir do Instituto Pasteur, França.
  O segundo grande avanço (na minha opinião) foi o uso do AZT desenvolvido pelo americano Dr. Jerome Horwitz.
  A companhia farmacêutica americana Burrougs Wellcome pediu para testar o uso do AZT em portadores do HIV e teve sucesso.

  É evidente que o grande feito foi a existência dos medicamentos e tratamentos proporcionado pelos países desenvolvidos.

  Nós dos países subdesenvolvidos apenas “roubamos” as fórmulas e invenções dos países desenvolvidos porque simplesmente não achamos justo pagar pelas descobertas deles.

  Um soro positivo pode ser muito grato a José Serra e aos governos que se seguiram por bancar um tratamento tão caro [mesmo com a quebra de patente continua caro], mas deve ter consciência que a gratidão maior racionalmente deveria ser a quem desenvolveu o produto e ainda viu seu lucro grandemente diminuído pelas quebras de patente.

  Quebrar patente, copiar fórmulas, desrespeitar propriedade intelectual qualquer governo/povo pode fazer.

  Criar um ambiente de inovação tem sido infelizmente capacidade de poucos povos.

  Outro grande responsável pelo aumento da expectativa de vida é sem dúvida o saneamento básico, sabe por onde ele começou?
  Pela Inglaterra e outros povos foram copiando o sistema:
    [Filosofia Matemática]

Anterior          <>        Próximo 

terça-feira, 22 de março de 2016

Dominar o Mundo

 “Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.
  Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.”
[Jesus em Marcos 16:15,16]

  Os evangélicos querem dominar o mundo e (segundo a Bíblia) tem a benção de Jesus para isso.
  A princípio parece algo que denigre os evangélicos, mas tentem decifrar esse enigma comigo:

  Existe alguma ideologia que não queira dominar o mundo?
 “Decifra-me ou te Devoro!”
________________________________________________
________________________________________________
  “As pessoas podem ser consideradas como combustível para o mercado, mas isso não quer dizer que sejam o mercado, muito menos que estejam no controle do Mercado.” [Comentarista no G+]
▬▬▬▬
  Existe Mercado Consumidor ou Produtor sem pessoas?
  Quem está no controle dos Governos de qualquer tipo e empresas de qualquer tipo não são pessoas?

  Eu francamente não sei como indivíduos constroem mentalmente essa situação onde eles não fazem parte do Mercado, são todos excluídos!
  Eu vou na direção oposta, não consigo me excluir do Mercado.
  Antes de trabalhar eu consumia bem pouco é verdade, minha infância foi muito pobre, mas alguma coisa eu consumia.
  Eu dava algum gasto para meu pai e minha mãe.

  Quando passei a trabalhar comecei a produzir e por receber algum capital consumia mais.
  Lógico que sou uma gota no oceano, mas como posso argumentar que não faço parte desse oceano?

  Ninguém individualmente é o Mercado.

  Os homens mais ricos do mundo só são ricos porque pessoas consomem seus produtos e outras pessoas ajudam na fabricação ou prestação do serviço.
  Se você produz ou consome algum bem ou serviço, você faz parte do mercado.
  Pense em um mendigo/morador de rua.
  Mesmo que ele se alimente mal, alguma coisa ele come.
  Essa comida alguém produziu, a agua que ele bebe alguém paga para ela ser extraída e tratada, se ele ingere bebida alcoólica ou fuma ... bebidas e cigarros são produtos industrializados.
  A esmola dada ao mendigo, alguém trabalhou para conseguir o dinheiro, alguém produziu bens ou realizou serviços para conseguir capital/dinheiro.

  Ter que explicar o óbvio é entediante vamos para uma provocação mais desafiadora.

  A maioria das teorias da conspiração pregam que alguém ou um grupo quer dominar o mundo.

