segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Deuses Astronautas

  “A mulher lá pelo quarto mês expeliria o ovo e depois de mais uns quatro meses romperíamos a casca.
  Oi mundo!”

  Caminhos alternativos da evolução/adaptação
  Vamos para as profundezas do abismo...

  Adquira Conhecimento:

  As primeiras formas de vida do planeta foram os Procariontes, formas de vida unicelulares que continham DNA, uma das moléculas fundamentais da vida.
  Depois dos Procariontes, vieram os Eucariontes que já eram mais complexos, continham um núcleo celular e algumas organelas.   
  Tempos depois, surgiram os vermes achatados e criaturas invertebradas mais complexas, como os Trilobitas.
  De pequenos seres chamados conodontes, surgiram os peixes, que se tornaram no Devoniano os donos dos mares, e que por alguma razão desconhecida, talvez em busca de alimentos ou para fugir de predadores, começaram a sair para a terra firme, e deram origem aos anfíbios que podiam andar na terra, mas necessitavam viver em pântanos pois não sobreviviam muito tempo fora da água.
  Os anfíbios evoluíram aos répteis, que viviam sem dependência da água e dos répteis evoluíram os sinapsídeos, ancestrais dos mamíferos, que permaneceram escondidos durante o longo reinado dos dinossauros até se tornarem os donos do mundo.

  Cálculos científicos apontam para o surgimento dos procariontes “no planeta Terra” há cerca de 3,8 bilhões.

Muitos acreditam que a vida na Terra iniciou com seres unicelulares vindos do espaço em cometas ou meteoros.

Outros acreditam que alguma inteligência nos criou.

Há também a possibilidade da Terra ser o primeiro planeta do nosso Universo onde surgiu vida.

  Vamos começar com essa hipótese que servirá de base para as outras.



  A “vida orgânica” surgiu na Terra há 3,8 Bilhões de anos.
  É muito tempo, não são seis dias com descanso no sétimo. 😄

  A forma mais sofisticada de inteligência só surgiu com nós “homo sapiens sapiens” há 150 mil anos.
  O HOMO SAPIENS SAPIENS é uma subespécie do homo sapiens que apareceu há 300 mil anos.

  Então tinha o homo sapiens com uma certa inteligência e cerca de 150 mil anos depois surgimos nós os “superinteligentes” ... em relação a todas as outras formas de vida “conhecidas”.

  Podemos dizer que nossa tecnologia mais avançada começou em 1765 com o desenvolvimento de máquinas que não dependiam mais da força física.

  [Essa é uma Filosofia Complexa, preciso colocar alguns marcadores você não precisa concordar com eles.]

  A máquina a vapor será nosso marcador para média tecnologia.
  Ela surgiu há 251 anos

  Nosso marcador para alta tecnologia será a válvula eletrônica apresentada por Thomas Edison em 1906.
   Temos apenas 110 anos de “alta tecnologia”.

  Nesses 251 anos de média tecnologia desenvolvemos coisas incríveis, maquinas de todo tipo.
  Quando a eletricidade e o petróleo surgiram como fontes alternativas ao vapor conhecemos a verdadeira Revolução Industrial.

  Com apenas 110 anos de alta tecnologia desenvolvemos rádios, TVs, computadores ... dispensa comentários.
  Com o desenvolvimento dos transistores e mais tarde os chips passamos por uma revolução eletrônica.

  Fica claro que se por algum acidente cósmico nossa espécie não for destruída imagine nossa tecnologia daqui uns 500 anos.

  Em 2516 seremos deuses … em relação aos humanos que viveram no tempo de Jesus ou Sócrates.


  Vamos sair da órbita do planeta Terra, vem comigo...
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
 Segundo nossa ciência atual o universo conhecido tem 13 Bilhões de anos.
 
  Imagine que lá no segundo bilhão de anos surgiram seres unicelulares em algum planeta.
  Vamos chamar esse planeta de Olimpo.
  Passaram 3,8 bilhões de anos e surgiu a inteligência em Olimpo.
  Os seres inteligente de Olimpo. (Os deuses do Olimpo)
  Então ficamos assim.
  Surge o Universo, no ano 2 bilhões surge vida unicelular no planeta Olimpo.
  No ano 5 bilhões surge a inteligência na sua forma mais sofisticada.
  13 - 5 = 8

  Vejam bem, os primeiro seres inteligentes do universo já estariam desenvolvendo alta tecnologia há 8 bilhões de anos.
  O que um povo desse é capaz de fazer?
  Chega a ser inimaginável.