  Querer ... qualquer um pode querer qualquer coisa.
  Na história da humanidade impérios se formaram com esse intuito de um povo dominar todos os outros.
  Quando a população na Terra era pequena isso era bem mais fácil.
  O povo que desenvolvesse uma tecnologia/estratégia de guerra mais eficiente podia invadir e escravizar outros povos ... caso seu líder tivesse esse interesse.

   Gengiskan, Alexandre o Grande, Júlio César, Maomé. ..

  Todos os impérios foram crescendo em território até que ficassem impossíveis de serem administrados sem algum racha.

  Com a população da terra crescendo ficou cada vez mais difícil desenvolver e manter impérios.
  Em tempos mais recentes Hitler foi o último a tentar dominar o mundo.
  Mas lembre-se que ele estava em aliança com Japão e Itália.

  “A Alemanha nazista e o Japão daquela época tinham algumas semelhanças entre si: o militarismo, o fato de que ambos eram ditaduras nacionalistas, o expansionismo e o desprezo pelos povos que consideravam inferiores.
  Ao mesmo tempo em que Hitler pregava que os alemães eram uma "raça superior" e que os poloneses, por exemplo, deveriam ser escravizados porque seriam, na visão dele, "preguiçosos", os líderes militares japoneses obrigaram civis chineses e coreanos a executarem trabalho escravo.” [Uol]

  “Em setembro de 1923, Mussolini propôs ao chanceler alemão Gustav Stresemann uma "política em comum", buscando apoio militar alemão contra uma potencial intervenção militar francesa na disputa diplomática que a Itália possuía com a Iugoslávia por Fiume.
  Mussolini via na Alemanha nacionalista um aliado essencial para uma guerra contra a França, sustentando-se no iminente desejo de vingança dos alemães perante os franceses.
  Desde a década de 1920 a Itália considerava o ano de 1935 uma data crucial para uma guerra contra os franceses, pois era nesse ano que as obrigações da Alemanha com o Tratado de Versalhes estavam programadas para expirar.” [Wikipédia]


  Caso Hitler saísse vitorioso, como essa situação Alemanha/Japão/Itália iria se acomodar não sabemos.
  Eu aposto que Hitler mataria Mussolini e anexaria a Itália como fez com a França e pretendia fazer com a Rússia.

  Quanto ao Japão, por meios convencionais Hitler não conseguiria derrotar os japoneses, teria que dividir o mundo com eles.
  No entanto lembrem-se que Albert Einstein foi quem avisou aos americanos que a Alemanha Nazista tinha começado a desenvolver a bomba nuclear.
  A sorte da humanidade foi que os americanos desenvolveram a bomba primeiro depois de um esforço monumental.
  Se Hitler chegasse primeiro a Bomba atômica, não hesitaria em usa-la contra o Japão e derrotaria os japonese igual os Aliados fizeram.
  Em tempos modernos Hitler foi sem dúvida o que chegou mais perto de dominar o mundo, bastaria ter chegado primeiro ao artefato nuclear.
  A ironia é que cientistas judeus foram essências para o desenvolvimento da Bomba.
  Se Hitler tivesse se unido aos judeus ao invés de perssegui-los ...
  Mas esse seria um outro texto...
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Depois da Revolução Industrial a população cresceu tanto que que ficou difícil até manter colônias.
  De 1900 a 2000 todas se tornaram independentes ou autônomas.

  Como militarmente está bem claro que nenhuma nação consegue dominar o mundo as teorias conspiratórias mudaram para guerras comerciais/empresariais.

  A IBM iria dominar o mundo mas não dominou.
  A Microsoft iria dominar o mundo mas não dominou
  A Apple iria dominar o mundo mas não dominou
  Quais são as próximas apostas? Face e Google.

  A indústria petrolífera iria dominar o mundo, mas as energias alternativas estão avançando tanto que poucos ainda fazem essa aposta.

  Atualmente a grande aposta de alguns grupos a nível mundial [não estou falando só do Brasil] é:

  Grandes empresários comprarem políticos.

  Essa seria a atual maneira de dominar o Mundo?
  Isso não tem dado muito certo por motivos óbvios.
  Temos inúmeros conglomerados e é impossível que todos tenham interesses convergentes.
  Sem contar que depois que assumem os cargos os políticos ficam muito poderosos, não tem como serem totalmente controlados.
  Em países mais sérios as instituições vão se fortalecendo dificultando favorecimentos ilícitos.

  E como se não bastasse tudo isso temos o maior complicador de todos o eleitor.

  O comportamento da massa e imprevisível.
  O que leva um cidadão ganhar muitos votos e outro não?
  Isso não é só em política, mas em todos os meios de qualquer condição social ou cultura.
  Pessoas pagam caríssimo por uma quadro do Pablo Picasso enquanto para eu não tem valor algum, em uma terra de “willians” ele jamais faria sucesso.
  Se eu ganhasse um quadro do Picasso iria vender o mais rápido possível pelo maior preço.
  Preferia deixar o dinheiro na poupança para adquirir algo útil ou guardar para velhice.
  Colocar um daqueles mostrengos em algum cômodo da minha casa nem pensar.

  E música?
  “Ai se eu te pego” fez sucesso mundial é o tipo de música que acho até animadinha, mas nos primeiros acordes já mudo a estação caso esteja tocando no rádio, em meu MP3 nem pensar...

  Eu gosto da cantora Patrícia Marx ♫♫♫♫, sua voz e estilo musical me são agradáveis, no entanto são cantoras como a Anita e Valesca Popozuda que fazem sucesso.

  “Anitta passou a cobrar menos por shows: se em novembro passado cobrava R$ 100 mil, agora a mulher eleita a mais sexy de 2015 pede R$ 70 mil.” [purepeople]

  “Em outra entrevista, você (Patrícia Marx) disse que só conseguiu fazer três shows este ano, e que seu cachê é de R$ 15 mil, soma que ainda divide com sua banda. Se você acredita que o problema não é o valor, qual a desculpa que mais ouve quando tenta marcar alguma apresentação e não consegue?” [Globo]

  Você pode acreditar que para fazer sucesso atualmente é melhor seguir o estilo da Anitta, mas se navegar pela internet verá centenas de cantoras com o mesmo estilo e que não fazem sucesso.

  Quero dizer que você pode pegar uma cantora bonita, talentosa, investir milhões, tocar o estilo musical da moda e isso não é nenhuma garantia de retorno.

  Com políticos é a mesma coisa, dinheiro não basta para eleger alguém.
  Sem dúvida nenhuma melhora muito as chances, mas é sempre uma aposta arriscada.
  Primeiro se vai conseguir eleger o político e segundo quanto controle terá sobre ele.
  Dominar o mundo através da política?
  Essa é uma aposta que eu não faço. 
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
 Depois de ler esse texto espero que você não entre mais nessa paranoia que algum grupo possa dominar o mundo.

  Tentar todos podem.
  Se houvesse um meio de levar meus textos para cada cidadão de Terra e que eles servissem de referência para qualquer decisão a ser tomada seria maravilhoso, claro que eu queria que minhas idéias “dominassem” o mundo.

  Vejam o caso dos Estados Unidos, sem dúvida tem um exército poderoso e sua influência cultural é algo maior do que muitos percebem.
  Os filmes hollywoodianos passam no mundo inteiro [até onde são proibidos] e claro que isso tem um enorme impacto em outros povos.

  Um grupo econômico ou ideológico poderia tentar dominar os Estados Unidos e com isso dominar o mundo?

  Tentar até pode e não duvido que muitos estejam tentando.