  Quero dizer que no Universo pode ter formas de vida muito mais complexas que o corpo humano, mas tudo “pode” ter começado ao acaso com seres unicelulares.

  A substancia orgânica precisou e precisa da inorgânica para existir.
  A substancia inorgânica existe por si mesma.

  É mais lógico defender que a matéria sempre existiu do que defender que uma inteligência sempre existiu e criou toda a matéria.

  Eu noto interferências e fenômenos surpreendentes em nossas vidas e no próprio planeta.
  Há muita subversão da Lógica.

  As mentes mais abertas sentem, percebem essas interferências e chamam de Deus, deuses, espíritos…
  Deus de Abraão, Zeus, Alá, Brahma, Krishna, Vishnu..

  Não é nada mágico.
  Eu teorizo  que são outras formas de vida muito mais antigas que a nossa e talvez até tenham nos criado … porque não?

  Nossa alta tecnologia já nos permite desenvolver robôs/androides bastante sofisticados.
  Se lhes concedermos inteligência dita artificial, como não considerar androides uma nova forma de vida?
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Caminhos alternativos da evolução/adaptação
  Vamos para as profundezas do abismo...

   Humm ... não mais, vamos ficando por aqui, fica uma última provocação.

  O corpo biológico pode ser o primeiro estágio dessas formas de vida mais sofisticadas que chamamos de espíritos.
  Assim como as lagartas se transformam em borboletas nos humanos nos transformaremos em espíritos.
  Temos nossas babás espirituais em uma organização que só saberemos ao certo como funciona quando passarmos pela transformação ou alcançarmos algum grau evolutivo.

  Por enquanto eu sinto a existência de outras formas de vida, observo suas interferências.
  Quando fecho os olhos e entro em meditação profunda uma Força Criadora canta com uma voz suave em meus ouvidos ... tô grávida.

Eu, tô grávida
Grávida de um beija-flor
Grávida de terra
De um liquidificador
E vou parir
Um terremoto, uma bomba, uma cor
Uma locomotiva a vapor
Um corredor ... ♫♫♫♫♫

  A FORÇA está sempre grávida criando novos mundos, novas civilizações audaciosamente dando vida a tudo.

  Sejamos inteligentes para fazer o melhor uso dela.

  Viver uma vida longa e próspera nesse e (quem sabe) em outros mundos...













Anterior          COMENTAR        Próximo 

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Surgimos Ovo

  Quem surgiu primeiro o ovo ou a galinha?

  É incrível, mas tem gente que ainda tem dúvida sobre essa questão.
  O ovo surgiu muito antes que a galinha.
  Os dinossauros botavam ovos.

  Sua próxima pergunta é óbvia.

  Quem surgiu primeiro o ovo ou o dinossauro?

  Mais uma vez a resposta é fácil.
  O ovo.

  Dinossauros são seres complexos, como você pode imaginar que eles surgiram ao acaso e botaram ovos!?

  Lembrei desse comentário:

  “Então é possível (por obra do acaso) que em um ferro velho tenha peças de um carro desmontado, passe pelo local um tornado, e por acaso esse carro aparece montado?”
[Comentarista no G+]
▬▬▬▬▬▬
  Uma coisa é como se organiza a substância orgânica, outra como se organiza a substância inorgânica.
  O tornado pode provocar um incêndio fundir metais mudando muito o estado das coisas.
  O diamante, por exemplo, é fruto de uma combinação de pressão e temperatura sob o carbono.
  Mas juntar todas as peças de um automóvel é esperar demais, os inorgânicos não tem um sistema nervoso que busque voluntariamente algum tipo de associação.

 E as substâncias orgânicas?

  A vida iniciou com estruturas muito simples igual as bactérias.
  Ao acaso é impossível criar uma formiga, mas se pensarmos em seres unicelulares...

  “Um organismo unicelular consiste em apenas uma célula, ao contrário de um organismo pluricelular que consiste de várias células.
  Os organismos unicelulares que se movem são às vezes referidos como "mônadas".
  Os principais grupos de organismos unicelulares são as bactérias, a archaea, os protozoários, as algas e os fungos unicelulares.
  Os organismos unicelulares se dividem em duas categorias gerais: organismos procariotas e organismos eucariótica.
  Acredita-se que os organismos unicelulares sejam a forma de vida mais antiga, possivelmente existindo há 3,8 bilhões de anos”

  O que são seres unicelulares senão ovos?

  Nós nascemos de um ovo interno.
  Tire da sua mente o ovo da galinha com sua casca resistente
  O que é o óvulo senão um ovo com uma membrana no lugar da casca?
  O espermatozoide fecunda esse ovo/ovulo e as células vão se multiplicando.
  Nossa casca passa a ser a placenta.

  Porque nós mamíferos não botamos ovos?

  Antes de meditar sobre algum assunto eu aceito a opinião dominante.
  A opinião dominante a qual eu tinha conhecimento é que o ovo interno possibilita formas de vida mais complexas.
  O ovo externo tem um estoque de nutrientes limitado enquanto o ovo interno ligado a fêmea recebe um estoque de nutrientes ilimitado … de acordo com o apetite da mãe.

  Entretanto ao meditar sobre esse assunto cheguei à conclusão que o ovo interno foi só um caminho alternativo, uma mutação que “também” deu certo.

  Muitos dinossauros eram seres enormes e nasciam de ovos externos.
  Dizem que a grande evolução dos mamíferos foi um controle interno de temperatura.
  Mas isso é discutível.
  Os dinossauros não foram extintos por falta desse controle, mais que isso, não dá para afirmar categoricamente que nenhuma espécie do passado tinha controle de temperatura.
  A opinião dominante que se tem sobre a extinção dos dinos é a queda de um cometa.
  No entanto uma ocorrência daquela magnitude nos eliminaria também.
  Nosso controle de temperatura nos permite uma melhor adaptação as intempéries, mas não é nada muito elástico.
  A 100 graus morremos em cerca de 20 minutos.
  A -40 graus em 2 minutos a pele congela.
  Isso pode parecer uma boa janela de adaptação e é ... em relação aos animais heterotérmicos [Ou ectotérmicos - animais de sangue frio].
  Mas em relação a variação de temperatura em nosso universo essa janela “limite” de 140 graus é uma fração.
  Se a Terra aquecesse a 70 graus ou esfriasse a menos 10 (nova era do gelo) sem nossa tecnologia seriamos praticamente extintos.
  Lembre-se que o domínio do fogo é uma tecnologia, não tivemos esse conhecimento desde de sempre.
  O que destruiu os dinos nos destruiria também.

  Dizem que a complexidade está em nosso cérebro, ele consome muitos nutrientes.
  Mas somos os únicos mamíferos com habilidades cerebrais tão extraordinárias e nem podemos colocar nessa conta “todos” os humanos.

  Uma observação me tornou ainda mais cético sobre essa teoria que a gestação interna possibilita a existência de formas de vida mais complexas.
  O que dizer das aves?
  São formas de vida bem complexas, elas tem controle interno de temperatura, as considero bem inteligentes e a gestação é externa.
  Um avestruz é maior que um homem.

  Chego à conclusão que nascemos de um ovo interno apenas por um caminho alternativo da natureza.

  Nada nos impediria de nascer de um ovo “clássico.”

  Alguém discorda?

  A mulher lá pelo quarto mês expeliria esse ovo e depois de mais uns quatro meses romperíamos a casca.

Oi mundo!





 Caminhos alternativos da evolução/adaptação
  Vamos para as profundezas do abismo...



Anterior          COMENTAR        Próximo

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Vida, Orgânica ou Inorgânica?

  Você acha ridículo a Bíblia sugerir que a vida veio do barro/argila?

  Eu considero uma hipótese muito coerente.

  Você não acredita que a Bíblia foi escrita pelo “Espírito Santo de Deus”?
(Soprada na mente dos homens que a escreveram.)

  Tudo bem, eu também não.
  Mas a Bíblia está aí, alguém a escreveu.