  Vamos supor que algum grupo está por trás de Donald Trump (só um exemplo) e ele seja eleito presidente.
  Vamos além, esse grupo elegeu a grande maioria dos políticos no congresso americano, um feito notável sem precedentes na história, e agora?
  E agora se encerra aí.
  Os Estados Unidos estão longe de ser uma unanimidade boa no mundo.
  Aqui no Brasil passeando pela Internet só vejo meus textos os exaltando.
  A maioria dos brasileiros é indiferente ao Estados Unidos ou o demoniza.
  Americanos têm um fabuloso exército mas quais as chances deles contra o mundo?
  Com tantas armas nucleares não tem como haver um vencedor é mais provável a destruição do planeta.

  Em resumo ...  não se assuste quando algum grupo disser que quer dominar o mundo.
  Se for igual o Face e o Google que agem dentro da legalidade e oferecem bons produtos vamos ver até onde conseguem ir.
  Se for algo ilegal ou nefasto como o Estado islâmico naturalmente fomentará a antipatia de tantos que será combatido a altura.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Li inúmeras vezes na Internet que o PT tem um projeto de Poder.

  E daí!?
  Qual partido político não tem o projeto de chegar ao poder e permanecer nele?
  O que temos que nos preocupar é com os meios utilizados para qualquer partido se manter no poder e sua competência administrativa.
  Qual o problema em a Odebrecht querer ser a maior construtora da América Latina?
  Se tudo é feito de maneira ética e licita não vejo nenhum problema, seria um “orgulho” para nós brasileiros termos empresários tão competentes em nossas terras.
  Mas se a empresa usa de práticas reprováveis, cada vez mais gente se volta contra ela.

  A Inbev é uma empresa controlada por brasileiros, uma das maiores cervejarias do mundo, nada nem ninguém é “santo”, mas até onde sabemos é uma empresa que se mantem dentro do aceitável e quando pratica alguma ilegalidade é punida como qualquer outra.

  Toda Multinacional tenta dominar o Mundo:

  “Como uma desconhecida empresa italiana controla o mercado global de óculos escuros.” [BBC]

  Não sei qual será o próximo Presidente do Brasil, nem qual partido sairá fortalecido depois de tanta crise.
  Mas de certo esse partido terá um projeto de poder e de se manter no poder.
  Não vejo problema nisso.
  Se o partido promover uma prosperidade sustentável de maneira transparente e ética por mim pode ficar no poder por 100 anos.
  Minha análise histórica aponta que o poder corrompe.
  De 10 a 20 anos os líderes dos partidos começam a se sentir acima das leis e é recomendável o eleitor fazer um rodizio.
  É evidente que se irregularidades ou incompetências forem visíveis logo nos primeiros 4 anos ... porque persistir no erro!?

  A Democracia não impede que um idiota chegue ao poder, mas possibilita que a maioria o tire do lá.

  Não existe povo inocente, existe povo que não assume suas responsabilidades.
  Essa lógica entra em sua mente?



  “REPUBLICANOS CONSEGUIRÃO DETER O PESADELO DONALD TRUMP?” [UOL]
▬▬▬▬▬▬
  Por falta de coisa melhor eu apoio Trump.
  Ele é meio o Bolsonaro dos Estados Unidos.
  Eu queria que o próximo presidente fosse Michael Bloomberg, um capitalista muito eficiente, mas parece que não será dessa vez.
  Trump parece ser o mais consciente de quanto culturas estrangeiras estão afetando negativamente os Estados Unidos.

  PRECISAMOS INCENTIVAR QUE CADA POVO CUIDE MELHOR DO PRÓPRIO PAÍS.

  Essa coisa de votar em corruptos, apostar no Socialismo e depois correr para países capitalistas (com leis mais duras e menos impunidade) tem que acabar.

  Quer votar em Maluf, Tiririca, Lula, Renan, Cunha ... tudo bem.
  O que americanos, ingleses ou alemães tem a ver com nossas escolhas!?

  Só não venha para França se dizer discriminado ou se explodir em terras cristãs.

   Se Donald Trump ganhar ficarei satisfeito.