  A alfabetização generalizada como temos hoje era pouco comum no passado.
  Quem lia e escrevia supostamente tinha uma cultura/educação acima da média.
  Logo, essas pessoas tinham suas teorias fundamentadas em algum debate ou estudo.
 
   Uma hipótese colocada na Bíblia [ou qualquer outro livro antigo] não deve ser pura e simplesmente ridicularizada, ela está de acordo com o conhecimento da época.

Hipótese - proposição que se admite, independentemente do fato de ser verdadeira ou falsa, como um princípio a partir do qual se pode deduzir um determinado conjunto de consequências.
  Uma hipótese, suposição ou especulação é uma formulação provisória, com intenções de ser posteriormente demonstrada ou verificada, constituindo uma suposição admissível.

  É bem difícil falar de tempo na Bíblia, mas supomos que o Velho Testamento foi escrito há 3 mil e 500 anos.
  Os homens que o escreveram ainda não sabiam da existência de vírus, bactérias, átomos, sistema solar...
  Entenda também que conforme fomos descobrindo coisas tivemos que lhes dar um nome.
  É evidente que as bactérias existiam há 3500 anos.

  As bactérias foram descobertas pelo cientista holandês Anton van Leeuwenhoek no ano de 1 883.
  Interessante é que Van Leeuwenhoek descobriu as bactérias em resíduos dos próprios dentes vistos no microscópio.
  Quem descobriu as bactérias pode ter sido Van Leeuwenhoek, mas quem “batizou” esses micro-organismos foi o microbiologista alemão C. G. Ehrenberg.

  Observem que a “descoberta” da bactéria não chega a ter 150 anos.

  O que dificulta pesquisar o passado é que pouca coisa ficou devidamente registrada.
  Tem pessoas que acreditam (por exemplo) que os índios eram pacíficos, mas o que ocorre é que poucas de suas guerras ficaram registradas.

  Como foram construídas as pirâmides?
  Podemos especular muita coisa, mas nunca saberemos o que ocorria.
  Alguns cientistas chegaram à conclusão que os egípcios molhavam a areia para facilitar o transporte dos pesados blocos, entretanto mesmo assim é um trabalho que exige um esforço físico extenuante.
  O trabalho era escravo?
  O trabalho era voluntário?
  Veja bem, não estamos falando de uma represa, estrada, castelo … obras que tivessem uma utilidade prática, estamos falando de um grande túmulo.
  Fora a curiosidade técnica temos a curiosidade social, essas pessoas eram movidas prioritariamente pela fé?
  O fato é que as pirâmides estão aí. 
  Temos algumas deduções lógicas, mas somos muito emocionais.
  No caso das pirâmides o mais lógico ... ainda é hipótese/especulação.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Lá no passado remoto homens inteligentes especularam que a vida surgiu da argila.

  Porque não escreveram que a vida surgiu da substancia inorgânica?

  Caraca mano!
  Estamos falando de 3500 anos atrás.
  Eles resolveram chamar a substancia inorgânica de argila/barro, mas poderia ser pedra, lava de vulcão...

  O importante é que no passado remoto homens desenvolveram uma hipótese que ainda NÃO pode ser descartada.

  Em algum momento a substancia inorgânica foi “transmutada” em orgânica dando origem ao que identificamos como “vida”.
 
   Esse é o momento que você ateu vai me acusar de “desonestidade intelectual”
   Posso até ouvir você dizendo:

   “A Bíblia é clara ao dizer que um Deus sempre existiu e ele soprou a vida na argila.”

  Minha “desonestidade intelectual” vê nisso uma outra hipótese que ainda não podemos descartar.

  Nossos antepassados perceberam a vida como algo tão complexo que não poderia ter surgido ao acaso.

  A “comunidade cientifica” da época popularizou a teoria que fomos criados por alguma entidade.

  Teoria é o conhecimento descritivo puramente racional.
    O substantivo theoría (grego) significa ação de contemplar, olhar, examinar, especular.
    Também pode ser entendido como forma de pensar e entender algum fenômeno a partir da observação.

  É muito racional creditar o surgimento da vida na Terra a ação de alguma interferência externa.
  Nossos antepassados ficaram tão maravilhados observando a complexidade da vida que atribuíam isso a uma inteligência superior.
  Se hoje com todo nosso avanço tecnológico ainda temos dúvidas se surgimos ao acaso imagine os humanos do passado.

  Milênios passaram e tal qual nossos antepassados inteligentes ainda temos dúvidas, não conseguimos descartar hipóteses...

  Os ateus “fanáticos” tem certeza que tudo é obra do acaso, não existe nenhuma interferência externa.

  Religiosos “fanáticos” tem certeza que tudo é obra de algum deus.

  Sou um Filósofo/Livre Pensador sem fé e sem fanatismo.

  Tenho uma teoria muito boa que satisfaz ateus, religiosos e livre pensadores.

  Digo teoria porque ela é bastante racional, mas se você tem algum fanatismo a considere uma hipótese.
  A “vida” orgânica ou inorgânica é tão complexa que nunca sabemos onde termina uma hipótese e começa uma teoria; mesmo quando pelo método cientifico constatamos um fato ... tudo é relativo.

  Olhe para parede de sua casa.
  Uma matéria sólida, inorgânica, sem vida?
  A radiação consegue atravessa-la, já não parece tão sólida.
  A parede é feita de átomos e átomos possuem elétrons em um “movimento” frenético, a parede já não parece tão morta.
 
  Seu corpo tem vida?
  Depois de algum tempo um cadáver não é nada mais que substancia inorgânica.

  Meditem sobre isso.

  Vamos audaciosamente onde nenhuma mente jamais esteve...

I’ll be back!





Anterior          COMENTAR        Próximo 

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Fomos Argila?

  “Então o SENHOR modelou o ser humano do pó da terra, feito argila, e soprou em suas narinas o fôlego de vida, e o homem se tornou um ser vivente.”
  [Gênesis 2:7]



  Imagine que uma civilização vinda de outro planeta invada a Terra.
  Como eles dominam a viagem espacial é obvio que possuem uma tecnologia mais avançada que a nossa.
  Eles não querem nem prosa.
  Simplesmente nos invadem, matam todos os humanos ou escravizam alguns.
  Destroem todos nossos escritos, nossas informações digitais, nossas construções...

O objetivo é aniquilar nossa CULTURA.

  Os humanos sobreviventes e os que nascerem não terão nem base para tentar alguma reação.
  A cultura agora é a do invasor alienígena, os humanos que nascerem crescerão totalmente submissos, dominados, nem chegarão a saber que um dia nossa espécie dominou esse planeta.

  Depois de tudo destruído e dominado os alienígenas vasculham escombros e encontram objetos de vidro.
  Apesar da tecnologia espacial avançada os alienígenas nunca tinham visto esse material.
  Porque eles não conhecem o vidro?
  No planeta deles não tinha silício ou ninguém teve a ideia de desenvolver algo como o vidro.

  O fato é que os alienígenas se interessam por esse material que pode ter grande aplicação para eles, mas ... como fazer!?
  Eles mataram todos os humanos que detinham o conhecimento de como fazer o vidro, destruíram também todas as informações técnicas.
  Eu William uso bastante vidro, mas não detenho o conhecimento de como fazer, se os alienígenas dependessem de mim para saber a técnica para fazer vidro estariam fud...

  Você consegue perceber o tanto de tecnologia que usa sem ter condições de reproduzir caso fosse deixado sozinho?

  [Essa percepção é muito importante para você entender essa meditação]

  Eu moro em um condomínio grande com 3 torres de apartamentos.
  Será que algum dos meus vizinhos consegue produzir algo “simples” como um palito de fosforo?
  Será que algum morador domina essa técnica, sabe como fazer?

  Eu uso alumínio, plástico, chips ... mas se as pessoas que sabem como fazer essas coisas fossem mortas e todos os manuais destruídos a grande maioria dos humanos não saberia como desenvolver esses produtos.
  Se você destrói a “elite pensante” de um povo inevitavelmente estará destruindo muito conhecimento.

  Os cientistas alienígenas tentarão desvendar como fazíamos o vidro uma vez que destruíram tanto as informações quanto os humanos que detinham o conhecimento.