Anterior          <>        Próximo

segunda-feira, 14 de março de 2016

Burrice, Inteligência, Sabedoria

  “Porque está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios e aniquilarei a inteligência dos inteligentes.”
 [1 Coríntios 1:19]

  “Perdi minha mãe quando nasci, meu pai aos 14 anos, passei fome e sempre estudei em escola pública.

  Resultado; tenho duas formações de nível superior, três pós graduações, sou professor universitário e tenho minha vida totalmente organizada.
  Bolsa família? Serve para sustentar vagabundo.
  Cota? É para incompetente.
  Trabalhe, estude, tenha foco, acredite em você e vencerás.
  [Comentarista no G+]
▬▬▬▬▬
  Há indivíduos que tem uma mente eficiente, mesmo nascendo em situação adversa conseguem um bom lugar em nossa Sociedade.
  Será que todas as mentes tem a mesma eficiência?

  Infelizmente não.
  Eu observo que há cérebros muito ineficientes.
  Sim, tem os preguiçosos, tem os sem juízo, mas tem gente que é “burra” mesmo.

  Devemos criar uma rede de proteção para essas pessoas que não tem culpa de terem nascido com essa, digamos, falha genética.

   O que não devemos é idolatrar a burrice.
   Muitos para não chamar a pessoa de burra falam que o indivíduo é humilde.
  Elegem essa humildade como uma das maiores qualidades do ser humano e querem uma sociedade onde todos sejam humildes.
  Eu nunca entendi direito porque eu tenho que admirar tanto aquele sinhozinho ignorante que mora no campo.
  Eu o respeito como indivíduo, mas não é alguém que eu quisesse ser.
  Nunca entendi porque devo admirar aquela pessoa que “não tem boca para nada”, aquela pessoa “humilde” que sempre precisa estar junto de alguém para resolver qualquer coisa.
  Não quero ver minhas filhas humilhando ninguém e muito menos ver elas aceitando humilhação, quero que elas saibam se impor, defender seus direitos e cumprir suas obrigações esse é o tipo de comportamento que eu gosto.

  “Humildade significa terra fértil, vem da palavra húmus que significa: solo sobre nós.
  É a qualidade das pessoas que procuram se manter no nível dos outros, ninguém é pior ou melhor do que os outros, todos estamos no mesmo nível de dignidade, de cordialidade, respeito, simplicidade e honestidade.”

 
“Ninguém é melhor ou pior que os outros.”

  Sabem que nunca consegui defender essa argumentação?

  Dignidade É tão subjetivo, a maioria das mulheres não acham digno se prostituir, mas as que se prostituem não se importam.
  A maioria dos homens não acha digno viver as custas de uma mulher, mas muitos não se importam e até procuram essa situação.

  Cordialidade Há pessoas tão naturalmente simpáticas ... eu não sou uma delas.

  Respeito Eu nunca roubei ninguém porque respeito as pessoas, se todos tivessem o mesmo nível de respeito não haveria crimes.

  Simplicidade Não sei bem o que dizer sobre esse conceito, na minha mente é sinônimo de humildade, eu gosto de conforto, conseguir conforto nem sempre é simples.

  Honestidade Esse dispensa comentário, os caloteiros e corruptos que o digam.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Nesse texto eu quero falar sobre Inteligência e Sabedoria.

  Dois “itens” que nos tornam tão desiguais quanto nossas digitais.

  A primeira vez que cheguei ao local onde fui designado para trabalhar falei o motivo da minha presença e que precisava ir ao RH.
  A recepcionista me disse:
  “No andar de cima você segue a faixa vermelha.”

  Subi a escada, cheguei no andar de cima, localizei a faixa vermelha e fui seguindo até enxergar a placa que dizia RH.
  É quase inacreditável a quantidade de pessoas que não conseguem fazer algo tão simples.

  A pessoa pergunta por um bebedouro eu digo que no final da faixa preta tem um.
  Essa faixa em certo momento vira para a direita e a pessoa segue em frente...

  O elevador as vezes quebra, é colocado uma placa “manutenção”,
  A pessoa entra no elevador e não entende porque ele continua parado, ou chama e ele não vem.

  Você diz para o cidadão seguir a faixa amarela no chão até o segundo balcão.
  Ele sabe o que é faixa amarela, sabe o que é segundo, sabe o que é balcão, mas incrivelmente não consegue juntar tudo isso em uma ação.

  Nos meus minutos de lanche sento próximo ao final de uma faixa azul larga.
   No final da faixa azul larga tem um aviso na parede “Ecocardiograma”.
  A pessoa está procurando pelo ecocardiograma, está escrito na consulta dela “ecocardiograma”, ela está em um lugar que nunca esteve antes ... qualquer pessoa com inteligência mediana procura alguma placa de orientação, mas não os burros/humildes, eles se recusam a ler qualquer coisa.
  Eles preferem perguntar, se dão sorte encontram alguém que sabe, senão continuam perdidos.

  Como o Hospital é grande a faixa azul larga se deriva em outras 6 faixas estreitas.

  Alguém teve a infeliz ideia de colocar uma dessas faixas estreitas da cor azul também.
  Na folha de consulta da pessoa está escrito “azul/amarela.”
  Mas a pessoa “humilde” só vai no “azul/azul.”

  O guichê do azul/azul passa o dia redirecionando o paciente, se eu fosse eles pediria urgentemente uma mudança de cor daquela faixa. (Podia ser preta)

  Muitas pessoas são burras temos que nos adaptar a elas, é a “rede de proteção” que falo.

  Por esses dias um senhor me parou no corredor, olhou meu crachá perguntou se eu trabalhava ali.
  Isso acontece muito, dá vontade de dizer que eu falsifico crachás e se a pessoa quer um...
  Eu respiro fundo e respondo sim, me esforço para ser pelo menos educado e respeitoso, ser cordial/simpático é muito difícil.
  O diálogo foi mais ou menos assim:

  -Onde o senhor quer ir?
  “Fazer eletro encéfalo no segundo andar.”

  -Segue essa faixa azul, quando terminar o senhor segue a vermelha.
  “Não, mas é no segundo andar.”

  -Aqui é o segundo andar.
  “Tem certeza?”

  -Senhor segue a faixa azul depois a vermelha...

  Uns 5 minutos depois voltando pelo mesmo corredor lá estava o homem.
  Como ele parecia desorientado perguntei se ele queria ir em outro lugar.

  “Eu não encontrei onde faz eletro, no fim da faixa azul não tinha nada.”
  -O senhor não seguiu pela vermelha!?
  “No final da faixa azul não tinha nada.”
  -Vamos lá senhor.

  No final da faixa azul estava lá a vermelha mostrei para ele.

  “Ah, mas eu fui no final daquela azul...”

  É ele ignorou a azul/vermelha que estava em sua consulta e seguiu a azul/azul cuja porta estava trancada.

[As faixas são um sistema eficiente de orientação, mas eu já sugeri que em complemento os corredores principais tivessem números, os burros memorizam melhor números, vejam o exemplo do 13 ... os caras que digitam isso na urna não pensam ... calma, é só um chiste para descontrair]
▬▬▬//▬▬▬
  Eu poderia ficar aqui dando inúmeros exemplos, mas o fato é que eu olho para certas pessoas e me pergunto como podem ser tão desatentas!?
  Não subestimem minha capacidade de observação.
  Eu percebo fácil quando alguém não sabe ler ou tem dificuldade de enxergar, estou falando nesse texto de pessoas sem motivo aparente para não seguirem orientações simples
  Uns falam que são pessoas humildes eu as acho burras mesmo.
 