  Você acha que esses alienígenas são muito idiotas em apenas destruir sem nem ao menos tentar conhecer a outra cultura?

  É, você perde informações, mas é uma boa estratégia de dominação.
  Se você conhece a cultura pode se envolver “emocionalmente” e não fazer o que acha que tem que fazer.
  Matar um total desconhecido, alguém que você até despreza como espécie é mais fácil que matar alguém que você conhece ou tem algum respeito.
  Você vai ao mercado compra um frango e o come sem nem lembrar que aquilo foi um ser vivo.
  Se você criar esse frango e colocar até nome ... mesmo com fome possivelmente não terá coragem de mata-lo, pode até começar trata-lo muito bem como animal de estimação.

  Logo, destruir uma cultura, não é uma estratégia tão idiota, tem uma lógica e foi usada pela humanidade por muito tempo.

  “Vai, pois, agora e fere a Amaleque; e destrói totalmente a tudo o que tiver, e não lhe perdoes; porém matarás desde o homem até à mulher, desde os meninos até aos de peito, desde os bois até às ovelhas, e desde os camelos até aos jumentos.”

  Veja bem, se você me mata diante de minhas filhas, elas ficarão com muito ódio e a sede de vingança pode levar a rebeliões futuras quando elas crescerem junto com as outras crianças.
  Mas se você matar também as crianças...
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Quem optou por assimilar uma Cultura ao invés de destruí-la foi Ciro.

  Adquira conhecimento:

    “Os persas eram sedentários e agricultores, viviam em conflito e oprimidos pelos vizinhos, os Medos.
  A partir de 559 a.C, surge um nobre chamado Ciro, este se tornou o fundador do Império Persa.
  Ele primeiramente dominou os Medos, mas foi ao conquistar a Lídia que Ciro se transformou em o grande rei Ciro.
  O reino da Lídia era comandado pelo rei Creso, que era considerado o homem mais rico do mundo, pois tinha muitos tesouros em ouro, prata e pedras preciosas.
  O rei lídio ao ser ameaçado pelos exércitos de Ciro, tentou inutilmente enfrenta-los, porém os medos e persas invadiram e dominaram a Lídia.
  Quando Creso iria ser executado, Ciro mudou de ideia e mandou liberta-lo.

  Livre, Creso indagou Ciro: “O que faz os teus soldados com tanta pressa?” 

  Ciro respondeu: “Estão saqueando a tua cidade.”

  Creso então explicou para Ciro que ele nada mais tinha, e que todo o tesouro que estava sendo saqueado, a cidade que estava sendo destruída e os povos que estavam sendo massacrados, agora pertenciam ao grande rei Ciro.
  Ciro ordenou imediatamente que cessasse os saques e os massacres.   
  Assim nasceu uma nova política, que faria do Império Persa, único e que tornaria seus reis temidos e admirados por todas as nações da terra.”

  Isso foi só vaselina, esse texto é uma preparação.
  Para onde vamos?
  Livros antigos como a Bíblia não devem ser pura e simplesmente ridicularizados em suas teorias.
  Nosso passado de barbárie destruiu muito conhecimento, felizmente sobraram alguns fragmentos.
  Felizmente estamos menos bárbaros.

  Você acha ridículo a Bíblia sugerir que a vida veio do barro/argila?


  Eu NÃO!
  Considero uma hipótese muito coerente.

I’ll be back!



   A “argila” possivelmente é uma simbologia para “matéria inorgânica”.

   Me parece mais logico acreditar que a matéria (substancia) inorgânica em algum momento gerou a orgânica que o contrário.
  Algum pensador antigo chegou a essa conclusão e eu ainda acho válida.

  “Substâncias inorgânicas são todas aquelas que não são orgânicas, como os minerais, por exemplo.  A água é uma substância essencial à nossa vida. Está presente nos alimentos, nas células do nosso corpo, nos outros animais e nos vegetais.
   O sal de cozinha (ou cloreto de sódio) é uma substância inorgânica presente em nosso dia a dia. Extraído da natureza, o sal é parte de nossa alimentação e se for consumido moderadamente contribui para a manutenção da nossa saúde.”
   [Brasil Escola]

Anterior          COMENTAR        Próximo