  Elas precisam sempre ser ensinadas e com sorte decoram o que fazer.
  Depois que a pessoa memoriza para onde vira a faixa preta na segunda ou terceira vez ela não se perde.
  Mas na primeira vez sem acompanhamento ela não tem inteligência para seguir uma instrução simples.

  Há pessoas que são tidas como inteligentes quando na verdade tem apenas boa memória.

  Se a pessoa não tem inteligência, nem boa memória chamamos de “humilde”?

  Eu meço a inteligência de uma pessoa por sua capacidade de seguir orientações básicas quando ela ainda não decorou o processo, em resumo, sua capacidade de aprender.
  Uma pessoa que não consegue seguir uma faixa no chão eu considero uma inteligência bem limitada.
  [“Burro”, nesse texto, não é ausência de inteligência e sim uma dificuldade maior para raciocínio logico.]

  É evidente que naquele dia a pessoa pode estar transtornada, afinal estamos falando de um hospital, se não for estresse ... é limitada mesmo.
  Há quem diga que são só desatentas, mas foco, atenção são componentes básicos da inteligência.
  Veja bem, você está em um ambiente novo e quer chegar a determinado setor, você veio para isso.
  Qual a desculpa para não prestar atenção na orientação ou na sinalização!?

  O próximo estágio da inteligência é a criatividade.
  Pessoas que apresentam soluções tem uma inteligência de boa qualidade.
  Não estou falando da solução copiada embora eu não seja contra copiar soluções é melhor que persistir no erro ou na ineficiência
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Eu acredito que a inteligência é genética e a sabedoria espiritual de qualquer forma já nascemos com elas.

  Aqui cabe uma definição didática.
  Inteligência eu considero a capacidade biológica de um cérebro, sua eficiência em armazenar informações e conecta-las criando algo ou desenvolvendo soluções.

  A sabedoria ... essa é difícil explanar.
  Eu considero sabedoria a eficiência do indivíduo em lidar com a inteligência que tem.

  Imagine uma cozinha.
  Um cérebro bom é uma cozinha muito bem equipada e com a dispensa cheia.
  Um cérebro ruim é uma cozinha mal equipada e com poucos mantimentos

  A sabedoria tem mais a ver com a cozinheira.
  Uma boa cozinheira faz uma comida boa mesmo dispondo de poucos recursos, se tiver muitos recursos vira uma chefe.

  Tem gente que tem um bom cérebro (cozinha) a disposição mas não faz bem nem um omelete.
  Quem não conhece aquelas pessoas que iam bem na escola, educadas, simpáticas ... as quais esperávamos grandes realizações, mas se perdem em drogas, relacionamentos problemáticos, rebeldia sem causa...

  Se a Inteligência e a Sabedoria são definidas sem que tenhamos controle, sobre o que teríamos controle?

  Temos algum controle sobre o ambiente.
  Todos podemos ser um pouco ou muito melhor do que somos.

  O indivíduo burro pode buscar um pouco mais de eficiência, nem que seja decorando processos.
  O indivíduo sem juízo pode buscar um pouco de sabedoria nem que seja decorando pensamentos.

  Mas o ambiente precisa induzi-lo a isso ... não confundir com obrigar /forçar.
  Se prestigiamos a ignorância e a irresponsabilidade como grandes dádivas da natureza, nós pioramos o que já nasceu ruim e reduzimos a eficiência de quem nasceu melhor.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Eu nasci burro.

  Meu primeiro ano de escola foi complicado, eu não entendia nada.
  Eu era bom em ler e escrever, mas matemática e decorar coisas para provas era uma enorme dificuldade.
  Fora meu dom de ler e escrever em tudo mais sou uma aberração.
  Desenho é uma catástrofe, minha letra é terrível.
  Igual toda criança me encantei por aqueles malabarismos de circo, via outras crianças aprenderem aquele movimento com três bolinhas ... eu nunca consegui.
  Hoje em dia vejo pessoas dirigindo e falando ao celular ... eu não consigo.
  Vejo motociclista dirigindo e fumando ou mandando mensagens de textos ... dirigir moto consome toda minha atenção, meu cérebro não é capaz de processar mais nada enquanto dirijo.
  Na adolescência tentei fazer um curso de eletrônica, nos fundamentos básicos vou bem, mas chega um ponto que nada mais faz sentido para mim, talvez seja o problema de memória, para qualquer coisa mais complexa certas informações tem que ser memorizadas e eu esqueço.
  Eu tenho Flash, resquícios de memória, isso não é o suficiente para profissões mais complexas.
  Meus textos demorariam muito mais para serem escritos se não fossem as ferramentas de busca.
  Eu tenho flash de alguma fonte de referência, mas lembrar onde ela está, onde foi que eu li ... é complicado.

  Com um cérebro tão limitado e uma memória curta me intrigava minha capacidade de “ser melhor” (conseguir melhores resultados) que muitas pessoas.

  Eu nasci sábio, faço bom uso da pouca inteligência que tenho.

  Me perceber burro desde cedo me fez estudar mais para compensar.
  Me perceber com pouca memória me fez anotar mais as coisas, me fez escrever mais.
  Me perceber com pouca habilidade motora me fez tomar mais cuidado para evitar acidentes, me fez não perder tempo com coisas que eu sabia que não era capaz de ficar bom.

  Acredito que cada um de nós tem pelo menos uma dessas três ferramentas em destaque:
  Inteligência, Memória ou Sabedoria.

  Você tem que “conhecer a si mesmo”, usar a qualidade que se destaca em você para compensar as outras duas.
  Imagino que as pessoas “melhores” nascem com pelo menos duas qualidades destacadas.
  Não tenho como avaliar a memória de Einstein, mas sua Inteligência e Sabedoria estavam no mesmo alto nível.

  Votar em uma pessoa destacando como “qualidade” ela ter nascido pobre e não ter estudado ... é estranho para mim.

  Maldizer a sabedoria porque ela pode colocar em dúvida os dogmas de alguma religião ... é estranho para mim.

  Por esse dias eu li no Face elogiarem um viciado em crack dizendo que ele é inteligente ... um inteligente que não soube associar os efeitos de crack e a decadência social?
  Um sábio que provoca destruição ao próprio corpo!

Que AMBIENTE estamos construindo!?

  A memória parece ser o menor de nossos problemas atualmente, a tecnologia resolveu esse problema.
  Meu smartphone tem 8 gigas de memória para eu utilizar.

  A Inteligência pode ser aprimorada se induzirmos as pessoas a se informar, buscar conhecimento, elas decorarão processos eficientes que simularão bem a inteligência nata.

  A Sabedoria pode vir através de debates, você se expondo a pontos de vista mais eficientes do que o seu.

  Enfim, definitivamente não somos iguais, mas todos podemos ser melhores e precisamos desenvolver um ambiente que induza a isso.

  De repente você não tem genética para ser um corredor olímpico dos 100 metros rasos, mas fazer caminhadas pode tornar sua saúde mais estável economizando bastante com cuidados médicos.

  De repente você não tem inteligência para desenvolver um smartphone, mas pode descobrir a sabedoria de não usá-lo enquanto estiver dirigindo, isso evita acidentes.

  Um mundo melhor depende da cada um tentar ser melhor e não sei como as pessoas podem ser melhores se não as induzirmos a buscar Inteligência e Sabedoria.

  "Põe quanto és no mínimo que fazes."



  Nunca entendo porque para esses “ideologistas” o TER anula o SER!?
  Pela estranha escala de valores deles os mendigos são o ápice da evolução humana, algo que todos nós deveríamos desejar ser.

  Se TER (possuir bens) é algo tão terrível porque os professores brigam tanto por melhores salários!? [Ter e Ser]


Que fofo...


Anterior          <>        Próximo